Imigração para o Canadá através de Manitoba (Winnipeg) em 2020


Imigração Manitoba: nesse guia definitivo você verá todas as formas de se imigrar para a província de Manitoba no Canadá que existem. Winnipeg é uma das suas opções na imigração? Então leia esse guia!

Winnipeg Manitoba vem crescendo. Em grande parte por causa dos novos imigrantes que está conseguindo atrair. E um dos principais motivos é ter um processo de imigração provincial menos burocrático do que a maioria das outras províncias.

A economia anda aquecida, com uma taxa de desemprego de apenas 5,3%! A terceira menor de todo o Canadá.

Aliás, para quem não sabe, esta simpática província canadense, conhecida como a Terra dos 100 mil lagos, sempre esteve na vanguarda quando o assunto é imigração provincial.

Só para deixar claro: vou te apresentar todas as formas de imigrar para o Canadá através de Manitoba (Manitoba Provincial Nominee Program).

Eles dividem o programa de imigração em 3 categorias, e cada uma conta com suas próprias sub-categorias. E no final ainda irei apresentar a imigração para a cidade de Morden e uma entrevista com uma brasileira que morou em Winnipeg por 5 anos e meio.

Ao final deste guia, você terá mais uma opção no seu Plano Canadá. E vai saber se tem o perfil ideal ou não para imigrar para o Canadá através da província de Manitoba.

Todas as formas de imigração Manitoba (Winnipeg) 2020
No fundo a belíssima cidade de Winnipeg em Manitoba

Introdução

Talvez você nunca ouviu falar em Manitoba. Provavelmente já ouviu falar em Winnipeg. Que é a capital, da província.

Alguns podem estar se perguntando: por que devo ler este guia, ao invés de pesquisar sobre Ontário, British Columbia ou Quebec?

Na verdade, quem quer imigrar, deve pesquisar sobre todas as formas possíveis, ou contratar um profissional para te ajudar (um consultor de imigração regulamentado, como eu por exemplo).

Mas respondendo à pergunta: as províncias canadenses menos famosas tem programas de imigração que são, de forma geral: menos burocráticos, menos difíceis e menos caros.

Vou dar um exemplo real de 2020: o programa provincial de Ontário, para pessoas que estavam estudando na província, abriu e fechou em questão de horas. Ou seja, milhares de estudantes internacionais ficaram a ver navios.

Com mais de 10 anos de experiência em imigração, posso afirmar que isto não ocorreria em Manitoba.

Até agora em 2020, as províncias mais ativas chamando imigrantes são: Manitoba, Alberta, Saskatchewan e British Columbia.

Enfim, uma das missões do Site Imigrar é justamente esta: dar mais opções aos brasileiros, quando estão pesquisando os melhores planos de imigrar.

Winnipeg

Em breve irei fazer um artigo sobre a cidade de Winnipeg, que é a capital de Manitoba. Aliás, no google a maioria das pessoas pesquisam: “imigração Winnipeg” ao invés de “imigração Manitoba”. E é compreensível.

Engana-se quem pensa que Winnipeg é uma cidade pequena. Na verdade, para os padrões canadenses, ela é grande.

São quase 800 mil pessoas na área metropolitana. E estes números são do censo de 2016 (o último oficial). Talvez até já passou desta cifra.

Como eu disse, em breve irei publicar um guia que irá te apresentar Winnipeg, dos olhos de vista da imigração. Com todos os dados importantes que você deveria levar em consideração.

Como: custo de vida, empregabilidade, temperatura, perfil da cidade, e muito mais. Inclusive com uma entrevista de uma brasileira que imigrou e está lá já a vários anos!

Sem mais demora vamos conhecer todos os programas abertos agora mesmo. Lembre-se sempre de olhar o site oficial (link no final) para possíveis mudanças.

Imigrar Winnipeg , Imigração Winnipeg (Canada)
Vista aérea de Winnipeg, capital de Manitoba. By: David Lipnowski / Winnipeg Free Press Files

Imigração para Manitoba: categorias de imigração provinciais abertas

Antes só um aviso: curso de inglês ou intercâmbio no Canadá, de uma maneira geral, não possibilitam conseguir imigrar.

Pode até ser o primeiro passo, mas eles por si só, não são caminhos válidos para obter a residência permanente.

As atuais formas de imigrar (abertas e operantes) pelo Programa de Nomeação Provincial são: 

  • Skilled Worker Stream. Suas sub-categorias: Skilled Worker in Manitoba e Skilled Workers Overseas;
  • International Education Stream. Sub-categorias: Career Employment Pathway, Graduate Internship Pathway e International Student Entrepreneur Pilot; e
  • Business Investor Stream. Sub-categorias: Entrepreneur Pathway e Farm Investor Pathway.

Mas não se preocupe, vou falar com detalhes de cada uma. E não só isto, como dar dicas das quais são mais “interessantes” do ponto de vista de quem está querendo imigrar para o Canadá.

Preparado(a)?

MPNP Online - Winnipeg

Skilled Worker Stream – Trabalhador Qualificado

A província de Manitoba sempre esteve interessada em atrair trabalhadores qualificados para ajudar a povoar e aquecer a economia da província.

Trabalhador Qualificado na imigração canadense, significa (geralmente) ter: um diploma superior (técnico, tecnólogo, bacharel, mestrado, etc) e ter experiência em uma profissão de NOC 0, A ou B.

NOC de forma resumida é um índice de todas as profissões conhecidas e exercidas no Canadá. Cada profissão tem um código específico, e este número serve para que rapidamente uma pessoa descubra qual é a sua profissão e suas atribuições.

No final do artigo irei deixar um link para a tabela oficial, aonde você pode achar o seu NOC.

Voltando ao assunto: este processo é baseado e focado nas necessidades da província. E principalmente das empresas localizadas em Manitoba.

