Categorias
Imigração Quebec Notícias

Québec lança programas pilotos de imigração para 3 setores (2021)

A província do Québec anunciou a entrada em vigor de 3 novos programas pilotos. Eles ficarão abertos até janeiro de 2026 (ou seja, por quase 5 anos). Dando assim mais chances para as pessoas imigrarem.

As áreas escolhidas são:

  • TI, Efeitos Especiais, Inteligência Artificial (AI).
  • Préposés Aux Bénéficiaires (Cuidador/Auxiliar em Enfermagem).
  • Transformação/Processamento de Alimentos.

E nesse artigo você saberá TUDO sobre todos os 3 programas.

Vamos lá?

Bandeira do Quebec no Canada

Antes de tudo, algumas informações que funcionam para todos os processos:

Eles vão até janeiro de 2026 (ou seja, quase 5 anos). E por serem pilotos (estarem em teste), quando chegar 2026 eles podem: ser estendidos, se tornarem permanentes ou deixarem de existir.

Isso vai depender do “sucesso” dos programas e seus impactos.

Eles tinham sido anunciados ano passado, votados e agora cada um tem uma data para entrar em vigor. Como a data de início é diferente, vou listar para cada um.

Vale lembrar que os programas valem tanto para quem já está aqui trabalhando em um dos setores, como para quem ainda vai chegar.

Programas Pilotos de Imigração para o Québec

TI, Efeitos Visuais, Inteligência Artificial (AI)

Vamos começar falando do pessoal da informática (TI), Efeitos Especiais e Inteligência Artificial (AI).

Existe uma lista específica de profissões que se enquadram nessa categoria. Vou falar delas, para ficar claro.

Quando falo de Efeitos Especiais, é o pessoal que usa computador para criar efeitos visuais em filmes, propagandas etc. O que geralmente é chamado de Compositor.

Essa categoria entrará em vigor no dia 22 de abril de 2021.

São 550 vagas ao todo por ano. A categoria é dividida em duas sub-categorias: 275 vagas para Inteligência Artificial e 275 vagas para TI e Efeitos Especiais.

Inteligência Artificial

Existem duas sub-categorias. Uma para quem é formado no exterior (no Brasil, por exemplo) e outra para quem se formar no Québec.

São 275 vagas ao todo por ano.

Mas esses critérios são os mesmos para as duas sub-categorias:

  • Ter ou aceitar um emprego full-time no Québec no setor da Inteligência Artificial (claro que a pessoa tem que ter o perfil para poder exercer o que o cargo pede).
  • Se a pessoa fala francês, ela precisa de B2 (CLB 7) em Parler e Écouter (Falar e Entender). Não precisa fazer teste de redação, gramática ou leitura.
  • Se a pessoa não sabe francês, ainda pode imigrar, porém terá que se comprometer a fazer o curso de francês do Governo do Québec, chamado de francisation.

Ou seja, é possível tanto para quem já está aqui trabalhando ou para quem vir a receber uma job offer, mesmo que esteja no Brasil ou outro país.

Trabalhador Estrangeiro (Formado no Exterior)

Critérios:

Salário anual bruto:

  • Se for na Grande Montréal: pelo menos $100 mil dólares canadenses.
  • Se fora da Grande Montréal: pelo menos $75 mil por ano.
  • Ter pelo menos um diploma universitário (que corresponda a um baccalauréat no Québec).
  • Experiência de trabalho:
    • Nos últimos 60 meses antes da demanda, ter pelo menos 24 meses de trabalho, full-time, em um emprego NOC 0, A ou B.

OU

  • Ter um diploma estrangeiro, que no Québec seria correspondente a um mestrado ou doutorado.
  • O diploma tem que ter sido obtido a menos de 12 meses antes da demanda.
Formado no Québec
  • Ter um Diplôme d’Études Supérieures Spécialisées (DESS) (é tipo uma pós-graduação), um mestrado ou doutorado obtido no Québec nos últimos 24 meses.
  • Ter morado pelo menos metade do tempo do curso no Québec.

Experiência de trabalho:

  • Se a pessoa tiver um mestrado ou doutorado, não precisa de experiência alguma!
  • Se for o DESS (a “pós-graduação”): ter pelo menos 6 meses de trabalho, após o fim do curso, nos últimos 12 meses, em um emprego de nível 0, A ou B.

Informática (TI) e Efeitos Especiais

Existe uma lista específica de profissões. Vou listar e traduzir (o melhor que posso).

