Categorias
Imigração Quebec Notícias

Dança das cadeiras no Quebec: o Ministro da Imigração “caiu”

Hoje mais cedo (dia 22 de Junho de 2020), ó primeiro ministro François Legault mudou o comando de alguns dos seus ministérios. Inclusive do Ministério de Imigração Quebequense (MIFI).

Desde 2018, Simon Jolin-Barrette (foto) estava à frente do MIFI. E acumulou muitas polêmicas e desastres ao longo do caminho.

O agora ex-Ministro da Imigração Simon Jolin-Barrette

Apesar disso, por ser um dos líderes do partido, ele não sairá de mãos abanando, muito pelo contrário, irá assumir o Ministério de Justiça Quebequense e continuar responsável pelo desenvolvimento e manutenção da língua francesa na Belle Province.

Mas é certo de que ele andava muito queimado como Ministro da Imigração. Para quem não sabe (ou esqueceu, apesar de ser difícil) no outono passado (outubro e novembro de 2019).

Entre algumas das medidas adotadas por Simon, duas foram bem controversas. A primeira foi ter cancelado nada menos do que 18 mil processos. Destruindo os sonhos de várias famílias, que as vezes já estavam esperando por anos.

A outra foi quando tentou (sem sucesso) emplacar reformas no programa de imigração do Quebec, mais notadamente no PEQ Estudo e PEQ Trabalho.

Uma cobertura completa do caso foi feita aqui no Site Imigrar. Mas, ele não desistiu e agora em maio de 2020, anunciou que a reforma iria sim acontecer. Porém dessa vez tinham ouvido as partes interessadas.

De forma resumida, essas mudanças no PEQ não foram para frente por conta de muitos protestos de estudantes, professores, CEGEPs/Colleges, Universidades, empresas e Consultores e Advogados em Imigração.

O próprio Primeiro Ministro Legault teve de cancelar as mudanças anunciadas. Deixando Jolin-Barrette em uma saia justa. Que chegou a se desculpar e assumir a culpa.

Na época muitos deputados e líderes de outros partidos pediram a cabeça do protégé de François, mas ele conseguiu se segurar no cargo.

Outro cargo que foi trocado, foi o do Ministro da Saúde: McCann. Mesmo em meio a pandemia, Legault foi em frente e mudou o líder do ministério. Ele agradeceu seu colega, e disse que no combate ao covid19 o Québec tinha tido pontos bons e ruins.

Como negativo, ele citou o despreparo das casas de repouso de idosos. Para quem não sabe, 64% das mortes por conta da doença, aconteceram nesse tipo de estabelecimento.

O novo Ministro da Saúde é agora Christian Dube, que esteva supervisionando o Tesouro.

Nova Ministra de Imigração do Quebec

Nadine Girault discursando ao lado de François Legault

A nova Ministra anunciada hoje se chama Nadine Girault. Ela foi eleita pelo distrito eleitoral de Bertrand que abrange as regiões de Lanaudière e Laurentides

Madame Girault é bacharel e mestre em administração de empresas. Ela já foi inclusive vice-presidente de dois grandes bancos aqui no Canadá.

A nova ministra é uma imigrante, de origem haitiana, que entrou no Canadá vindo dos Estados Unidos. Ela nasceu em st. Louis no estado do Missouri. Foi anunciado recentemente ela venceu uma batalha contra o câncer.

Ela vai acumular concomitantemente a função de Ministra da Imigração com a de Ministra de Relações Internacionais.

Será que por conta do seu background, ela será mais simpática aos imigrantes? Esperamos que sim. Pois tato foi algo que definitivamente faltou ao agora ex-Ministro da Imigração Simon.

O Primeiro Ministro, Legault, por sua vez deixou claro que a imigração é também uma ferramenta econômica, e que é responsabilidade e direito do governo recrutar pessoas que tenham um perfil que combine com as necessidades do mercado de trabalho provincial.

Ele adicionou que os planos de reformar a imigração (e inclusive as reformas anunciadas em maio) vão continuar. Mas que tem certeza de que Nadine irá dar uma cara diferente ao Ministério, pelo menos bem diferente da que Simon dava.

Conclusão – Votos

A Nova Ministra da Imigração Nadine Girault discursando

O Site Imigrar deseja um ótimo trabalho à Ministra Nadine, e que ela seja mais humana e atenta principalmente com as pessoas que querem imigrar para o Quebec.

O Ministério de Imigração é muito importante, pois você pode mudar a composição da população através dele. Sem tirar, que é possível melhorar a economia e mesmo o problema demográfico.

Não só isso, é um órgão que mexe com vários setores importantes, como por exemplo o da educação. Milhares de empregos e instituições de ensino dependem (financeiramente) das decisões que são tomadas em matéria de imigração.

Por isso, fica o voto de que a ministra olhe pelas pessoas que já se encontram aqui, tentando honestamente se enquadrar nos programas e nas regras atuais. Estas pessoas só querem ter a certeza de que poderão aplicar pelas regras atuais, independente se vier uma mudança ou não.

Ninguém merece viver com medo e a incerteza. E por conta da própria Nadine ser uma imigrante, espero que ela tenha essa sensibilidade.

Infelizmente, ela ainda terá que seguir (e obedecer) o Primeiro Ministro Legault. E ela irá tocar as mudanças no PEQ e também a criação dos novos programas pilotos. (Eu escrevi sobre o assunto aqui: https://imigrar.com.br/peq-anuncio/ )

François tem tem o poder de destituí-la do cargo. E por isso, ela terá que seguir a cartilha do líder provincial. Mas se ele lhe deu o cargo, é por causa que ela tem a sua confiança.

E espero que ela saiba o aconselhar e mostrar que fechando ou mudando radicalmente os processos de imigração não é uma boa ideia, muito pelo contrário.

Bonne Chance, Madame Girault!

Uma das fontes: https://montreal.ctvnews.ca/mccann-out-as-health-minister-jolin-barrette-takes-over-justice-in-major-legault-cabinet-shuffle-1.4994418

Deixe o seu comentário