Através da nomeação provincial, conseguirá a imigração canadense quem tiver a experiência necessária e se encaixar em uma das sub-categorias.

Dentro deste programa de imigração, existem duas subcategorias, e iremos falar de cada uma delas.

Mas antes de continuar o artigo, tenho de falar do Expression of Interest (EOI). Em uma tradução livre quer dizer Expressão de Interesse. Pois isto afeta algumas categorias das quais iremos falar.

Expression of Interest (EOI)

Express of Interest (EOI) - Winnipeg Manitoba Canada

Uma forma bem simples de entender o EOI é compará-lo ao Express Entry.

Se nunca ouviu falar do EE, aconselho bastante ler este guia completo que publiquei: Tudo sobre o Express Entry Canada (2020).

Várias províncias vem usando o Expression of Interest. Que na verdade se trata de um sistema online, no qual você entra seus detalhes e recebe um “score” (nota).

A partir daí você entra em um pool (classificação). E claro, este pool está ordenado em um ranking usando as pontuações dos candidatos.

A província de Manitoba usa 6 fatores para classificar os candidatos, que são:

  • Conhecimento Linguístico;
  • Idade;
  • Experiência Profissional;
  • Formação Acadêmica (Educação);
  • Adaptabilidade; e
  • Risco.

Vamos falar resumidamente de cada um dos fatores.

Conhecimento Linguístico

Os resultados aceitos são dos testes, inglês: IELTS ou CELPIP. E francês: TEF ou TCF. Dependendo do seu score no exame, você receberá uma pontuação.

Ela será baseada no CLB. Que é a conversão das notas do seu exame em uma comparação com os padrões utilizados no Canadá para medir o seu conhecimento do inglês ou francês.

Não se preocupe muito com isto, se não sabe o que o Canadian Language Benchmarks, pois existe uma tabela que converte qualquer teste no CLB apropriado. Irei deixar um link no final.

Idade

Bem simples. Você receberá uma pontuação conforme a sua idade. A faixa etária que dá mais pontos, de longe, é entre 21 à 45 anos. Quase o dobro das outras faixas etárias.

Pessoas com 50 anos ou mais, não recebem ponto algum. E terão que compensar em outros fatores, se possível.

Experiência Profissional

Quanto mais tempo você trabalhou, mais pontos irá receber. Começa com 1 ano e vai até mais de 4 anos.

Se o candidato conseguir um certificado ou licença de algum órgão/ordem profissional da província, ganha 100 pontos adicionais. O que é muito.

Isto se aplica, por exemplo, para alguém que é engenheiro e consiga preencher todos os requisitos para poder exercer a sua profissão (que é regulamentada) na província de Manitoba.

Educação

Dependendo da sua formação acadêmica, você receberá uma pontuação de acordo. Ou seja, quanto maior seu grau, mais pontos.

Mestrado é o que pontua mais. Mas a diferença para alguém com bacharel é de 15 pontos, apenas. O que não é muito.

Adaptabilidade

Neste quesito entram fatores que mostrem para os oficiais do Escritório de Imigração, que o candidato vai se adaptar mais facilmente à vida na província.

O fator que dá mais pontos é ter um parente morando em Manitoba. Outros fatores são: já ter trabalhado lá por pelo menos 6 meses. Ou ter estudado e se formado em uma instituição localizada em seu território.

Um quesito curioso é que você ganha até 50 pontos por ter um amigo (close friend) em Manitoba. E esta é a mesma quantidade de pontos que você recebe se decidir morar em uma região que não seja Winnipeg, a maior e principal cidade da província.

Avaliação de Risco

Este, que é o último fator levado em conta no EOI, poderia ser traduzido basicamente como: o “perigo” do candidato ir morar em uma das outras províncias canadenses, ao invés de morar em Manitoba.

Basicamente você perderá pontos se: tiver experiência profissional ou ter estudado em outra província canadense.

Isto se dá pelo fato de algumas pessoas, por maldade, tentarem usar os programas de imigração de Manitoba para conseguir a residência permanente canadense e logo depois se mudarem para Ontário, BC, Quebec, etc.

Pronto, agora você sabe como funciona o Expression of Interest. O próximo passo seria criar uma conta junto ao Governo Provincial de Manitoba. Mas isto explicaremos depois.

Agora vamos voltar às categorias de imigração para Manitoba.

Skilled Workers in Manitoba – Trabalhador Qualificado em Manitoba

Work in Manitoba Canada

Prestem atenção no “in Manitoba” (em Manitoba). Ou seja, é voltado para candidatos que tenham uma conexão com a província.

Esta categoria não serve para pessoas que ainda estejam no Brasil sem planos de vir ao Canadá. Mas pode ser uma ótima aliada no caso de você querer imigrar através do PGWP (Post-Graduate Work Program).

Ou seja, se você quer utilizar a tríade: estudo > trabalho > imigração. A imigração pelo PGWP é uma das formas mais seguras (porém uma das mais caras) para conseguir imigrar para o Canadá.

Eu já escrevi um guia completo sobre o assunto e recomendo ler: Como Imigrar Usando o Post-Graduate Work Program (PGWP) – 2020

As pessoas que querem usar esta estratégia, vão estudar no Canadá e após se formarem, ganham (direito garantido) um visto de trabalho aberto (open work permit).

Com este visto em mãos, as pessoas irão então trabalhar e por consequente aplicar para se tornarem residentes permanentes.

Na imagem abaixo tem um ótimo resumo:

Como Imigrar pelo Post-Graduate Work Permit (PGWP)
Como Imigrar pelo Post-Graduate Work Permit (PGWP)

Eu disse “direito garantido”, o que é verdade, mas você vai precisar saber escolher o college/universidade e o curso. E saberá fazer isto se ler meu guia sobre o PGWP e/ou contratar um consultor de imigração.