São 275 vagas ao todo por ano.

Elas são as seguintes:

0213 — Gerente de TI.
2133 — Engenheiro elétrico e eletrônico.
2171 — Analista ou Consultor em TI.
2173 — Engenheiro ou Designer de Software.
2174 — Programador.
2241 — Técnico e Tecnólogo em engenharia eletrônica e elétrica. 2281 — Administrador ou Técnico de Redes.
5131 — Produtor, realizador, coreógrafo e afins (desde que seja no setor de efeitos especiais/visuais).
5225 – Técnicos de Registro em Áudio e Vídeo (desde que seja no setor de efeitos especiais/visuais).
5241 — Designer Gráfico e Ilustrador (desde que seja no setor de efeitos especiais/visuais).

Os critérios gerais são:

  • Ter ou aceitar um emprego full-time no Québec em uma das profissões acima. *E o salário precisa ser acima da média salarial da profissão no Québec.
  • Se a pessoa fala francês, ela precisa de B2 (CLB 7) em Parler e Écouter (Falar e Entender). Não precisa fazer teste de redação, gramática ou leitura.
  • Se a pessoa não sabe francês, ainda pode imigrar, porém terá que se comprometer a fazer o curso de francês do Governo do Québec, chamado de francisation.

Sobre o salário você pode ver a média aqui nesse site do Governo do Québec: http://imt.emploiquebec.gouv.qc.ca/mtg/inter/noncache/contenu/asp/mtg122_statprof_01.asp?lang=ANGL&Porte=1&pro=1122&PT2=21&cregn=QC&PT1=0&PT3=10&PT4=53

Como ver a média salarial de uma determinada profissão no Québec

Igual AI, é possível tanto para quem já está aqui trabalhando ou para quem vir a receber uma job offer, mesmo que esteja no Brasil ou outro país.

É necessário ter um curso superior, equivalente pelo menos ao DEC no Québec, que no Brasil seria o Tecnólogo.

E é preciso ter pelo menos 24 meses de experiência full-time em uma das profissões listadas acima nos últimos 60 meses. Essa experiência pode ter sido adquirida em qualquer lugar do mundo.

Préposés Aux Bénéficiaires (Cuidador/Auxiliar em Enfermagem)

A profissão que eles chamam de Préposés Aux Bénéficiaires (PAB) tem o NOC 3413. Não é para confundir com o NOC 4412, que é o Cuidador(a) em domicílio, de idosos, incapazes e/ou doentes.

O PAB trabalha em hospitais, clínicas, casas de repouso, agências etc, enquanto o 4412 trabalha em casas de famílias.

Essa categoria entrará em vigor no dia 31 de março de 2021.

Serão 550 vagas por ano.

Os profissionais que o Ministério de Imigração do Québec (MIFI) vai considerar para aplicar pelo programa são:

  • 3011: Supervisores em Enfermagem.
  • 3012: Enfermeiros.
  • 3124: Enfermeiras “Autorizadas” (não temos algo assim no Brasil).
  • 3233: Técnico em Enfermagem.
  • 4412: Cuidador(a) Domiciliar (de idosos, incapazes ou pacientes).

A categoria tem duas sub-categorias.

Formado no Exterior

  • Ter um diploma estrangeiro em uma das profissões listadas acimas.
  • O diploma tem que ter pelo menos 1 ano de duração e corresponder pelo menos a um DEP (Técnico) no Québec.
  • Nos últimos 36 meses ter 24 meses de experiência ful-time em uma das profissões acima (ou equivalente em part-time). Desses 24 meses, 12 tem de ser no Québec como PAB.
  • Ou seja: soma-se 12 meses do Brasil (ou qualquer lugar do mundo) em uma das profissões acima + 12 de PAB no Québec, e aí pode aplicar para o CSQ.
  • É necessário estar empregado como PAB no momento da aplicação.
  • Ter B2 (CLB 7) em Parler e Écouter (Falar e Entender). Não precisa fazer teste de redação, gramática ou leitura.

Formados no Québec

  • Ter ou vir a obter um DEP no Québec de PAB. O diploma não pode ter sido obtido há mais de 24 meses antes da demanda.
  • Depois de concluir o curso, o candidato vai ter de juntar 12 meses de experiência de trabalho, full-time (ou equivalente em part-time), como PAB no Québec.
  • É necessário estar empregado como PAB no Québec quando fizer a aplicação.
  • B2/CLB 7 em Parler e Écouter (Falar e Entender). Não precisa fazer teste de redação, gramática ou leitura.

