Conheça o panorama recente da imigração no Canadá


Saiba dados, curiosidades, estatísticas e muito mais. Descubra quais as categorias mais populares usadas para se imigrar para o Canadá e se planeje! Você terá acesso a vários dados da imigração recente para o Canadá.

Annual Report 2018 - Imigração Canadá

No final do ano passado (2018) o Ministro de Imigração do Canada, Ahmed Hussen, revelou alguns dados interessantes sobre a situação da imigração no país em 2017.

Ao final de cada ano, eles detalham os números do ano anterior. E nessa semana foi publicado o documento oficial contendo todas essas informações.

Para os dados de 2018 precisaremos esperar o final de 2019. Ou seja, esses dados são os mais atuais disponíveis.

O documento é longo, detalhado e cheio de nuances e termos técnicos. Vou tentar ressaltar alguns detalhes que tenham ligação direta com imigração.

Assim quem tem planos de imigrar para o Canadá agora em 2019 ou mesmo em 2020 e 2021, vai saber qual o “direcionamento” que o governo canadense está tomando.

Logo após esse artigo irei publicar o futuro da imigração canadense (2019-2021), que também foi anunciado agora no final do ano.

Na medida do possível, irei tecer comentários direcionados a quem deseja imigrar, a cada dado do relatório que eu achar pertinente. Vamos lá!


Highlights da Imigração Canadense

Highlight da Imigração Canadense
Highlights da Imigração Canadense
  • 56% dos imigrantes admitidos em 2017 foram na categoria de “Trabalhadores Qualificados”. As categoria que fazem parte desses números são: Federal Skilled Worker Program, Federal Skilled Trades Program, Quebec Skilled Workers, Provincial Nominee Program e Canadian Experience Class;
  • Em 2017, os Trabalhadores Qualificados que vivem no Canadá há pelo menos 5 anos, ganharam salários que estão 6% acima da média dos canadenses (não imigrantes). A chance desse imigrante estar trabalhando é de 15 a 24% maior do que a de um canadense nato.
  • 39% dos Trabalhadores Qualificados escolheram cidades outras que Montreal, Toronto e Vancouver.
  • Em 2017, 65.417 novos residentes permanentes da categoria Trabalhadores Qualificados entraram usando o Express Entry (o sistema online do Governo Federal para seleção de imigrantes).
  • Entre 2016-2017, estudantes e turistas contribuíram com mais de 31 bilhões para a economia canadense!
  • Os imigrantes representaram 80% do aumento populacional que o Canadá teve entre 2016 e 2017.

Meus comentários: É interessante ver que mais da metade dos imigrantes vieram por um dos processos da categoria Skilled Workers. Esse número só não é  maior pois o Canadá recebeu muitos refugiados nesse mesmo período.  Principalmente vindos da Síria e dos Estados Unidos (imigrantes ilegais).

Outro dado importante para se levar em consideração: os imigrantes estão levando cerca de 5 anos para se equipararem aos canadenses em material salarial.

Isso condiz com minha experiência pessoal no mercado de trabalho canadense. Após um determinado tempo trabalhando aqui, você tem a famosa “experiência canadense” e as empresas se sentem muito mais seguras para te contratarem.

Sobre a chance de quem imigra estar empregado (15 a 24% maiores em relação a um canadense nato), creio que deve-se ao fato do imigrante não escolher tanto.

E o principal: o canadense nato desempregado tem o apoio da família, enquanto o imigrante as vezes está sozinho, no máximo com um cônjuge e por isso precisa trabalhar e não pode abrir mão do salário.

Apesar de ver que 39% dos imigrantes não escolheram Montreal, Toronto ou Vancouver, podemos fazer o inverso e notar que 61% da imigração foram para essas cidades!

É muita gente se concentrando nas principais metrópoles canadenses. Essa situação tem o seus prós e contras. Um exemplo simples: mais gente para preencher as vagas de trabalho abertas (bom para os empregadores) porém isso resulta em mais competição (ruim para quem está procurando um emprego).

Sabe por que a imigração é e continuará sendo importante para o Canada? Simplesmente 80% do aumento populacional canadense foi gerado pelos imigrantes que aqui chegaram!

Conforme a população vai envelhecendo, se aposentando e os casais tem cada vez menos filhos, é na imigração que o governo vê a solução.


