Saiba como Imigrar para o Canadá


Nesse guia vamos apresentar todas as formas possíveis e legais de se imigrar para o Canadá. Processo Federal, imigração pelo Quebec, imigração provincial (Manitoba, Nova Scotia, BC, Ontario, etc), Programa de Imigração das Províncias do Atlântico, dentre outros. Confira!

Conjunto de malas com o emblema do Canadá
Pronto para partir para o Canadá?

Você começou o ano de 2019 pensando em imigrar? Ou já estava com esse desejo mas não sabia por onde começar seu plano de imigração? Esse guia é com certeza o seu primeiro passo. Após a leitura dele você conhecerá todas as opções de imigração disponíveis pelo governo do Canadá e o mais importante: informações atualizadas já para 2019 e tudo tirado diretamente do site oficial de Imigração do Governo do Canada e do governo do Quebec.

Imigração é algo que muda constantemente, e a canadense especialmente, é alterada com frequência. Pelo menos eles estão sempre tentando melhorar. Posso afirmar sem medo: se você está pensando em imigrar, o Canadá é um dos países de “primeiro mundo” com mais opções e um dos mais acessíveis. Eu sou prova disso, e vários leitores do Site Imigrar que conseguiram a imigração e hoje moram aqui, também!

Nesse post vou apresentar de maneira geral as principais maneiras para se imigrar. Vou pontuar os principais pontos de cada uma. Em breve lançarei o famoso Guia Definitivo de Imigração para o Canadá. Este é um guia com o passo a passo de todas as opções de imigração. E foi um dos artigos com mais acessos no site. Por volta de 300.000 (trezentas mil) pessoas chegaram a acessá-lo!

Todos que desejam imigrar começam com pesquisas. Só que é muito fácil se perder diante de tanta informação, termos complicados e burocracia. Sem tirar que grande parte da informação oficial está em inglês. Mas é para isso que o Site Imigrar existe! Para tornar toda essa informação fácil e simples. Vamos lá!


Imigração para o Canada, opções:

Processo Federal

Tempo aproximado para conseguir imigração: Depende do candidato.

O processo federal de imigração é um dos mais antigos. O nome atual é Express Entry. Ele se subdivide em 3 categorias:

  • Federal Skilled Worker Program – o mais famoso dentre as opções de imigração federal.
  • Federal Skilled Trades Program 
  • Canadian Experience Class 
Imagem que mostra o funcionamento do Express Entry

O Federal Skilled Worker Program (FSW), conforme dito acima, é historicamente o mais utilizado dentre as opções federais de imigração. Nele você precisa ter:

  • Idioma: Um bom domínio de uma das línguas oficias do Canada, inglês ou francês que deverá ser atestado por um teste.
  • Experiência Profissional: Tem de ter experiência profissional em um dos NOCs categorias 0 (zero), A ou B (calma que vou já explicar) e pelo menos 1 ano de experiência ininterrupta na sua profissão (mesmo que seja diferente da sua formação universitária ou técnica).
  • Oferta de Emprego: Você não precisa de uma oferta de emprego canadense (Job Offer), mas se tiver ganha valiosos pontos.
  • Educação: É obrigatório ter um diploma técnico, tecnólogo ou universitário. Se você tiver pós, mestrado, doutorado, ganhará valiosos pontos.

Você precisa somar 67 pontos de 100 possíveis. Existe uma tabela que detalha todos os pontos que você pode obter. Irei fazer um post detalhado sobre o FSW, explicando todos os detalhes.

O Federal Skilled Trades Program (FST), esse processo de imigração foca mais em profissões específicas como trabalhadores de indústrias, eletricistas, porém cozinheiros (chefs), padeiros e açougueiros também entram, entre outras. Nele você vai precisar ter:

  • Idioma: Você precisa falar uma das línguas oficias do Canada, inglês ou francês, porém a exigência das notas para essa categoria, são significantemente mais baixas do que para as outras duas aqui listadas.
  • Experiência Profissional: Tem de ter experiência profissional (não precisa ser no Canada) em uma das profissões listadas no NOC categoria B e pelo menos um total de 2 ano de experiência nos últimos 5 anos.
  • Oferta de Emprego: Você precisa de uma oferta de emprego canadense full-time (Job Offer) de pelo menos 1 ano.
  • Educação: não precisa, ou seja: não vão exigir ver nenhum diploma se você for imigrar nessa categoria. Porém você irá precisar de um certificado de qualificação emitido pela província em que você irá trabalhar. Esse certificado, em palavras simples, é uma atestação de que você é capaz e qualificado para a vaga que está aplicando.