Bem, entendido qual a estratégia traçada, vamos voltar ao tema do artigo.

Esta categoria é para pessoas que estejam atualmente trabalhando em Manitoba. Que as províncias canadenses buscam imigrantes, todo mundo sabe. Mas agora vamos ver na prática como algumas são mais “agressivas” que outras.

Para imigrar usando este processo de imigração, você “só” precisa estar trabalhando por apenas 6 meses! E receber uma job-offer do seu empregador (ou seja, se ele quiser continuar contando com o seu trabalho).

Detalhe: a proposta de emprego pode ser em qualquer NOC! Tanto faz ser 0, A, B, C ou D! Todos são aceitos!

Para o empregador não há burocracia ou dor de cabeça, como algumas outras províncias. Ele apenas precisa fornecer a job offer. E ser uma legítima empresa, localizada no território manitobense.

Tem província por aí que o empregador precisa de uma renda de 1 milhão por ano, ter no mínimo 5 canadenses ou residentes permanentes trabalhando, entre outros detalhes. Para o Governo de Manitoba, nada disto é preciso.

Resumindo: se você estiver fazendo seu trabalho direitinho, não vejo por qual motivo seu empregador não iria te oferecer a job offer. 

Outro ponto positivo: existe uma tabela de pontos, na qual você precisa obter pelo menos 60 pontos para poder ser apto a aplicar para a maioria dos processos de imigração. Mas esta é a única categoria na qual esta tabela não é utilizada.

Fazendo Manitoba ser um dos melhores destinos para quem quer imigrar através do PGWP, sem sombra de dúvidas.

Iremos falar da tabela logo mais. Para as categorias afetadas por ela. Que não é o caso aqui.

O critério principal é: 6 meses de trabalho + job offer. That’s it!

O passo a passo de aplicar para esta categoria é:

1) Submeter uma EOI;

2) Esperar a nomeação;

3) Aplicar para a residência permanente no Canadá.

Segundo o Escritório de Imigração Provincial de Manitoba, você precisaria de fundos para provar que não precisará de ajuda do governo. O recomendado são $10.000 + $2.000 por dependente.

Mas nesta categoria em específico, Skilled Worker in Manitoba, eles falam que por você já estar trabalhando, não é necessário os dez mil dólares canadenses, já que irão levar em conta a sua renda mensal (salário).

Outro ponto positivo! Pode até não ser obrigatório, mas é recomendável ter uma boa reserva. Para ter tranquilidade.

Em qualquer uma dessas categorias, Winnipeg pode ser seu alvo na província.

Agora vamos para a próxima sub-categoria! Shall we?

Top 10 coisas para ver e fazer em Winnipeg, Manitoba, Canadá

Skilled Worker Overseas – Trabalhador Qualificado no Exterior

Programa de imigração para estrangeiros. Ou seja, procuram mão de obra qualificada que não está em Manitoba ou mesmo no Canadá.

Por isto a palavra Overseas. Que em uma tradução ao pé da letra seria: Além Mar. Mas que nos dias atuais podemos traduzir como: “No Estrangeiro” ou “No Exterior”.

Ela se divide em 3 sub-categorias: Support, Experience e Invitation. Em todas elas você terá que conseguir pelo menos 60 pontos, na tabela providenciada pelo Governo de Manitoba.

E não só isso, você vai para o pool e os candidatos com mais pontos serão convidados a aplicar. Ou seja, quanto melhor o seu perfil mais rápido você irá ser chamado. Você se cadastra no EOI, conforme expliquei acima.

Esta tabelinha lista 5 fatores:

  • Conhecimento linguísticos (inglês ou francês);
  • Empregabilidade;
  • Educação (Formação Acadêmica);
  • Idade; e
  • Adaptabilidade.

Vou fazer um artigo, complementando este, ensinando a somar seus pontos nesta tabela.

Mas é fácil perceber que quanto melhor você se qualificar em cada uma dessas categorias, mais pontos vai obter. Não é nenhum segredo.

Agora vamos conhecer as 3 sub-categorias!

Support

Nesta forma de imigrar, você terá que já ter um suporte na província de Manitoba. E o que eles chamam de suporte? Basicamente é um parente ou amigo de verdade (close friend). E em ambos os casos você terá que provar esse vínculo.

No caso de parente é bem mais fácil, já que se prova com documentos. Por exemplo, um primo, é só mostrar que seu pai ou mãe é irmão do pai ou da mãe do tal primo. Basta mostrar as certidões de nascimento com suas respectivas filiações.

Já no caso de um amigo, terá que apresentar fotos, relatos, etc.

De uma forma geral e resumida, para mostrar que seu parente ou amigo(a) pode oferecer este suporte, será necessário:

  • Prover documentos que o suportador está morando no CanadáW, especificamente em Manitoba. E que ele(a) está estabelecido e vem vivendo na província, de forma contínua, por pelo menos 1 ano;
  • Que os suportadores sejam cidadãos canadenses ou residentes permanentes;
  • Provar o vínculo com o aplicante;
  • Mostrar que, se eles já suportaram alguém no passado, o aplicante anterior está bem estabelecido na província.
  • Que o suportador prove que terá condições de ajudar o aplicante no processo de estabelecimento.

Pode ser considerado parente, tanto do aplicante como do conjugue:

  • Irmão ou irmã;
  • Sobinho(a);
  • Tio(a);
  • Primo(a) (de primeiro grau);
  • Mãe ou Pai;
  • Avô ou avó.

Como tem poucas pessoas no Brasil, com parentes morando na província de Manitoba, vou pular para a próxima sub-categoria.

Experience

Já nesta forma de imigração para tentar obter a residência permanente no Canadá, é bem simples de entender.

O que se pede é que a pessoa tenha tida uma prévia experiência na província manitobense. De duas formas: experiência obtida por estudantes internacionais no passado ou por experiência profissional.

