Será que vale a pena imigrar para o Canadá através de Ontário?


Muitas pessoas têm como primeira opção Ontário. E nessa província, o primeiro alvo com certeza é Toronto, a mair cidade do Canadá e uma das maiores da América do Norte. Competindo com muitas cidades dos Estados Unidos.

E isso é compreensível! Com um mercado forte e aquecido, existem vários empregos e essa é uma das razões pelas quais as pessoas escolhem Ontário e mais especificamente Toronto. Sem tirar que é uma cidade linda e cheia de opções.

Porém, as pessoas leigas em imigração canadense não sabem de um detalhe importante: Ontário tem um dos piores processos provinciais do Canadá inteiro.

E não falo do formato e/ou critérios dos programas em si, e sim do fato dos programas mais “populares” estarem o tempo todo fechados, e quando abrem eles fecham no mesmo dia.

E nesse artigo irei explicar melhor, e ainda terá um vídeo no final para quem preferir audiovisual.

Vamos lá?

Vale a pena imigrar para Ontário no Canadá?
Vale a pena tentar imigração através de Ontário no Canadá?

Ontário: será que é um bom destino para qualquer pessoa tentar a imigração?

Antes de começar, vamos ver como está o cenário atual da imigração provincial de Ontário.

Enquanto eu escrevo esse artigo esse é o cenário atual:

  • Você se formou em uma instituição canadense ou localizada em Ontário? Processo fechado!
  • Você tem uma oferta legítima de um empregador em Ontário? Processo fechado!
  • Você fez um mestrado em Ontário? Processo fechado!

Uma job offer é algo difícil de se conseguir, e mesmo que você consiga uma em Ontário, talvez não te ajude em nada…

Lembrando que isso depende E MUITO do seu perfil. Se você sabe que irá conseguir imigrar pelo Express Entry, se tem essa certeza absoluta, então muito provavelmente não precisa se preocupar com o que estou falando.

Eu publiquei um vídeo no youtube sobre o assunto, e isso me motivou a escrever esse artigo, já que nem todo mundo me segue no Instagram e/ou no meu canal do Youtube (mas deveriam!).

O fato é que se você já não é tão jovem e/ou não tem um conhecimento avançado de inglês será que seria prudente fazer college ou universidade na província de Ontário?

Os principais programas de imigração de Ontário (pelo menos em termos de não exigir profissões específicas) para estudantes e trabalhadores estrangeiros abrem e fecham rapidamente. E isso é um padrão.

Ou seja: no mesmo dia em que abrem, eles fecham! E muitas pessoas não chegam nem a ter uma chance de enviar suas demandas! É uma verdadeira corrida contra o relógio e ainda tem que se contar com a sorte!

Acontece que nem todo mundo se qualifica para imigrar pelo Express Entry (sistema federal de imigração). Tanto faz se pelo Federal Skilled Worker, Canadian Experience Class ou Federal Skilled Trades.

E alguma dessas pessoas, que estão em Ontário, acabam ficando com poucas ou nenhuma opção.

Eu recebo várias mensagens e pedidos de consultoria para esse público e por isso resolvi fazer esse alerta. Acho que ninguém teve ainda a coragem de não recomendar Ontário como um destino no Canadá, né? Bem, como não tenho rabo preso com ninguém, serei o primeiro.

Quem são essas pessoas? Justamente as que não são mais tão jovens e/ou que também não conseguem notas avançadas no idioma. Nem todo mundo consegue um CLB9 em todas as skills ao fazer o IELTS (ou CELPIP). E com a província sem nenhum caminho, o que a pessoa faz?

Opções: O que fazer? E o efeito negativo…

A primeira ideia é se mudar de província, não é verdade?! Porém, ter um diploma de Ontário poderá fechar as portas nas províncias menos “famosas”. Já que algumas províncias acharão que vão ser usadas como ponte.

O que isso quer dizer: o aplicante imigra por elas, mas assim que possível volta para Ontário. Mesmo que não seja a intenção real da pessoa, fica difícil e complicado convencer os oficiais de imigração provinciais disso.