O Canadian Experience Class (CEC) é um dos programas que eu, pessoalmente, mais recomendaria para alguém imigrar. Porém ele pode ter um custo financeiro alto. E hoje em dia alguns processos provinciais (falaremos deles adiante) estão mais acessíveis tanto nos critérios como no lado financeiro. No CEC você precisa ter:

  • Idioma: Você precisa falar uma das línguas oficias do Canada, inglês ou francês, atestando com um teste oficial. Porém se sua profissão for de NOC B as notas podem ser mais baixas. Se for NOC 0 ou A elas tem de ser mais altas.
  • Experiência Profissional: Tem de ter experiência profissional em um dos NOCs categorias 0 (zero), A ou B e pelo menos o total de 1 ano de experiência nos últimos 3 anos. Experiência essa canadense.
  • Oferta de Emprego: Você não precisa de uma oferta de emprego canadense (Job Offer).
  • Educação: não precisa, ou seja: não vão exigir ver nenhum diploma se você for imigrar nessa categoria. Se você obter um diploma canadense vai ganhar valiosíssimos pontos.

Então o que é esse tal de NOC? NOC significa: National Occupational Classification. Em uma tradução livre: Classificação Nacional de Ocupação. E explicando: é um índice de todas as profissões conhecidas e exercidas no Canada. Cada profissão tem um código (classificação) e esse código serve para que rapidamente uma pessoa descubra qual é a sua profissão correspondente no Canadá.

Eu fiz um vídeo-tutorial 5 anos atrás e por incrível que pareça o vídeo ainda funciona para descobrir seu NOC. Apenas é preciso usar a Tabela de 2016 e não a de 2011. Acesse aqui: https://imigrar.com.br/video-tutorial-aprenda-o-que-e-noc-para-que-serve-e-descubra-sobre-sua-area-profissional-no-canada-e-quebec/ Detalhe: os links no final do artigo foram atualizado (Janeiro de 2019).


Link oficial do Federal Skilled Worker: FSW

Link oficial do Federal Skilled Trades: FST

Link oficial do Canadian Experience Class: CEC


Processo de Imigração do Quebec

Tempo aproximado para conseguir imigração: de 15 a 17 meses.

Bandeira do Quebec no Canada
Bandeira do Quebec

Algumas pessoas vão se perguntando por qual motivo o Quebec não está dentro da categoria de processo provincial… De uma forma bem resumida: o Quebec tem seus próprios critérios na escolha dos imigrantes que vão se estabelecer em seu território. Você pode entender mais nesse artigo que acabei de atualizar: https://imigrar.com.br/entenda-por-que-o-quebec-seleciona-os-seus-proprios-imigrantes/

Agora vamos entender de uma maneira geral o processo de imigração do Quebec:

O processo é composto de duas partes:

  1. Você pleiteia junto ao governo do Quebec, sua imigração. Se aprovado o Quebec vai emitir um CSQ (Certificat de sélection du Québec). Basicamente é um documento dizendo que você conseguiu satisfazer os critérios adotados pela província e foi enfim aprovado. De posse do CSQ começa a segunda etapa:
  2. Residência Permanente: usando seu CSQ você aplica junto ao governo do Canadá pelo direito de imigrar. O Governo do Canadá não vai analisar você novamente, você já foi aprovado, o que o “Ministério de Imigração” vai fazer é uma pesquisa criminal do seu passado e pedir exames de saúde para saber se você não tem uma doença grave ou contagiosa. Se você nunca tiver cometido um crime e/ou ter uma doença grave, você não será reprovado nessa fase.