Como estudante: o candidato deve ter estudado e completado um curso superior ou profissionalizante em uma instituição pública (ou privada, desde que aprovada) na província de Manitoba. Cursos de idioma (intercâmbio no Canadá) não são aceitos.

Como trabalhador: ter trabalhado em Manitoba, full-time por pelo menos 6 meses consecutivos. Será necessário uma carta do empregador, em papel timbrado e uma cópia do visto de trabalho que você tinha no momento que exerceu o emprego.

Invitation

O Processo de Imigração de Manitoba (MPNP) geralmente emite convites para skilled workers (mão de obra qualificada).

Desde que estes candidatos se qualifiquem na categoria que eles chamam de Strategic Recruitment Initiatives.

Tanto para pessoas que estejam fora do Canadá como para quem está já na província (como trabalhadores temporários, por exemplo). 

Nesta forma de imigração, o poder está totalmente com a província. Mas o candidato tem sim, participação ativa. E o primeiro passo é fazer uma aplicação no MPNP Online.

Uma das maneiras de se qualificar no Strategic Recruitment Initiatives é fazendo parte da famosa Visita Exploratória.

Que foi uma criação do Governo de Manitoba, e foi tema de um artigo aqui no Site Imigrar já em 2013! Se eles acharem que você é um bom candidato, irão te chamar para vir ao Canadá visitar a província.

Irão também falar o que você deve fazer, quais documentos trazer, etc. De tempos em tempos, eles avisam quando estão aceitando pedidos para Visitas Exploratórias. O bom, é que ao final você terá uma entrevista com um oficial do Manitoba Provincial Program.

No momento, só quem tem francês CLB 7, pode aplicar para a Visita Exploratória. Quem sabe apenas inglês, está fechado.

Mas o que seria a Visita Exploratória para Manitoba?

Como o nome diz, é uma visita pré-combinada com o Escritório de Imigração. Na qual o candidato irá explorar, pesquisar e estudar as comunidades, oportunidades de emprego.

E mostrar que tem potencial (e vontade) de se estabelecer em Manitoba com sua família, como residentes permanentes.

Os critérios podem mudar, mas geralmente para ser convidado a fazer uma você deve:

  • Ter entre 21 à 45 anos de idade;
  • Satisfazer o MPNP que você não tem nenhuma forte ligação com outra província;
  • Demonstrar que você tem empregabilidade e adaptabilidade necessária;
  • Possuir algum tipo de formação profissionalizante ou superior: técnico, tecnólogo, bacharel, etc;
  • Ter trabalhado, pelo menos, 2 anos nos últimos 5 anos, e demonstrar habilidade para conseguir emprego nesta mesma ocupação em Manitoba; 
  • Ter uma genuína intenção de se estabelecer na província de Manitoba. E terá que demonstrar isto com um plano;
  • Prover ao Escritório de Imigração Manitoba, o resultado oficial de um dos testes de conhecimentos linguísticos (como o IELTS, por exemplo). Com até 2 anos de validade e mostrando um CLB 5, pelo menos.

Coisas a se fazer durante uma Visita Exploratória:

  • Se encontrar com empregadores em potencial (não precisa receber uma oferta de emprego, apenas provar que se encontrou com eles);
  • Se consultar com ordens profissionais, se sua profissão for regulamentada. (Não precisa já conseguir a regulamentação, mas provar que você se encontrou com eles e que saberá o que fazer);
  • Explorar o custo de vida, bairros, aonde morar, estilo de vida das comunidades de Manitoba etc.

Inclusive conheço alguns brasileiros que moram hoje em Manitoba, por que leram sobre as Visitas Exploratórias no Site Imigrar em 2013. Apostaram na ideia e conseguiram a imigração para o Canadá.

Strategic Recruitment Initiatives é quando a província manitobense, vai à procura de candidatos em potencial, que estão no estrangeiro. Seja, convidando-os para uma visita exploratória, seja organizando uma feira internacional de recrutamento. E outras formas que eles criem.

Essas feiras que o Governo de Manitoba realiza, ou melhor, Missões de Recrutamentos em outros países, são feitas em parcerias com empresas manitobenses. Não são tão frequentes. O bom é que sempre são anunciadas no website oficial. E você acha o link no final do artigo.

Agora vamos passar para uma nova categoria do nominee program de Manitoba. Que faz parte de uma categoria diferente das listadas até agora.

International Education Stream

Estudar no Canadá (Winnipeg Manitoba)

Como a anterior, esta forma de se imigrar para Manitoba Canada também é dividida em sub-categorias. Que são: Career Employment Pathway, Graduate Internship Pathway e International Student Entrepreneur Pilot.

Esta categoria foi criada para abrigar as formas de se segurar os estudantes internacionais da província, e oferecer a eles uma forma de imigrar para o Canadá através de Manitoba.

Em qualquer uma delas você terá de criar um perfil no EOI (explicado acima). E depois, esperar por uma nomeação provincial para dar continuidade no processo de imigração.

Agora vamos aos detalhes!

Career Employment Pathway

Esta sub-categoria, fornece uma nomeação provincial de maneira rápida para estudantes que se formarem na província e consiga uma oferta de emprego, consistente com a formação que a pessoa obteve e em uma das profissões que estão em demanda em Manitoba.

Um ponto importante e relativamente positivo: você não precisa de um determinado número de anos de experiência profissional no Canadá.

E sim, de obter um diploma, ser contratado e uma job-offer. De posse disto, satisfeitos os requisitos, já pode aplicar e obter sua nomeação. 

Os requisitos para se qualificar, além dos citados acima são:

Educação

Te se formado nos últimos 3 anos de uma instituição pública (ou designada) de Manitoba. O curso deve ter sido de pelo menos 1 ano acadêmico.
Conhecimento Linguístico: Mínimo CLB 7 (ou equivalente).