Mesmo porque é algo que acontece com relativa frequência, infelizmente. Eu mesmo recebo várias perguntas de pessoas com esse tipo de plano/ideia. “Ah, vou imigrar por Manitoba que é mais fácil, e daí me mudo para Toronto quando sair meu RP!”

E isso cria um efeito negativo no qual Manitoba (ou qualquer outra província) vai pensar 10 vezes antes de “acolher” uma pessoa que se formou em Ontário e está buscando agora a residência permanente através dela.

Que tal acertar desde o começo?

Então, Rafael, o que realmente fazer? Que tal escolher uma província que te dará as duas opções? Na qual você poderá tentar o Express Entry e/ou o processo provincial (PNP).

Cenário 1: sem desespero

Imagine o seguinte cenário: você foi para uma província que tem um processo provincial (PNP) que não fecha e fica aberto o ano inteiro.

Daí você tenta primeiro imigrar pelo Express Entry (por ser rápido), mas ao fazer o IELTS (ou CELPIP) vê que não conseguiu uma boa nota, ou escorregou em alguma das habilidades.

Por conta da sua idade, você vê que não tem chance no Express Entry. Porém, você está em uma província que está com seus programas abertos e aceitando aplicações.

E o melhor: eles pedem um CLB menor (que é o caso da maioria das províncias). Então você aplica em um dos processos provinciais, talvez com uma job offer ou experiência adquirida com o PGWP, recebe sua nomeação e em um futuro próximo se torna um residente permanente.

E vive feliz pois conseguiu o tão sonhado objetivo de virar RP!

Cenário 2: pode pintar o desespero

Agora vamos imaginar o mesmo cenário em Ontário. Você tenta o Express Entry, mas sua nota não é suficiente para se qualificar.

Seja pela sua idade já não tão jovem, talvez escorregou no teste de inglês, em uma das habilidades, o Governo não faz mais draws separados e específicos pelo Canadian Experience como na época da pandemia, uma combinação de fatores etc.

Você até tem uma oferta de trabalho, porém o processo provincial de Ontário abriu, fechou, e você não teve chances de aplicar, de tão rápido que foi a abertura e fechamento.

Você não se qualifica pelo Express Entry, você não consegue enviar uma aplicação pelo PNP de Ontário. O que fazer? Sentar e chorar…

Claro que nem todo mundo vai passar por esse problema. Se você for bem jovem (sem estar muito longe da casa dos 32 anos) e/ou tiver um ótimo conhecimento do idioma, talvez não precise se preocupar.

O Governo Federal do Canadá fez um draw específico para o Canadian Experience Class, mesmo após ter feito um para todos os programas juntos. Mas ninguém pode garantir que continuará assim. Pode ser que voltem a fazer apenas o formato antigo: todos os programas misturados, com apenas o FST com draws específicos as vezes…

E você irá confiar seu futuro em algo que o Governo pode ou não fazer? Eu não confiaria e não recomendo. A não ser que seja publicado em algum lugar que agora esse é o novo padrão de rodadas de convites do EE (draws).

Voltando ao cenário de Ontário. Você que não é tão jovem, e/ou não tem um ótimo resultado do teste de inglês (CLB9+), não deve e não pode colocar todas as fichas em uma província que claramente tem um dos piores PNPs (processo provinciais) do Canadá.

Lembrando: que falo de ser um dos piores, não no formato, estrutura e critérios, mas sim de não estar disponível para as pessoas poderem submeter aplicações.

Talvez, como dito antes, seja mais interessante escolher outra província “menos famosa”. Se no futuro, você não estiver gostando e nem se adaptando à província, você é livre para se mudar, sem problemas. Inclusive para Ontário. Desde que você pelo menos tente morar na província que te deu o RP primeiro!

Ottawa, Ontário, capital do Canadá
Ottawa, Ontário. Capital do Canadá.

Conclusão, Dicas & Vídeo

Espero que tenha ficado claro minha linha de raciocínio. E o que eu falei aqui é justamente o que recomendo aos meus clientes.

A pior coisa que existe para uma pessoa que quer imigrar, é ver o seu tempo no Canadá ir passando sem conseguir um caminho claro para a residência permanente.