Um dos lados negativos desse processo é que você vai ter de pagar taxas (salgadas) tanto para o Quebec quanto para o Canadá. Um dos lados positivos é que a quantia em dinheiro que você precisa ter guardada para imigrar por essa categoria, é geralmente menor do que outras formas de imigração.

O Processo do Quebec teve mudanças

O Processo de Imigração do Quebec mudou. Agora está em um sistema chamado Arrima. É muito parecido com o Express Entry do Governo Federal do Canada. Inclusive o sistema já está aceitando novas aplicações apesar de que o Processo em si ainda não começou a convocar pessoas. Mas você pode aplicar desde agora.

Irei publicar um artigo explicando tudo o que se precisa saber sobre o Arrima. Fiquem no aguardo.

Iremos, também, em breve fazer um artigo especificamente sobre o processo de imigração do Quebec. Com o passo a passo, links e muitas informações atualizadas, cobrindo tanto a parte provincial quanto a parte federal!

Por enquanto você pode conferir as profissões que possibilitam se imigrar para o Quebec em 2019 em diante aqui: https://imigrar.com.br/lista-oficial-das-formacoes-para-imigrar-quebec/

Link Oficial: Ministério de Imigração do Quebec


Start-up Visa

Tempo aproximado para conseguir imigração: de 12 a 16 meses.

Start-up Visa Progam. Como imigrar para o Canada com esse programa.

Não vou me demorar muito neste tipo de processo pois é para um nicho pequeno e bem específico. Resumidamente: se você é um empreendedor e tem o potencial de construir/abrir uma empresa no Canadá que seja: inovadora, crie empregos para canadenses e possa competir em uma escala global, pode ser que você se qualifique. Foco no“escala global”, ou seja, se você achava que poderia usar esse processo de imigração para abrir uma empresa que vá prestar serviço apenas aqui no Canada, esqueça.

Ao mesmo tempo você também tem que conseguir suporte de uma instituição canadense que concorde em lhe dar uma carta de suporte (e dinheiro para financiar a empresa/ideia).

Link oficial do Start-up Visa: Clique Aqui.


Self-employed person

Tempo aproximado para conseguir imigração: de 25 meses.

Artista. Imigrando pelo Self-Employed programa.

Não vou me alongar muito nessa categoria de imigração pois é outra de nicho bem específico. Mas prometo fazer uma artigo só sobre ela, pois acho que muitas pessoas no Brasil poderiam imigrar por essa categoria. E vamos ser sinceros, qual site, além do Site Imigrar, garimpa e explica nos mínimos detalhes essas categorias menos famosas? Desconheço.

Para imigrar nesse programa você tem que ser ou um atleta ou um artista. Não só isso mas você tem de somar pontos em alguns quesitos (conhecimento da língua, experiência profissional, educação dentre outras). Também tem de conseguir uma pontuação mínima para ser aprovado. Some-se a isso o fato de que você tem que provar para o governo canadense que você é “bom naquilo que faz”. E que vai contribuir para o país. Seja nas artes, seja nos esportes.

Um ponto positivo: você precisa de um máximo de 35 pontos de 100 possíveis. Uma pontuação não muito difícil de se conseguir. Um ponto negativo? A subjetividade do quão bom atleta ou artista você é.

Link oficial do Self-employed: Clique Aqui.


Family sponsorship

Tempo aproximado para conseguir imigração: depende de quem vai ser patrocinado e de quem vai patrocinar.

Família que imigrou para o Canadá através do sponsorship.

Nessa forma de imigração você irá apadrinhar (patrocinar) alguém da sua família. É uma forma bem burocrática de imigração. Pois cada membro que você pode apadrinhar tem diferentes regras.

Vou fazer um post só para essa categoria já que, como dito acima, envolve regras específicas. Pode não ser do seu interesse agora, mas aposto que quem imigra sozinho (como foi meu caso) vai no futuro querer trazer alguém se possível para esse país maravilhoso. O que posso adiantar são as pessoas que você pode apadrinhar por esse processo de imigração.