Destino dos Imigrantes no Canada

Em 1997, 90% dos imigrantes estavam se direcionando para as províncias de Ontário, British Columbia ou Quebec. 20 anos depois, 34% dos imigrantes que chegam estão escolhendo outras províncias que estas.

Provavelmente essa mudança se dá impulsionada pelos PNPs (Imigração pelas Províncias), que são de certa formas mais acessíveis do que os outros programas.

Para onde os Imigrantes estão indo no Canada
Para onde os Imigrantes estão indo no Canada

No mapa acima, podemos ter uma boa ideia para onde os imigrantes estão indo. Claro que isso pode mudar de um ano para o outro. Não é surpresa que Ontário ficou em primeiro lugar (por contar com Toronto e Ottawa), e Quebec em segundo (destinos mais prováveis: Montreal e Quebec City).

Surpresa foi ver que Alberta ficou na frente de British Columbia! Por isso eu não esperava. Será que o elevado custo de vida de BC está espantando as pessoas?

Saskatchewan e Manitoba ficaram praticamente empatadas. No que isso impacta você que está planejando imigrar? Simples: se possível foque nas províncias que receberam poucos imigrantes.

Garanto que elas estão “desesperadas” para que pessoas as escolham. Tais como: Nova Scotia, New Brunswick, Terra Nova e Labrador, entre outras menos “famosas”.

Em imigração as vezes não seguir o fluxo é a melhor opção!

Curiosidade: 40 corajosos escolheram o território de Nunavut! Acredito  que foram morar na gloriosa cidade de Iqaluit, com seus 7.740 habitantes.

No verão, a temperatura máxima que esses bravos exploradores vão pegar é de 10 graus positivos. No inverno a temperatura fica entre -23 graus e -31!

Trabalhadores Qualificados – Skilled Workers

Não é surpresa que a maioria da imigração canadense passa por essa categoria (e suas sub-categorias). Quase 160.000 pessoas conseguiram imigrar como trabalhador qualificado. Se eles conseguiram, você também pode conseguir. É só se planejar!

Tabela detalhando o número de imigrantes de cada sub-categoria - Trabalhador Qualificado
Tabela detalhando o número de imigrantes de cada sub-categoria (Trabalhador Qualificado)

Na imagem acima podemos ver que o Processo Federal de Imigração foi o que mais aprovou imigrantes, seja no FSW, FST ou CEC (Não sabe o que essas siglas representam? O primeiro passo é acessar aqui: Tudo sobre o Express Entry Canadá

O programa de Caregivers (cuidadores de crianças, enfermos ou idosos) contribuiu com mais de 22.000 imigrantes!

Em 2017 quase 30.000 pessoas fizeram o mesmo que eu fiz em 2013, e vieram para o Canadá pelo Processo de Imigração do Quebec.

Acredito pelo que ando lendo e pesquisando que esse número tende a ser maior nos próximos anos. Aliás, o QSW (Quebec Skilled Worker) como sempre provando que continua firme e forte. Tem seus problemas, suas paradas, mudanças, mas “nunca” fecha as portas.

The Atlantic Immigration Pilot

O Programa de Imigração Piloto para o Atlântico começou a aceitar aplicações em março de 2017. De lá para cá mais de 2.000 pessoas conseguiram imigrar usando esse programa.

Vale ressaltar que pessoas que imigraram pelo PNP, mesmo que para uma das províncias do Atlântico não contam nesse número.

Mais de 1.000 empresas situadas nas províncias do Atlântico se inscreveram para contratar estrangeiros para trabalhar nos seus quadros. Desses mil empregadores cadastrados, 250 já receberam algum imigrante por essa categoria!


Programa de Imigração Provincial (PNP)

O PNP (Processo Provincial) aprovou apenas um pouco menos que o Processo Federal! Creio que será uma tendência daqui para frente. Detalhe que nesse número não conta a província do Quebec.

Tabela com o número de imigrantes pelo Processo Provincial de Imigração
Tabela com o número de imigrantes pelo Processo Provincial de Imigração

No longínquo 1996, quando o programa foi criado, 233 desbravadores imigraram por esse processo. 22 anos depois o número está quase na casa de 50.000 pessoas!