Emprego & Job-Offer

Ter uma oferta de trabalho (de pelo menos 1 ano), full-time, de um empregador elegível e localizado em Manitoba. E que esteja na lista: In-Demand Occupations list. A job-offer tem que ter relação com o programa que você se formou e ser NOC 0, A ou B.

Fundos financeiros

Demonstrar que tem os meios necessários para se sustentar na província por pelo menos 6 meses. Porém, se você tiver estiver trabalhando full-time, não precisará disso.

Adaptabilidade

Você precisa estar trabalhando, full-time, residindo e mostrar que tem a intenção genuína de continuar em Manitoba após sua nomeação provincial.

Graduate Internship Pathway

O Graduate Internship Pathway é outra opção dentro dos programas de imigração, para estudantes. Porém, diferente da acima, esta sub-categoria é focada para estudantes de Mestrado e/ou Doutorado.

Estes devem também fazer um estágio (fellowship) através de uma instituição chamada Mitacs. Em uma das duas formas: Elevate ou Accelerate.

Mitacs é uma organização (que não visa o lucro) que desenvolve pesquisa e desenvolvimento no Canadá. Para quem procurar fazer mestrado ou doutorado, vale a pena visitar a página: https://www.mitacs.ca/en

O bom desta opção, é que não precisa de oferta de emprego, e não tem lista de ocupação em demanda. Porém, o lado ruim é que você não só tem de fazer o mestrado ou doutorado em Manitoba. Como ser aprovado por um dos dois programas, citados acima..

Como o público deste tipo de categoria é bem específico e muito pequeno, irei pular para a próxima categoria.

International Student Entrepreneur Pilot

O International Student Entrepreneur é um programa piloto. Ou seja: está em testes. Poderá se tornar permanente ou não. A decisão é do Governo de Manitoba, junto com o Ministério de Imigração do Canadá.

O programa vai ficar disponível para apenas 20 estudantes internacionais por ano. E ele é focado para graduandos que queiram empreender ao invés de achar um emprego.

É necessário um business plan para poder se qualificar. Esta forma de imigrar é ainda mais específica do que a anterior. E muito provavelmente pessoas querendo aplicar por ela, vão contratar um consultor em imigração.

Falando em investidor, vamos para a última categoria e suas sub-categorias, que aborda justamente estas categorias!

Business Investor Stream

Imigração Canadá, Imigrar Canadá, Imigração Winnipeg, Imigração Manitoba

Essa é a categoria que envolve as formas de imigração para investidores, empresários e empreendedores. Ela tem duas sub-categorias.

Como a anterior, quem for tentar a imigração para Manitoba através desta categoria, vai muito provavelmente contratar um consultor de imigração. Mas mesmo assim, irei apresentá-las aqui.

O objetivo é trazes pessoas que queiram investir e criar empregos na província de Manitoba e contribuir com a economia.

Temos dois caminhos: 

  • O Entrepreneur Pathway: que seria para empreendedores; e
  • O Farm Investor Pathway: que como o nome indica é para fazendeiros, que queiram estabelecer ou comprar uma fazenda na zona rural.

Entrepreneur Pathway

Não precisa propriamente fundar uma empresa. É possível comprar uma existente ou até mesmo entrar com sociedade em um negócio existente (com um mínimo de 33%).

Se o investidor estiver visando uma imigração para Winnipeg, então o valor do investimento tem de ser $250 mil dólares canadenses.

Se for em uma empresa localizada fora da região de Winnipeg Manitoba, então o investimento cai para $150 mil dólares canadenses.

Aliás, comparando com algumas províncias, este valor, para categorias de empreendedores, é relativamente baixo e “acessível”. Apesar de que o aplicante precisa ter um patrimônio de $500 mil dólares canadenses.

Dentre outros critérios, existe o requerimento do empreendimento ter de criar e manter, pelo menos um emprego para um cidadão canadense ou residente permanente. Excluído o do próprio candidato e sua família.

Farm Investor Pathway

Como o nome diz Farm, é o caminho para fazendeiros. O aplicante precisa ter experiência prévia como fazendeiro e fazendas. E desejar estabelecer este tipo de empreendimento na zona rural de Manitoba.

Ou seja, não vale para quem quer tentar imigração para Winnipeg, a capital da província. Pois Winnipeg, não faz parte da zona rural da província.

O aplicante também tem que operar a fazenda, ou seja, não adianta montar uma, e nunca pisar lá e esperar conseguir a residência permanente assim.

O investimento tem de ser de no mínimo de $300 mil dólares canadenses. O patrimônio deve ser também de $500 mil como a sub-categoria anterior.

Vídeo oficial da Prefeitura de Winnipeg Manitoba

Imigração Morden Manitoba (MCDII)

Se este fosse um artigo para vender algo, considere esta categoria como um bônus! (risos).

Existe uma cidade chamada Morden, que tem seu próprio processo de imigração desde 2013! Inclusive foi este que vos escreve (como sempre), que apresentou esta opção para o público brasileiro.

E tem brasileiro morando lá e ensinando o povo a cozinhar, e a fazer brigadeiro! Confiram no vídeo abaixo:

Morden’s Community Driven Immigration Initiative (MCDII) é um programa, que irá ajudar as pessoas a aplicarem para a residência permanente, usando o programa provincial de nomeação de Manitoba.

A cidade tem o suporte da província. Ou seja, é tudo oficial. A população é pequena (cerca de 9 mil pessoas), com uma vizinha colada, Winkler, que tem mais 12.600. Ou seja, a região terá pouco mais de 21 mil habitantes.

Morden fica praticamente na fronteira com os Estados Unidos. E distante 1 hora e meia de carro de Winnipeg.

