Ministro da Imigração do Canadá participa de webinar sobre a situação atual


Hoje pela manhã (05 de maio de 2020), o venerável Ministro Marco Mendicino, responsável pelo ministério de imigração canadense, participou de um webinar sobre a atual situação, e como ela pode impactar na imigração canadense.

Você encontra o vídeo (ou áudio se preferir) de cerca de 53 minutos no final do artigo.

Vejamos alguns detalhes!

Perguntas e Respostas com o Ministro da Imigração Marco Mendicino

O encontro (virtual) foi organizado pela Canadian Bar Association (Immigration Law Section). Infelizmente, o ministro não aparece, só conseguimos escutar a sua voz.

Canadá vai continuar aberto para os imigrantes mesmo depois da crise

Não é de se espantar que o ministro repetiu, o que eu já tinha falado recentemente em um artigo que publiquei aqui.

No qual eu dizia minha opinião pessoal, de que a imigração não iria parar e nem diminuir pós-crise. E o venerável Marco Mendicino confirmou minha teoria.

Ele afirmou de que a imigração é absolutamente uma chave para o sucesso e também para a recuperação da economia canadense.

Adicionou que o Canadá vai continuar se apoiando na imigração para dirigir sua economia, e que isto será o que vai guiar o sistema daqui para frente.

O ministro afirmou que o COVID-19 não irá mudar os planos de imigração, de longo prazo. E que o problema demográfico do Canadá continua e continuará uma realidade.

Ainda mas, que o equilíbrio trabalhadores x aposentados continua sendo uma realidade. E vem acontecendo de forma bem rápida.

O Canadá vai necessitar de imigrantes para que (não só a população) mas a economia também cresça.

Foi exatamente o que eu disse no meu artigo: “Por que acredito que a imigração canadense não vai parar e nem diminuir“. Publicado no começo da semana passada. Credenciando o Site Imigrar, mais uma vez, como uma das melhores fontes de notícias sobre o Canadá. Já que nossas análises, estão conectadas com o que pensa o ministro da imigração.

Mendicino adicionou que esta não é a primeira vez que o Canadá enfrenta pandemias e desafios econômicos. E mesmo assim o país conseguiu continuar crescendo, graças em parte a continuar recebendo imigrantes.

O venerável Marco afirmou que o governo federal, vai se consultar com os principais participantes (do cenário imigratório) sobre o futuro (próximo) da imigração canadense.

No começo de novembro, eles deverão atualizado o plano anual. Ou seja: pode ser que mudanças aconteças em relação a 2020 e 2021. É da minha opinião, que provavelmente haverá sim mudanças.

Porém, o ministro não elaborou muito sobre o assunto. Lembre-se que ele disse que os planos a longo prazo, não serão mudados. Mas não falou o mesmo dos números imediatos.

Quando o Governo Federal do Canadá anunciar as mudanças (diminuição, aumento ou continuação), não se preocupe que o Site Imigrar, com certeza, publicará um guia sobre.

Se quiser saber sobre quais planos (e números) de imigração o ministro estava falando é só ler este artigo: Imigração Canadá Plano 2020-2022

Outros Assuntos

Dia a dia das operações do Ministério de Imigração (IRCC)

Sobre os funcionários (staff) do Ministério de Imigração Canadense (IRCC), o ministro disse que eles estão trabalhando remotamente. O que está impactando a habilidade dos departamentos de processar aplicações de imigração.

Porém, ele afirmou que todas as ferramentas necessárias para facilitar o trabalho dos funcionários e oficiais foram implementadas.

E que por conta da crise, algumas processos foram melhorados (na questão do processamento). Estas melhorias serão incorporadas para quando os departamentos começarem a funcionar como antes.

Parents and Grandparents Sponsorship Program

O programa para trazer pais ou avós para o Canadá, se encontra fechado. Geralmente ele abre entre março e abril para novas aplicações.

Por conta da crise atual, não temos perspectivas de quando ele irá reiniciar. E foi justamente isto que o Ministro falou.

Ele citou também o detalhe de que uma boa parte dos pais e avós, estão no grupo de risco por conta da idade, e que não seria bom fazer eles viajarem e serem expostos a possibilidade de contrair a doença.

Temporary Foreign Workers

Marco Mendicino disse que o IRCC está em contato direto com o setor agrícola e de frutos do mar, para ter certeza de que as companhias terão capacidade de funcionar normalmente.

A questão deste setor, é que o governo quer ter certeza de que a disponibilidade dos canadenses comprarem alimentos, não seja afetada de maneira alguma.