O PNP será uma das formas de imigração que irei abordar bastante aqui no Site Imigrar. Pois considero uma das melhores formas de se imigrar para o Canada hoje em dia.

Family Class – Sponsorship (Reunião Familiar)

Número de Imigrantes Aceito pelo Family Class
Número de Imigrantes Aceito pelo Family Class

Muitas pessoas quando chegam no Canada, acham o país tão maravilhoso que se pudessem trariam a família inteira para morar aqui. Totalmente compreensível. E esse que vos escreve adoraria fazer o mesmo.

E foi por esse motivo, reunificar a família, que 82.470 pessoas conseguiram imigrar para o Canadá. Tiveram a sorte e/ou privilégio de serem apadrinhadas/patrocinadas por alguém, seja um marido ou esposa, filhos, pais, etc.

Se (ou melhor: quando) você imigrar fique sabendo que existem sim maneiras de trazer sua família para cá. Não é fácil mas não é impossível.

No próximo período, o Ministério de Imigração do Canada já revelou que pretendo aumentar mais ainda essa cifra.


Top 10 países que enviaram imigrantes para o Canadá

Países que mais mandaram imigrantes em 2017 para o Canada
Países que mais mandaram imigrantes em 2017 para o Canada

Infelizmente o Brasil ainda não está no top 10. Vamos mudar isso?

Não tenho muito o que se comentar sobre. Os Sírios praticamente todos são refugiados. Os franceses provavelmente vieram morar aqui no Quebec.

Em relação aos Estados Unidos, não são americanos que estão se mudando para o Canadá (apesar de existirem alguns) e sim imigrantes ilegais que moram lá e cruzam a fronteira para tentar se tornar residentes permanentes.


De Estudante Internacional no Canadá para Imigrante

Muitas pessoas vem estudar no Canada já com a intenção ao final de imigrar. Outras vem estudar e acabam gostando tanto do país que optam pela imigração. Ou até acabam encontrando um amor que o fazem ficar.

Estude no Canadá e depois imigre
Estudaram no Canadá e depois imigraram

Podemos ver na imagem que desde 2015, mais de 26.000 pessoas fizeram a transição de estudante para imigrante. Aliás, como digo desde 2013, esta é uma das formas mais “certas” e garantidas de imigrar. Seja pelo Federal, Quebec ou Provincial.

Infelizmente é uma das opções mais caras. Já que inclui você ter de pagar por um College ou Universidade canadense.

O que atenua essa situação é que o conjugue do estudante pode ganhar um open permit de trabalho (trabalhar full-time e em qualquer emprego) e o próprio estudante pode chegar a trabalhar part-time.

Essa forma de imigração também vai contar com vários artigos atualizados do Site Imigrar. Fiquem ligados!


Conclusão

Mais do que curiosidade e dados, use esse post para ver como foi o panorama da imigração no período anterior e assim saber qual caminho seguir daqui para frente.

Deu para perceber algumas tendências, e também notar que algumas formas de imigração estão mais populares do que outras. Cabe a você escolher uma (ou mais), se organizar e colocar o Plano Canadá para frente!

Fonte: Ministério de Imigração do Canadá

Para acessar a versão em pdf do relatório: Clique Aqui

Não perca!

Se você quiser contar com meus serviços de consultor, é só mandar um e-mail para [email protected]Sou credenciado ao órgão regulamentador aqui no Canadá (ICCRC). Meu número de licença é: R705937

Inscreva-se no Site Imigrar Canadá e Quebec e seja notificado por e-mail sempre que um novo artigo ou post for publicado. É só colocar o endereço do seu e-mail abaixo:

Siga nosso Facebook e Instagram para ficar ligado em notícias como essas e muito mais. No Face e Insta tem conteúdo extra que não é publicado aqui.

Imigração Canadá? É aqui! Desde 2012 ajudando você a vir morar no Canadá. Sua fonte número 1 de informação sobre imigração para o Canadá!

Agora que você terminou de ler esse artigo, veja outros artigos: Clique Aqui!

Não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais usando os ícones abaixo!

Deixe o seu comentário

Posts Recentes

Site Imigrar (Esta janela vai fechar em 10 segundos)

Inscreva-se no Site Imigrar para receber as últimas atualizações por e-mail.