Apesar de precisar estar trabalhando no momento da aplicação, a pessoa conseguirá imigrar por tempo de serviço (12 meses exercendo a profissão no Québec). Não precisa da job-offer.

O que é interessante. Pois você não precisa da boa vontade do empregador em preencher o formulário específico da job offer para efeitos imigratórios.

Transformação/Processamento de Alimentos

Como o anterior, também tem lista de profissões. Mas as profissões tem de ser exercidas em um dos dois e setores: fabricação de alimentos ou bebidas.

Essa categoria entrará em vigor no dia 24 de março de 2021

Serão 550 vagas por ano.

A lista de profissões (traduções livres) são:

  • 6732 — Limpeza especializada
  • 8431 — Apanhadores de frango
    9461 — Operadores de máquinas e de processos industriais de alimento e bebidas.
  • 9462 – Açougueiro industrial.
  • 9463 — Trabalhadores em fábrica em processamento de frutos do mar e peixes.
  • 9617 — Trabalhadores em processamento de alimentos e bebidas
  • 9618 — Operadores de máquinas em processamento de frutos do mar e peixes.

Critérios:

  • Ter pelo menos ensino médio (pode ser brasileiro).
  • Nos últimos 36 meses antes da aplicação, ter 24 meses de experiência full-time, no Québec, em uma das profissões acima.
  • Estar empregado no Québec, em uma das profissões acima.
  • B2/CLB 7 em Parler e Écouter (Falar e Entender). Não precisa fazer teste de redação, gramática ou leitura.

Conclusão e Links

É interessante ver que o Ministério de Imigração do Québec, depois de algumas medidas “freando” ou tornando a imigração mais difícil, resolveu dessa vez dar um passo para facilitar (ou dificultar menos) a imigração para algumas profissões.

Como muitos já sabem, agora para imigrar pelo PEQ Trabalho, é necessário dois anos de experiência profissional no Québec em profissões de nível NOC 0, A ou B.

Acontece que Préposés Aux Bénéficiaires (PAB), por exemplo, é nível NOC C. O que fecharia o caminho para esses profissionais, tão importantes e em altíssima demanda na província (e não é por acaso que criaram o programa piloto para eles).

Algumas das profissões elegíveis ao da indústria alimentícia, são inclusive NOC D. Como o 6731 – Nettoyeurs spécialisés ou 9617 – Manoeuvres dans la transformation des aliments et des boissons, só para citar alguns exemplos.

Ou seja, para essas pessoas, o Québec ainda continua como uma opção viável de imigração, com a mesma duração do PEQ Trabalho (2 anos).

Outro detalhe curioso, foi a província abrir praticamente metade das vagas do setor de TI, Efeitos Especais e AI, para quem não sabe francês. Quem mora aqui, como é o meu caso, sabe que essas áreas são dominadas por anglófonos.

Inclusive tenho amigos e clientes brasileiros que estão aqui, nesses setores e não sabem nada de francês. Vindo do partido que está no poder, atualmente, fiquei bem surpreso por terem aberto essa exceção.

E para finalizar, quero lembrar que, diferente das outras províncias, uma vez “nomeado” pelo Québec (ou seja, ao receber um CSQ), o Governo Federal, não pode negar sua residência permanente.

Por mais absurda que seja a desconexão da sua formação acadêmica com experiência profissional. Não que isso aconteça com frequência nas outras províncias, mas o oficial do IRCC (Ministério de Imigração do Canadá) tem esse poder discricionário para negar, mesmo nomeados e escolhidos por uma província.

Já no caso do Québec, isso não é possível. E aí o IRCC vai se atentar apenas a dois detalhes: se a pessoa não tem passado criminoso e/ou uma doença contagiosa ou grave, que vá onerar o sistema de saúde.

Ou seja: o processo do Québec até pode ser demorado, mas é um dos mais seguros para o aplicante. De posse do CSQ, se a pessoa não tiver um passado de crimes ou uma doença grave/contagiosa, pode comemorar que o RP vai sair.

Quem estiver curioso para saber o motivo disso acontecer, expliquei aqui: Entenda o motivo do Quebec selecionar os seus próprios imigrantes

Links:

Site Oficial do MIFI (Ministério de Imigração do Québec)

Publicação do decreto sobre os programas em Inglês

Publicação do decreto sobre os programas em Francês

Deixe o seu comentário