Vale mesmo a pena imigrar para o Canadá?


téléchargement

Espero ajudar vocês com uma das maiores decisões da vida que alguém pode tomar : Imigrar!

Antes de maiores comentários, gostaria de enfatizar que essa é minha opinião, Andréia, baseada na minha vivência na província do Québec , na cidade de Montréal aqui no Canadá.

1) Perfil

Sabe aquela comidinha da mamãe dia de sábado ou domingo. Aquela comodidade de ter uma pessoa pra arrumar a sua casa, lavar seu banheiro e etc?

Então… essa comodidade acabamos perdendo. É muito caro pagar uma faxineira. Então no final a gente acaba aprendendo a fazer tudo por nossa própria conta.

Se você é uma pessoa acomodada que gosta de tudo nas mãos, definitivamente o Canadá não é para você! Principalmente se você tem uma vida tranquila no Brasil e com esse tipo de comodidade. A não ser que você queira e esteja preparado para se adaptar.

Com certeza, você sentirá bastante falta. O perfil de um imigrante que consegue se destacar na província, é do tipo “sangue nos olhos”, o famoso Raimundo-Faz-Tudo.

Como dizemos no Nordeste: desenrolado!

2) Profissão

Essa pauta é um assunto bem delicado…

Um grande problema para muitos que possuem sua profissão regulamentada por um conselho. Entrar nesse time não é fácil.

Sinceramente falando, se eu fosse uma médica, eu não viria ao Canadá para tentar seguir a mesma carreira.

Primeiro que eu não acho o sistema de saúde essas maravilhas. Meu plano de saúde no Brasil era 1000 anos luz mais efetivo.

Para você entrar nessa panelinha (ordens profissionais) são anos de estudo, provas, exames. A não ser que você tenha bastante dinheiro para poder se sustentar enquanto estuda 6 ou 7 anos (isso falando de medicina).

Não é todo mundo que pode fazer isso, não é mesmo? Muitos que tinham cargo de chefia no Brasil,  chegam aqui e vão ser caixa de supermercado, ou seja, é um teste de humildade.

Outra coisa: existe muita burocracia para a revalidação de diplomas e domínio das línguas. Então pense bem antes de tomar essa decisão, pois você pode se frustrar como muitos dos meus amigos.

Você deve ser fluente! Pessoal, nós competimos com os canadenses que nasceram aqui no mercado de trabalho, fora que não possuímos sobrenomes de famílias famosas e tradicionais daqui.

Existem rumores que o seu sobrenome pode contar no momento de uma entrevista. Os altos cargos tendem a ser mantidos para os próprios canadenses.

Imagine o mesmo cenário no Brasil… Vocês acham que um cargo de chefia seria dado para um brasileiros ou um argelino, por exemplo?

Alguns até voltam ao Brasil, frustrados. Tenho amigos também que terminaram PhD, mas não podem exercer a profissão, pois não possuem o curso de base do Canadá.

3) Condição financeira

Se você é rico no Brasil e vem ao Canadá , vai aproveitar bastante, pois aqui não falta o que fazer, lugares para viajar e aproveitar a vida.

Agora se você é pobre, se prepare para gastar bastante. Principalmente no primeiro ano. Eu estou falando de números de $30,000 a $50,000 mil reais.

Vamos colocar no lápis uma simulação minha de quando cheguei aqui , por exemplo no primeiro ano (todos os gastos são anuais): 

1- Gastos com visto- por volta de R$1800,00 reais ( Tirei meu visto americano e o canadense). Fui a Recife, gastei com passagens, hotel e os gasto com visto em dólares.

2- Gastos com passagem para vir ao Canadá: Por volta de $3.000 dólares fazendo conexão nos EUA.

3- Gastos com roupas de inverno e roupas de outono  $1200,00 dólares, comprei casaco, botas, meias, roupas, touca, luvas, cachecol , segunda pele, tudo isso para passar bem o inverno.

4- Gastos com aluguel – Anualmente gastei como $4000,00 dólares

5- Contas de água, luz e telefone: $2500,00 dólares

6- Televisão, celular e internet: $1600,00 dólares

7- Opus card para pegar o metro: $850,00 dólares

8- Aplicação para a residência permanente: $850,00 dólares

9- Traduções:  $300,00 dólares

10- Curso de Inglês por um mês: $1200,00 dólares ( BLI)

11- Curso de francês por 6 meses: $ 4.800,00 dólares ( EC Montréal)

12- Gastos com supermercado : $2.400,00 dólares

13- Seguro saúde: $600,00 dólares

14- Mobiliar o apartamento( algumas coisas): $2500,00 dólares

Vamos calcular: $25.800 ( esses gastos básicos) + 1800,00 reais: Na época que o dollar estava quase 3,00 reais daria mais ou menos: R$70.000 reais.

Então gente, R$: 70.000 reais é o minimo que você deve trazer para passar o primeiro ano em Montréal, vivendo com o básico. Enfatizando: Montréal. Porque se for em uma província como British Columbia, creio que esse número aumenta consideravelmente!

Observação: Não contei gastos que tive com meu casamento, viagens no Canadá, restaurantes , carteira de motorista, celular novo e outros gastos. Contei somente os gastos  básicos, pois na minha planilha original esse gasto vai para quase R$: 100.000 reais. 