  • Categoria 1: As pessoas mais fáceis de se patrocinar são as que são órfãos de pai e mãe, solteiras e ligadas a você, seja por sangue ou adoção. As pessoas que se qualificam são: irmãos, sobrinhos e/ou netos. Resumindo: se (infelizmente) um parente seu dos citados acima, for menor de 18 anos e por uma fatalidade perder ambos os pais, você consegue trazer ele para morar com você sem muitas dificuldades.
  • Categoria 2: você pode apadrinhar um parente de qualquer idade tais como pais, marido ou esposa, tios, avós, primos, sobrinhos, etc. Porém para isso você praticamente tem de ser “sozinho” no Canadá. Como assim? Um exemplo simples: digamos que você more no Canadá com uma esposa. E ela é ou canadense ou uma brasileira com residência permanente. Nesse caso você não pode apadrinhar ninguém (você ainda pode tentar trazer seus pais, mas por outro processo).

Você deverá ser responsável (inclusive financeiramente) pela pessoa que você apadrinhar por até 10 anos. Detalhe: a província do Quebec tem suas próprias regras de apadrinhamento.

Uma experiência pessoal: posso dizer com conhecimento de causa que esse processo funciona. Eu mesmo, Rafael, apadrinhei minha esposa Andréia. E hoje ela é uma residente permanente.

Link oficial do Family Sponsorship: Clique Aqui.


Provincial Nominee Program (PNP)

Para conseguir imigrar pelo PNP você tem de ser “nomeado” por uma das províncias. Ser nomeado nada mais é do que ser selecionado e aprovado por uma das províncias segundo os seus critérios.

Bandeiras das províncias do Canadá.

Cada província do Canadá, exceto Quebec que tem seu próprio programa de imigração seguindo suas próprias regras, tem suas próprias sub-categorias. Vale notar que os PNPs são bem parecidos com o Federal Skilled Worker Program em relação aos critérios ou tem sua própria versão do Canadian Experience Program.

Porém algumas províncias são mais flexíveis. Manitoba, por exemplo, que era desconhecida da grande maioria, virou uma sensação há 5 anos atrás quando lançou um programa chamado Visitas Exploratórias. Claro que o Site Imigrar foi o primeiro a divulgar e explicar esse processo. Depois todos os outros sites brasileiros que abordam a imigração canadense “surfaram na onda” criada pelo Imigrar.

Inclusive conheci pessoalmente brasileiros que imigraram para o Canadá pelo processo de Manitoba. E graças ao Site Imigrar. Incrível!

Independente da província geralmente elas abordam essas mesmas categorias:

  • Estudantes (se você completou estudos na província)
  • Empreendedores (se você pretende abrir uma empresa/negócio lá)
  • Trabalhadores Qualificados (funciona nos mesmos moldes do Federal Skilled Workers)
  • Trabalhadores Semi-Qualificados (para profissões mais “manuais”).

Atualmente essas são as províncias que tem processos de imigração provinciais com os respectivos links oficiais:

Irei fazer um artigo para cada uma das províncias. Explicando de forma clara e concisa todas as formas de se imigrar de cada uma.  Duvida? Aguarde e verá! Quem conheceu o Site Imigrar antes da minha parada sabática sabe o que está por vir. E é nos PNPs que as vezes conseguimos garimpar uma forma de se imigrar bem menos difícil do que as categorias mais famosas. Tem província com programa de imigração até para vendedores de lojas, caixas, etc!

Link oficial “geral” do programa: PNP


Atlantic Immigration Pilot Program

Programa de Imigração das Províncias Atlânticas

Uma tradução livre do título dessa categoria de imigração seria: Programa Piloto de Imigração para o Atlântico. As províncias atlânticas, como eles chamam aqui no Canada, são:

  • New Brunswick
  • Newfoundland and Labrador
  • Nova Scotia
  • Prince Edward Island

A palavra “piloto” no título, significa que se trata de um programa de imigração que está em “teste”. Eles (o Governo do Canadá e as províncias envolvidas) criaram o plano e estão analisando os resultados. Ela pode ser prorrogada ou não.