Resumidamente o processo de imigração para Mordern é:

  1. Aplicar junto a cidade de Modern e receber a support letter;
  2. Mandar tudo para o Escritório de Imigração de Manitoba;
  3. Receber a nomeação da província;
  4. Aplicar para a residência permanente junto ao Governo do Canadá.

A cidade recruta cerca de 50 famílias por ano. E ainda dizem que isto é 5% das aplicações que recebem. Bem concorrido.

Porém, dois fatores super positivos: eles só aceitam aplicações de pessoas que estão fora do Canadá! E você não paga nada para aplicar e tentar.

Existe uma lista de profissões em demanda na cidade, para as quais eles irão dar preferência. Ou seja, se quiser estar entre os 5% selecionados, provavelmente você terá que ter uma destas ocupações em demanda:

  • Mecânico de equipamento pesados (NOC 7312) (Não precisa de perfil no express entry);
  • Soldador (NOC 7237) (Não precisa de perfil no express entry);
  • Massagista Terapêutico (NOC  3236) (Precisa do perfil no EE)
  • Pintor Industrial (NOC 9536) (Não precisa do perfil no EE)
  • Mecânico Montador (NOC 9526) (não precisa EE)
  • Operador de Máquina de Usinagem de Madeira (NOC 9437) (não precisa de perfil no express entry)

Quando precisar de perfil no Express Entry, a nomeação se dará por lá. Caso contrário, tudo será feito diretamente com a província.

E agora os requisitos.

Mecânicos, Soldadores, Cozinheiros, Pintor Industrial e pessoas com teste de francês com pontuação CLB 5 ou acima:

  • 2 anos de experiência recente na ocupação que está aplicando;
  • Teste de IELTS com menos de 2 anos, CLB 5, e uma nota mínima de 5 em cada componente.Ou CLB 5 em francês (TEF ou TCF); 
  • Ter entre 21 à 45 anos;
  • Não ter nenhum tipo de conexão com alguém ou algum lugar em qualquer parte do Canadá (exemplos: amigos, parentes ou ter estudado ou trabalhado em outra cidade);
  • Ter nível superior ou profissionalizante de pelo menos 1 ano de duração);
  • Ter os fundos necessários para se manter, como definido pelo Manitoba Provincial Nominee Program.
  • Não precisa de perfil no EE, para estas profissões.

Todas as outras ocupações:

  • Pelo menos dois anos de experiência nos últimos 5 anos, em uma das ocupações em demanda (eu listei lá em cima);
  • Obrigatório ter um perfil no Express Entry;
  • Ter entre 21 à 45 anos de idade;
  • Não ter nenhum tipo de conexão com alguém ou algum lugar em qualquer parte do Canadá (exemplos: amigos, parentes ou ter estudado ou trabalhado em outra cidade);
  • Ter nível superior ou profissionalizante de pelo menos 1 ano de duração);
  • Ter os fundos necessários para se manter, como definido pelo Manitoba Provincial Nominee Program.

Para aplicar o passo a passo completo é este:

  1. Determinar se você se qualifica;
  2. Aplicar junto à cidade (link no final); 
  3. Se você for escolhido, vai receber um convite para fazer uma visita exploratória;
  4. Durante a visita exploratória (exploratory visit), você vai pesquisar Morden e se preparar para uma entrevista com um oficial do MPNP, que irá acontecer ao final;
  5. Se ao final da entrevista com o oficial do MPNP, ele(a) achar que você tem o perfil da cidade, você receberá uma carta convite para aplicar para o MPNP (Processo Provincial de Manitoba);
  6. Com a carta convite, você aplica online (MPNP Online) junto à província;
  7. Se voc6e também satisfazer os requerimentos mínimos do Manitoba Provincial Nominee Program, receberá uma carta de nomeação;
  8. De posse desta carta de nomeação, você pode então aplicar para a etapa federal;
  9. O Ministério de Imigração do Canadá (IRCC) vai revisar seu pedido. Se você não tiver nenhuma doença rara, e nem passado criminal, provavelmente não terá nenhum problema nessa etapa;
  10. Finalmente você receberá a tão desejada residência permanente e poderá se mudar para Morden com sua família (ou sozinho se for solteiro(a));
Vídeo promocional da Cidade de Morden em Manitoba

Entrevista

Entrevista

Site Imigrar: Se apresente para os leitores do Site Imigrar.

Maria Cristina: Meu nome é Maria Cristina, sou casada e mãe de dois meninos (12 e 14 anos), nutricionista de formação e atualmente trabalhando na área de pesquisa clínica em uma companhia farmacêutica.

SI: Há quanto tempo está no Canadá? E desse tempo há quanto tempo está morando em Winnipeg? 

MC: Estamos no Canada há seis anos e meio, desde o início em Winnipeg.

SI: Qual processo de imigração utilizou para imigrar? 

MC: Viemos para Winnipeg no esquema estudo/trabalho (PGWP) e conseguimos nosso PR através do processo de imigração provincial de Manitoba.

SI: Porque escolheu Winnipeg? 

MC: Na verdade Winnipeg nos escolheu (rs). Brincadeiras à parte, aplicamos para alguns programas em universidades aqui no Canadá e meu marido foi aceito na Universidade de Winnipeg.

Outra coisa que nos fez escolher Manitoba foi que na época o processo de imigração provincial era um dos mais atrativos do Canada. Não pensamos muito e viemos!

SI: O que acha de morar aí?

MC: Gostamos muito de morar aqui. Winnipeg e uma cidade média, com pouco trânsito, mas que tem uma variedade de opções para todos os gostos. Big box stores, shoppings, outlet, comercio local, museus, restaurantes e parques urbanos, provinciais e nacionais com trilhas incríveis e lindas praias de lago.

Não faltam shows de artistas famosos e muitas opções de cultura gratuita, principalmente no verão. Para as crianças há várias opções de esportes e artes. Os manitobenses são muito amigáveis e em geral recebem muito bem os imigrantes.