Muitas organizações (agências de intercâmbio, consultores educacionais etc.) priorizam Ontário aos clientes. E é fácil de entender. Lá estão alguma das instituições mais caras do Canadá, quanto mais o cliente paga mais comissão o agente recebe.

E óbvio que é bem mais fácil vender Toronto, Ottawa ou alguma cidade que ficar perto ou apenas algumas horas de Toronto.

Até usa-se a afirmação: essa instituição vai te dar o PGWP (permissão de trabalho pós graduação) e você poderá trabalhar depois de formado(a).

Ok… Mas o que uma pessoa (que não se qualifica para o Express Entry) faz com a experiência profissional e até mesmo uma job offer de um empregado de Ontário, se os programas lá estão fechados e quando abrem é uma “loteria”?

Isso ninguém avisa, quando está tentando vender um curso superior em Ontário para as pessoas que já não são tão jovens e/ou sabem que não conseguirão um CLB9.

Muitas pessoas se iludem achando que irão tirar CLB9 mas esquecem que para ter uma pontuação realmente boa no Express Entry, deve-se tirar CLB9 em todas as habilidades do idioma: listening, speaking, reading e writing.

Se escorregar em uma delas e tirar CLB8, você perde o “bônus” que aumentaria sua nota geral (CRS).

Quero lembrar que nem todas as províncias irão fechar as portas para pessoas graduadas em Ontário. Mas algumas irão aumentar as exigências de permanência na província.

Para voltar ao exemplo citado acima, Manitoba, no site diz que se você se formou em outra província, terá que trabalhar pelo menos 1 ano + job offer em Manitoba para poder aplicar para a residência permanente.

Se você tivesse optado por ir para lá primeiro, sem ter passado em outra província, poderia imigrar com apenas 6 meses de trabalho e uma job offer. Se você for casado(a), não precisaria nem terminar o college/universidade, seu cônjuge poderia pedir a imigração depois de trabalhar 6 meses + job offer.

Estou apenas citando um exemplo. Existem várias outras províncias com seus pontos positivos, mas com pontos negativos também.

Eu fiz um vídeo completo no Youtube explicando meu raciocínio, dando dicas e muito mais sobre esse assunto. Recomendo fortemente que assistam ao vídeo se você pretende ter Ontário como uma das opções no seu plano de imigração (ainda mais se for usar a estratégia PGWP).

Não perca!

Se você quiser contar com meus serviços de consultor, é só mandar um e-mail para [email protected]Sou credenciado ao órgão regulamentador aqui no Canadá (ICCRC). Meu número de licença é: R705937

Inscreva-se no Site Imigrar Canadá e Quebec e seja notificado por e-mail sempre que um novo artigo ou post for publicado. É só colocar o endereço do seu e-mail abaixo:

Siga nosso Facebook e Instagram para ficar ligado em notícias como essas e muito mais. No Face e Insta tem conteúdo extra que não é publicado aqui.

Imigração Canadá? É aqui! Desde 2012 ajudando você a vir morar no Canadá. Sua fonte número 1 de informação sobre imigração para o Canadá!

Agora que você terminou de ler esse artigo, veja outros artigos: Clique Aqui!

Não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais usando os ícones abaixo!

2 thoughts on “Será que vale a pena imigrar para o Canadá através de Ontário?

  1. Oi, Rogério.
    Obrigado pelos elogios.
    Infelizmente essa informação clara de qual seria o plano ideal só dá para ser feita após uma Análise de Perfil e Consultoria (serviço que presto mediante pagamento).
    Fica complicado escrever todos os cenários. Pois isso depende de vários fatores.

    Att,
    Rafael Alencar

  2. Seus artigos e videos deram uma nova perspectiva de formas que devo considerar no plano de imigração, Obrigado! O que sinto falta realmente é de informação clara de qual seria o plano ideal por província, EX.: Curso de inglês, College ou Curso de Inglês, Curso para Truck Drive, Job Offer, ou Curso de Inglës e Curso Técnico… Quais são as melhores estratégias para quem não tem pontuação no EE!?

Deixe o seu comentário

Posts Recentes

Site Imigrar (Esta janela vai fechar em 10 segundos)

Inscreva-se no Site Imigrar para receber as últimas atualizações por e-mail.