Essa categoria de imigração também vai ganhar um, ou mais, artigos específicos aqui no Site Imigrar. O ponto negativo dessa categoria é que você necessariamente precisa de uma oferta de emprego de uma empresa situada em uma das 4 províncias citadas acima. O ponto positivo é que essas províncias não atraem tantos imigrantes (brasileiros ou de outras partes do mundo) como as mais “famosas” (British Columbia, Ontario e Quebec).

Dessa forma essas províncias estão bem desesperadas por pessoas de algumas determinadas profissões, pois normalmente elas não conseguem atrair imigrantes e não encontram esses profissionais na sua própria população.

Você pode conferir uma entrevista dada ao Site Imigrar com o Eri que vive em Halifax, Nova Scotia. Até hoje ele ainda vive por lá. Pra conferir clique aqui.

Link oficial do Atlantic Immigration Pilot: AIP


Caregivers

Tempo aproximado para conseguir imigração: 6 meses.

Caregiver imigração Canadá.

Nessa categoria não tão explorada pelos sites de imigração brasileiros, a pessoa pode ganhar a residência permanente após trabalhar por um determinado tempo como caregiver. Uma tradução livre da palavra caregiver seria “cuidadora”.

Pode ser uma cuidadora de idosos, pessoas enfermas ou uma cuidadora de crianças (babysitter, ou no bom português: babás). Isso mesmo que você leu, você poderia conseguir a tão almejada imigração para o Canadá sendo uma babá full-time aqui, por exemplo.

Como cada uma das formas citadas acima (idosos, enfermos e crianças) tem os seus próprios critérios, irei fazer um artigo bem detalhado explicando cada uma. Até o momento desse artigo a categoria de cuidadora de idosos está por enquanto, fechada. As outras duas estão abertas porém elas expiram no dia 29 de novembro de 2019 (este ano). Podem (ou não) serem prorrogadas ou os critérios mudarem. Vamos ficar atentos e tudo será noticiado aqui.

Um critério idêntico a todas as 3 categorias é que a pessoa precisa ter 24 meses (dois anos) trabalhando como caregiver aqui no Canada.

Link oficial do Caregivers: Clique Aqui.


Categorias não citadas

Algumas categorias não foram citadas pois ou estão fechadas, ou brasileiros não se qualificam. Como a de Refugiados (brasileiro não se qualifica) e a Imigração Federal de Investidores (essa foi fechada).


Conclusão

Nesse artigo você ficou conhecendo todas as maneiras de se imigrar para o Canadá de forma legal. O melhor de tudo: informação atualizada e oficial (tirada diretamente do site do Ministério de Imigração Canadense). Todos os processos abordados, salvo ressaltado em contrário, estão abertos e podem ser utilizados por você.

Claro que existem formas de se imigrar que vão se encaixar melhor para uma determinada pessoa. Há também aquelas pessoas que ainda estão começando a pesquisar sobre o assunto e este artigo vai ajudá-las bastante, pois apresenta praticamente todas as opções.

Conforme dito anteriormente, irei fazer artigos dedicados exclusivamente para cada uma das principais formas de imigração para o Canadá. Assim você não irá perder nenhum detalhe e vai entender perfeitamente os critérios e vai ter um passo a passo de como imigrar.

Espero que tenham gostado. Qualquer dúvida pode deixar um comentário abaixo. Não esqueçam de compartilhar o post nas redes sociais para que mais pessoas possam ser ajudadas!

Fontes Oficiais:


Não perca!

Se você quiser contar com meus serviços de consultor, é só mandar um e-mail para [email protected]Sou credenciado ao órgão regulamentador aqui no Canadá (ICCRC). Meu número de licença é: R705937

Inscreva-se no Site Imigrar Canadá e Quebec e seja notificado por e-mail sempre que um novo artigo ou post for publicado. É só colocar o endereço do seu e-mail abaixo:

Siga nosso Facebook e Instagram para ficar ligado em notícias como essas e muito mais. No Face e Insta tem conteúdo extra que não é publicado aqui.

Imigração Canadá? É aqui! Desde 2012 ajudando você a vir morar no Canadá. Sua fonte número 1 de informação sobre imigração para o Canadá!