SI: Recomendaria Winnipeg para outras pessoas que estão imigrando para o Canadá? Quais as vantagens e desvantagens de se morar aí?

MC: Sim, Winnipeg é um ótimo lugar para começar a vida no Canada, especialmente para famílias. As principais vantagens na minha opinião são o custo de vida baixo, principalmente no que se refere a moradia, a tranquilidade, e a facilidade em arrumar emprego.

As desvantagens são o inverno longo e rigoroso e o isolamento geográfico – a cidade grande mais perto e Minneapolis nos Estados Unidos, que fica a 7 horas de Winnipeg.

SI: Como é o mercado de trabalho? É “fácil” (nunca é fácil, eu sei) arrumar trabalho? 

MC: Eu acho o mercado de trabalho de Winnipeg bem aberto aos imigrantes recém-chegados. O primeiro emprego muitas vezes será entry-level, mas isso depende muito da área, experiencia, contatos e principalmente do nível de inglês. Há falta de mão de obra em diversas áreas, e as pessoas que se dedicam normalmente são promovidas logo. Em geral eu não vejo as pessoas tendo dificuldade em arrumar trabalho e crescer no emprego.

SI: Como é o clima (temperatura) em Winnipeg?

MC: Não tem como negar: faz frio (e muito) em Winnipeg. O frio normalmente chega no final de outubro e vai até meados de abril. Em dezembro, janeiro e fevereiro o frio pode ser brutal (como se diz aqui), chegando a uma sensação térmica de -40 a -50 graus algumas vezes. Essa temperatura (normalmente) não dura muitos dias.

A temperatura média nesses meses fica entre -10 e -20. Aqui neva, mas não muito, e a cidade raramente para por causa da neve. Enfim, a gente sobrevive ao frio, e o verão, apesar de curto, e maravilhoso! A temperatura de junho a setembro e bem agradável, em torno de 20 a 30 graus durante o dia. O outono, apesar de curto, e lindo! Uma coisa boa em Manitoba e que os dias em geral são ensolarados, o ano inteiro.

SI: Quais os melhores bairros para recém-chegados se instalarem?

MC: Eu conheço mais a região sul da cidade. Alguns bairros bons são Lindenwoods, Whyte Ridge, Bridgwater, South Pointe, St Vital, Fort Richmond, St Vital, River Park South. Muitos casais sem filhos moram em downtown por conta da facilidade de acesso aos colleges. Um bairro mais central interessante e com muitos brasileiros e River Heights.  

SI: Qual a faixa de aluguel por aí?

MC: O aluguel de um apartamento de 2 quartos está em torno de 1300 dólares, mas isso depende muito da região. Há aluguéis mais baratos e mais caros. Gostaria de deixar qualquer informação adicional que achar importante? Sugiro que antes de decidir para onde imigrar no Canada as pessoas venham fazer uma visita exploratória. Isso nem sempre é possível, mas vale muito a pena. 

Quero agradecer à Maria Cristina pela disponibilidade para responder algumas perguntas e nos dar uma boa ideia de como é morar em Winnipeg, Manitoba.

Se quiser ver outra entrevista, com outra pessoa, curta, que fiz com uma ex-morada de Winnipeg, você pode acessá-la no link a seguir: Entrevista com Moradora de Winnipeg, Manitoba

Ela se mudou por motivos particulares. Porém, morou lá por 5 anos e meio. E o marido nasceu justamente em Winnipeg, e por isso mesmo, ela teve uma chance de imersão e conhecer a cidade, melhor do que muitas pessoas.

Considerações Finais & Links Úteis

Espero que depois de ler este guia você tenha aprendido todas as formas de imigração para Manitoba abertas e operantes agora em 2020. Ainda mais se Winnipeg for parte das suas opções.

É muito importante ficar de olho no site oficial do Governo de Manitoba. Pois, eles podem mudar os processos. Este artigo será atualizado no segundo semestre do ano, mas fiquem ligados!

Inclusive pretendo visitar Winnipeg em breve. Tenho amigos brasileiros lá, que conheceram a província, aplicaram e imigram, através de uma série de artigos que fiz, em 2013.

E claro que irei gravar vídeos e tirar várias fotos de Winnipeg, para apresentar para vocês, leitores.

Conforme já disse várias vezes, imigrar para o Canadá não é fácil. E a cada ano alguns processos ficam ainda mais cheios de pormenores. Por isto o Site Imigrar vem sempre ajudá-los. Trazendo guias completos e detalhados.

Em breve irei publicar um artigo falando exclusivamente sobre a cidade de Winnipeg Manitoba. Levando em conta o ponto de vista da imigração. Contando também, com a entrevista de uma brasileira que está morando lá já faz alguns anos! Não percam!

Não esqueçam de seguir nossas redes sociais, principalmente nosso Instagram, aonde posto várias coisas sobre o Canadá que não publico aqui no site. E também nosso Facebook.

Links & Fontes:

Site Oficial do Escritório de Imigração de Manitoba

Site Oficial do Governo de Manitoba

Imigração por Morden (Site Oficial da Cidade)

Wikipedia de Winnipeg em inglês

Wikipedia de Winnipeg em português

Se você quer pesquisar sobre vagas de emprego o site oficial do Governo de Manitoba é este: https://jobsearch.gov.mb.ca/search.action

Já para procurar emprego no Canadá, inclusive na Terra dos 100 mil lagos, você pode usar o site: Job Banks Filtrando Empregos de Manitoba

Site Oficial do Governo do Canadá (Imigração)

Um dos maiores sites de procura de emprego do Canadá, Indeed: https://www.indeed.ca/jobs?q=&l=Manitoba

Guia Completo sobre o Express Entry

Tudo sobre o Post-Graduate Work Program (PGWP)

Não perca!

