Categorias
Imigração Quebec Notícias

Surpreendente: Quebec apresenta um programa personalizado de integração aos recém-imigrantes

Parece que a turbulência pela qual vinha passando a imigração para a província do Quebec finalmente ficou para trás. Na quinta-feira passada (dia 08 de agosto) o Ministro da Imigração do Quebec, Simon Jolin-Barrette anunciou alguns detalhes do Parcours d’accompagnement personnalisé.

Traduzindo livremente seria algo como Programa de Acompanhamento Personalizado. E ele é focado nos recém-imigrantes. Alguns “benefícios” são disponibilizado até antes mesmo do imigrante viajar para o Canadá!

Algo positivo no mundo da imigração quebequense após toda aquela novela mexicana. Aliás, já estava previsto na loi 9 (lei 9) a mesma que começou a turbulência. Se não sabe do que estou falando é so acompanhar aqui o”timeline”:

  1. Quebec vai cancelar 18.000 processos;
  2. Quebec volta atrás e cancela o cancelamento;
  3. Quebec volta atrás do volta atrás anterior e realmente cancela 16.000 processos! E bem recente:
  4. Quebec paralisa o PEQ Estudo (Graduados).

Agora vamos ao motivo do post.

Imagem com a descrição do Plano Personalizado de Integração

Parcours d’accompagnement personnalisé – Programa de Acompanhamento Personalizado

Breve Explicação da Imigração Canadá/Québec

Algumas pessoas não são familiarizadas com a imigração para o Quebec. E até se confundem, pois se perguntam: Mas o Québec não é parte do Canadá? Por que não então dizer: imigração para o Canadá?

Não estaria incorreta a afirmação acima. Porém acontece que a Belle Province tem um sistema diferente do resto do Canadá. Eles conseguiram um acordo aonde são responsáveis pelos critérios de seleção dos seus próprios imigrantes.

Ou seja, o Governo do Québec é que decide tudo: quem vai selecionar, os requisitos, a quantidade, etc. O Governo Federal do Canadá “apenas” cuida da parte de averiguar a saúde do candidato escolhido e também seus antecedentes criminais.

Com o resto não acontece o mesmo. Apesar do Ministério de Imigração do Canadá recentemente estar dando mais liberdade para algumas províncias. Estas ainda precisam “negociar” tudo com o Governo Federal. E assim elas estabelecem suas categorias do PNP (Categoria de Imigração Provincial).

Já escrevi o motivo do Québec ter essa particularidade, se quiser entender realmente aconselho a ler esse artigo: Por qual Motivo o Quebec seleciona seus próprios imigrantes

Para poder imigrar para o Canadá através do Québec um candidato tem que obter primeiro um CSQ (Certificat de Sélection du Québec). Traduzindo seria um Certificado de Seleção do Quebec. Ou seja: você foi selecionado e agora tem o “direito” de morar aqui.

Quem dá (ou não) o CSQ é o Ministério de Imigração do Québec (MIDI). De posso do documento você poderá enfim aplicar para a tão sonhada residência permanente junto ao Ministério de Imigração do Canadá (IRCC).

Ficou complicado? É bem simples de entender:
  1. Você aplica para imigrar para o Canadá pelo Québec;
  2. Após analisarem seu perfil, se aprovado você recebe o CSQ;
  3. Com o CSQ, você agora manda a documentação para o Governo Federal.
  4. O Canadá vai pedir um exame de saúde (para ver se você não tem nenhuma doença crônica); E vai checar seus antecedentes criminais  (para ver se você nunca foi condenado por um crime);
  5. Se você estiver liberado, medicalmente e criminalmente, você vai receber o RP (residência permanente); O RP te dá o direito de viver no Canadá como um imigrante, com praticamente todos os benefícios que um canadense nato tem (tirando passaporte e direito a voto).

É por isso que eu digo sempre: se você receber o CSQ E não tiver nenhum problema de saúde crônico e nem passado criminal, já pode comemorar pois sua imigração para o Canadá está garantida!

Detalhes do Programa Personalizado

O ponto positivo, conforme já citei, é que de posse do CSQ, mesmo ainda estando no Brasil, o futuro imigrante já vai ter acesso a alguns recursos e terá um oficial de imigração do Quebec responsável por ele!

Os candidatos terão acesso a documentos descrevendo as diferentes regiões da província, quais os seus pontos fortes e fracos (principalmente na questão do mercado de trabalho). Vão também receber informações de como revalidar suas experiências profissionais e/ou diplomas (se esse for o caso); E vão ter a opção de fazer um curso online de Francês (com foco no Quebéc).

O recém-imigrantes vão ser recebidos no aeroporto. Isso sim é tratamento VIP. Mas creio que pelo número de pessoas que imigram para cá, vão ter provavelmente um stand aonde a pessoa passa para receber informações preliminares. Isso já tinha quando eu vim. Porém acho que talvez vá ser melhorado.

E após a chegada os novos residentes permanentes vão em até 5 dias se encontrar com um oficial da província que vai ajudar a criar um plano individualizado de ação (action plan). Ou seja, um passo a passo do que fazer para tornar a adaptação a mais suave possível.

Podemos resumir o projeto de adaptação em 4 pontos:

  1. Chegada no Quebec & Encontro com o Oficial designado; Criação do Plano Personalizado de Integração do imigrante;
  2. Francização (curso de Francês oferecido pela província) e aprender sobre os valores culturais e democráticos do Quebec;
  3. Integração ao mercado de trabalho e à Comunidade.

Outro ponto super-positivo é que a província vai pagar $185 dólares para quem quiser participar de um curso sobre a realidade sociocultural e sobre o mercado de trabalho do Quebec. Não só você vai aprender sobre assuntos importantes, como ainda vai receber $185 dólares para isso!

Considerações Finais

Ao que me parece, e não quero colocar os bois na frente da carroça, o Quebec vai aos poucos ajeitando e modernizando seu processo de imigração.

O Ministro da Imigração do Québec disse que o programa leva em consideração o fato de que todo indivíduo é diferente. E as trajetórias nunca serão as mesmas. Por isso eles vão direcionar as pessoas para os recursos que elas precisam. A palavra chave do anúncio foi: serviço individualizado.

Todo o novo programa vai custar por volta de 20 milhões de dólares por ano. E vai criar 84 novos empregos: 78 “Oficiais de Integração” e 6 “Coordenadores de Integração”.

Sim, fiquei impressionado com as medidas anunciadas. Quando eu vim para cá em 2013 não tinha nada disso! Cheguei no aeroporto, recebi meus papéis, cheguei no apartamento que tinha alugado; E não tive ajuda alguma! Não tinha nem uma pessoa para a qual eu poderia perguntar algo! Por sorte eu sabia exatamente o que fazer, aonde ir, etc.

Porém, se eu tivesse um Oficial de Integração designado para me ajudar a construir um plano personalizado; Com um passo a passo; E até mesmo para responder várias perguntas e duvidas que eu tinha; Com certeza eu iria ter me beneficiado bastante.

Quero finalizar dizendo que se as medidas se concretizarem; Com o Arrima já chamando pessoas; E se esse apoio for concreto e real, o Québec vai aos poucos voltando a ser uma das boas opções para se imigrar para o Canadá.

Fonte: Site Oficial do Ministério de Imigração do Québec

2 respostas em “Surpreendente: Quebec apresenta um programa personalizado de integração aos recém-imigrantes”

Deixe o seu comentário