Agora que você terminou de ler esse artigo, veja outros artigos: Clique Aqui!

Não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais usando os ícones abaixo!

9 thoughts on “Saiba como Imigrar para o Canadá

  1. Oi Michely,
    Obrigado pelos elogios. Vou dar uma olhada e revisada no post. Tenho planos de fazer artigos dedicados ao PEQ, com certeza.
    Infelizmente por conta de problemas no trabalho tive que diminuir a frequência de postagens, mas em breve vou conseguir postar mais do que 1 ou 2 vezes por semana!

    Atenciosamente,
    Rafael

  2. Boa noite, posso estar enganada, nas faltou você comentar sobre o PEQ de estudos e de trabalho, ou eles não são considerados como programas que ajudam a imigrar? Adoro seu site, me ajuda muito. Que bom que voltou com tudo nas atualizações do site, precisamos de pessoas sérias e comprometidas com algo tão importante. Meu marido e eu queremos ir pelo PEQ, já que o arruma está parado e não temos nenhuma vaga de emprego. Meu marido é formado em Publicidade com pos em Marketing. Ele está pensando em fazer mestrado na UdeM ou na UQAM, mas teremos que ter bolsa, não temos como pagar um mestrado e o college na área de TI é bem caro, não sei se daríamos conta de pagar e comprovar o dinheiro necessário que o Quebec pede. Meu marido fala francês fluente, por isso queremos ir para Quebec, é a nossa província inicial, como plano B, Ontário, e C outras províncias, até mesmo Nova Scotia temos cogitado. Obrigada pelas informações e continuarei acompanhando o site.

  3. Ana Luiza,
    Infelizmente não é possível. Uma das condições é que o apadrinhador não tenha mais nenhum parente morando no Canadá. Nem marido, pais, irmãos, etc. Ou seja, se fosse uma pessoa totalmente solitária. Dentre outros critérios.

    Atenciosamente,
    Rafael

  4. Oi, Gabriela.
    Tudo bom? Não conheço muito bem essa área, mas não seria esse? 2144 Geological Engineers? Você tem que ler a descrição para ver se bate com o que você faz.
    O melhor curso, tendo em vista o Canadá, com certeza é o IELTS.

  5. Olá, tenho dois irmãos que moram em quebec. Uma é residente permanente, casada e com filhos. Eu tenho 33 anos e duas filhas. Minha irmã poderia me apadrinhar? O fato de já ter outro irmão que tbm está em Quebec impede isso? Mesmo que ele não esteja como residente permanente?
    Obrigada.

  6. Rafael não consegui achar a minha profissão que é engenheira ambiental / segurança do trabalho . No noc? E qual melhor curso e fazer ielts ou toefl?

  7. Oi, Rodrigo.
    Obrigado pelos elogios. Voltamos e agora para ficar! Não se preocupe!
    Sua pergunta: Não, você não pode aplicar para ambos apesar de que você pode ser qualificado para os dois programas! Complicou? Vamos lá: quando você entra seu pedido de imigração no Express Entry (que gerencia o FSW e CEC), o sistema vê automaticamente para qual programa você se qualifica. Pode sim acontecer de você ser elegível para os dois, mas nesse caso o sistema vai convidar você para aplicar apenas para um. E o CEC tem procedência sobre o FSW e este sobre o FST.
    Você pode ver a informação oficial aqui: http://www.cic.gc.ca/english/helpcentre/answer.asp?qnum=1294&top=29

  8. Como é bom ver vocês de volta!
    Como sempre, post excelente e muito completo, parabéns. Fico no aguardo das próximas postagens, principalmente as relacionadas a PNP.
    Apenas uma dúvida, já me falaram que é possível aplicar ao mesmo tempo para o FSW e CEC, caso a pessoa se qualifique para ambos, que isso é permitido pelo governo e não gera nenhum tipo de conflito. É isso mesmo?
    Mais uma vez muito obrigado e sejam bem vindos de volta!

Deixe o seu comentário

Posts Recentes

Site Imigrar (Esta janela vai fechar em 10 segundos)

Inscreva-se no Site Imigrar para receber as últimas atualizações por e-mail.