Se você quiser contar com meus serviços de consultor, é só mandar um e-mail para [email protected]Sou credenciado ao órgão regulamentador aqui no Canadá (ICCRC). Meu número de licença é: R705937

Inscreva-se no Site Imigrar Canadá e Quebec e seja notificado por e-mail sempre que um novo artigo ou post for publicado. É só colocar o endereço do seu e-mail abaixo:

Siga nosso Facebook e Instagram para ficar ligado em notícias como essas e muito mais. No Face e Insta tem conteúdo extra que não é publicado aqui.

Imigração Canadá? É aqui! Desde 2012 ajudando você a vir morar no Canadá. Sua fonte número 1 de informação sobre imigração para o Canadá!

Agora que você terminou de ler esse artigo, veja outros artigos: Clique Aqui!

Não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais usando os ícones abaixo!

13 thoughts on “Imigração para o Canadá através de Manitoba (Winnipeg) em 2020

  1. Oi, Aline.
    Sim, você pode aplicar com 6 meses de trabalho + job offer usando seu OWP.
    Aliás, conheço várias pessoas que fizeram isso.
    Atenção: o processo de imigração de Manitoba irá mudar. Mas eles avisaram que vai mudar. Por isso é importante estar atento(a).
    Com a mudança, profissões que não estão na lista em demanda exigirão 12 meses de trabalho e não mais apenas 6. Se estiver em demanda, continua 6 meses (como é agora).

    Att,
    Rafael Alencar

  2. Olá, tenho uma dúvida: meu marido vai estudar 1 ano de college no Manitoba Institute of Trades and technology, neste caso eu irei acompanhando ele com o OWP. Nesse período de OWP de 1 ano eu posso trabalhar em emprego de qualquer NOC por 6 meses e conseguir uma job offer e dar entrada no processo provincial? Somente com a experiencia de 6 meses e job offer ou só meu marido que poder dar entrada nessxe processo provincial, visto que, ele terá um diploma em um college?
    Atenciosamente,
    Aline.

  3. Oi, Alessandra.
    Sim, só Manitoba tem esse programa ligado ao MITACS. Nas outras províncias ajudaria de forma indireta, mas nada direto assim.
    O único impedimento é se a sua bolsa exige que você volte ao seu país de origem, ou seja, se foi paga pelo Brasil, pro exemplo, e existe uma cláusula que você tem que voltar para aplicar o conhecimento adquirido na sua terra natal etc.

    Att,
    Rafael Alencar

  4. Por favor me ajude numa dúvida, apenas em Manitoba quem estudar pelo MITACS poderia imigrar ou ajudaria no processo de outras provincias tb? E não há impedimento de alguém que estude por bolsa posteriormente dar entrada em algum processo de imigração? obrigada e parabens pelo conteudo.

  5. Oi, Ana.
    O Canadá inteiro está fechado para turistas (quem faz visita exploratória geralmente entra no país com visto de visitante).
    Por isso a resposta seria: não.

    Att,
    Rafael Alencar

  6. Rafael
    A província de Manitoba está aberta para visita exploratória?

  7. ola, eu ainda tenho uns anos antes de conseguir dinheiro suficiente, mas tenho uma duvida: sou casada,e a maioria dos casais vão com um estudando e outro trabalhando, então eu gostaria de saber se teria algum em que eu ou meu marido fosse pra trabalhar e o outro pudesse ir pra trabalhar tambem.
    se for uma pergunta idiota, peço desculpas

  8. Oi, Jadhiel.
    Tudo bem? Espero que sim.
    Toda a informação presente nesse artigo foi tirado direto do site oficial do Escritório de Imigração de Manitoba.
    Os links estão no fim do artigo. Lá no site, lendo na seção de Skilled Workers você vai achar a informação.
    Agora veja tudo direitinho na questão da licença, pois alguns órgãos ou associações até deixam você começar (ou dar entrada) no processo de forma online, mas no final vão requerer uma prova que tem que se feita ao vivo (em pessoa).
    Não estou dizendo que é o caso, mas é bom ter certeza.

    Atenciosamente,
    Rafael Alencar

  9. Bom dia,

    Sobre: conseguir 100 pontos extra no processo provincial quanto de posse de licença ou certificado em profissão regulamentada;

    Você teria o como me passar o link sobre essa informacão?

    Sou professor no Brasil e entrei em contato com o “ministerio da educação canadense” e descobri que posso tirar essa licença via online com envio de alguns documentos, acho que vale a pena por 100 pontos no processo, é um procedimento pelo WES que faz o ECA e alguns documentos adicionais, poderei lecionar ciências no High School da provincia de Manitoba, quero ter certeza dessa informação sobre os 100 pontos extra em fontes oficiais e seguir com a obtenção do certificado profissional.

    se possivel posta aqui o link por favor.

    grato,

    Jadhiel Santos

  10. Pedro,
    Se estivermos falando do Skilled Worker IN Manitoba, não. Pois pressupõe-se que você já está no Canadá com algum tipo de visto (PGWP ou OWP se o cônjuge está estudando).
    Se quiser ser contratado por uma empresa sem ter que estar aqui no Canadá com uma permissão de trabalho, aí sim a empresa precisará te trazer com uma LMIA.

    Att,
    Rafael Alencar

  11. Descobri há dois dias esse site e estou adorando, conteúdo completo e bem escrito!

    Só fiquei com uma dúvida, no Skilled Worker in Manitoba a job offer não precisa de LMIA? Aliás, achei o site da imigração de Manitoba meio incompleto…

    Obrigado!

  12. Oi, Vania!
    Obrigado pelo seu elogio! :)
    É por comentários assim que continuo a publicar!

    Att,
    Rafael Alencar

Deixe o seu comentário

Posts Recentes

Site Imigrar (Esta janela vai fechar em 10 segundos)

Inscreva-se no Site Imigrar para receber as últimas atualizações por e-mail.