4) Expectativas

Se eu puder te dar um conselho seria: não crie expectativas com relação ao Canadá!

Você vai encontrar dificuldades, coisas que você não concorda, gente chata, racismo, machismo, etc.

Porém, em menor proporção do que você encontraria no Brasil. Seu imposto será melhor aplicado aqui, os serviços funcionam, seu tempo é valorizado como profissional.

Você pagará muitos impostos. Poderia dizer entre 30% a 40% do seu salário é “mordido” pelo governo do Canadá.

O frio em algumas cidades canadenses em alguns dias chega ao extremo. Temperaturas como nesse inverno de -25 graus, é de doer os ossos. Estou apenas abrindo os seus olhos e dizendo a REALIDADE!

5) Família

Para finalizar para quem é muito apegado à família, esse é um fator que deveria pesar bastante.

Ficar longe dos pais, dos irmãos, não é brincadeira. Eu fui criada em uma família muito unida e de laços fortes. Achei que seria algo fácil pra mim já que era bastante independente no Brasil.

Não mesmo! Até hoje é algo que não superei muito bem: ficar longe dos meu familiares.

Conclusão

Mas no final de contas, respondendo à pergunta que inicia esse post: vale mesmo a pena imigrar para o Canadá?

Sim, vale! Tanto é que até hoje ainda estamos por aqui. No Canada você tem acesso a coisas que no Brasil não passam de sonho. A segurança aqui é incrível. Você pode andar na rua sem medo, usar seu celular, andar com dinheiro na mão, dificilmente algo de ruim acontecerá.

Meu esposo as vezes leva o notebook para o parque e fica lá mexendo no computador enquanto os cachorros brincam. Imagina fazer isso no Brasil? Iriam levar o notebook, os cachorros e as roupas dele.

As principais barreiras citadas acima podem ser vencidas com planejamento e preparação. Ainda bem que vocês contam com um site como o Imigrar para isso! E se vocês estão decididos a melhor forma de começar é acessando esse artigo: https://imigrar.com.br/saiba-como-imigrar-para-o-canada/

Um forte abraço futuros canadenses!

Não perca!

Se você quiser contar com meus serviços de consultor, é só mandar um e-mail para [email protected]Sou credenciado ao órgão regulamentador aqui no Canadá (ICCRC). Meu número de licença é: R705937

Inscreva-se no Site Imigrar Canadá e Quebec e seja notificado por e-mail sempre que um novo artigo ou post for publicado. É só colocar o endereço do seu e-mail abaixo:

Siga nosso Facebook e Instagram para ficar ligado em notícias como essas e muito mais. No Face e Insta tem conteúdo extra que não é publicado aqui.

Imigração Canadá? É aqui! Desde 2012 ajudando você a vir morar no Canadá. Sua fonte número 1 de informação sobre imigração para o Canadá!

Agora que você terminou de ler esse artigo, veja outros artigos: Clique Aqui!

Não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais usando os ícones abaixo!

Andréia Dourado

Sou brasileira, Nasci em Fortaleza, amo praia , sou nordestina com muito orgulho, desde criança tenho um fascínio por idiomas e viagens. Sempre tive um sonho de morar em outro país, só não sabia qual era, ( rsrs). Sou professora de Educação Física e especialista em Nutrição e Exercício Físico, para quem não sabe é uma profissão em grande demanda no Quebéc, principalmente no inverno, aí somos mais úteis ainda. Dividi a minha querida profissão com uma grande paixão: o ensino de idiomas ( Inglês e Espanhol) . Espero que com o meu conhecimento eu possa servir o maior número possível de pessoas e ajudá-las a atingir os seus objetivos, afinal, viemos ao mundo para isso, para servir e sermos servidos. Forte abraço amigos(as)!

6 thoughts on “Vale mesmo a pena imigrar para o Canadá?

  1. Não me arrependo da minha escolha por tudo que já conquistei em pouco tempo.
    Mas já superei a fase de que estava no país perfeito. Não é bem assim.

    Tem pedinte , pessoas pobres, esquizofrênicos nas ruas, estradas mal pavimentadas e etc..

    Na visão geral, vale a pena.

  2. Exato. Na época que imigrei não tinha muitas informações realistas como as que vemos hoje! Eu busco dizer a verdade com frases abertas.

    Fora o estresse de todo esse processo, ansiedade, comida , já via casais se separarem.

  3. De vez em quando leio seus textos Andréia. Agradeço por ser clara e realista.
    Canadá não é “essa Coca toda” ne?! Mas de tudo que já pesquisei, mesmo assim parece ser bem melhor que o Brasil.
    Essa parte da família aí realmente deve ser super complicada, como vc disse, a mais difícil delas.
    Te entendo.
    Gosto do q escreve.
    Um abraço.

  4. Os gastos foram no Canadá o tradutor juramentado cobra de 50,00 a 80,00 dólares por tradução.( um average)

  5. Oi Fernanda,

    Corrigi a informação com supermercado!

  6. Olá,
    Na parte dos gastos não entendi o q é esse Mercantil que vc colocou. Já as traduções q vc gastou $ 300 foram no Canadá ou ainda aqui no Brasil? E foram traduções de quais docs?

Deixe o seu comentário

Posts Recentes

Site Imigrar (Esta janela vai fechar em 10 segundos)

Inscreva-se no Site Imigrar para receber as últimas atualizações por e-mail.