Muitas empresas e fazendas necessitam de funcionários estrangeiros para trabalhar no cultivo, colheita, pesca, navios etc. Tanto é verdade que assim que as fronteiras canadenses foram fechadas, dentre as primeiras pessoas que foram aceitas como exceções, para continuar entrando no país, foram justamente os trabalhadores estrangeiros do setor agrícola (e depois de frutos do mar).

O Ministro completa dizendo que eles (o Governo) poderia estar fazendo mais. E que sempre estão procurando maneiras de facilitar e flexibilizar os work permits, removendo barreiras na entrada, no Canadá, dos trabalhadores estrangeiros.

Nisto vou ter que discordar do venerável ministro, mas falo disso na próxima seção e também nas considerações finais, mais adiante.

Problema da entrada de pessoas no Canadá

O ministro também foi perguntando sobre a situação, de pessoas que tentam entrar no país, munidas de tudo que se exige para ser considerado uma exceção ao fechamento da fronteira, e mesmo assim tem a entrada negada.

Isto vem acontece, inclusive com brasileiros. Mendicino falou que os regulamentos foram criados rapidamente durante a crise, e que os oficias de imigração nas fronteiras, não tiveram tempo suficiente de estudá-los.

O processo normal, seria, gradualmente acostumá-los, e dar tempo a eles, de estudar as mudanças, o que não ocorreu por conta do caráter de urgência.

Mas o Ministro disse que está, de maneira geral, satisfeito com o trabalho dos oficiais da CBSA (oficiais de imigração que ficam nos POE (pontos de entrada).

E lembrou, que mesmo que a pessoa esteja munida de tudo, o oficial ainda tem a palavra final. Rogou também para vir para o Canadá (neste momento), só quem terá um papel essencial (trabalhar na área de saúde, agrícola, pesca etc).

Nota do Site: a data oficial da abertura das fronteiras é dia 30 de junho de 2020.

Mais flexibilidade para Estudantes Internacionais, será?

Mendicino falou, que o Ministério da Imigração está extremamente grato pelo feedback sendo dado pelos parceiros, em como o Governo Federal pode ajustar suas políticas para estudantes estrangeiros, durante a pandemia e além.

Algo que ele citou, foi a mudança do IRCC, no PGWP (Post-Graduation Work Permit), que permitiu estudantes internacionais terem aula online, e mesmo assim continuarem elegíveis ao PGWP.

Para quem não sabe, cursos onlines não contavam para o PGWP. E esta mudança foi bem positiva. E noticiada aqui no Site Imigrar e no meu perfil do Instagram.

Outro fator que ele não falou, é também a possibilidade (recente) de estudantes poderem começar o pathway ainda no país de origem. Porém, isto é mais flexibilidade dos colleges e universidades, do que do IRCC em si.

O ministro afirmou que o Ministério de Imigração vai ficar em contato e consultando as instituições de ensino pós-secundário (colleges e universidades).

Sobre como ajudar os alunos estrangeiros a se matricularem, e de fato poderem começar as aulas ainda na próxima sessão. Que são as aulas que começam, geralmente, no começo de setembro.

Acredito que vai haver um verdadeiro acúmulo de pedidos assim que as coisas forem se normalizando.

Marco Mendicino mandou “ficarmos ligados” para possíveis mudanças que serão anunciadas. (Que seriam positivas, ou seja, que beneficiam os alunos estrangeiros).

Considerações Finais & Fonte

Fico feliz que o ministro tenha “vindo a público” para esclarecer e acalmar as pessoas que pensam em imigrar. Mas muito provavelmente, alguns terão que adiar o Plano Canadá, ainda mais com o dólar nas alturas.

Porém, como bom político, o ministro não entrou em detalhes. E nem iria, já que será uma decisão tomada junto ao Primeiro Ministro, Justin Trudeau, e sua base.

Mas, conforme eu tinha afirmado antes mesmo dessa participação dele, a imigração canadense não vai e não pode parar.

O Canadá não pode se dar a esse luxo. A economia precisa (ou melhor, necessita) de estrangeiros. E não só sou eu que estou afirmando, mas também o próprio Ministro.

Pois não queremos algo como a imagem abaixo ilustra bem:

imigração não vai parar: previdência social pirâmide insustentável

Durante o texto, eu falei que iria discordar do ministro sobre a retirada das barreiras. E disse isso pois alguns trabalhadores temporários, mesmo munidos de visto, cumprindo todos os requisitos, tiveram a entrada negada no país.

Inclusive, o Consulado Brasileiro em Montreal, postou sobre isso no instagram oficial deles. De que alguns brasileiros, tiveram problemas, mesmo passando nos critérios da exceção de quem poderia entrar.

Depois disso, veio a notícia de que o Primeiro Ministro de New Brunswick, baniu temporariamente a entrada de qualquer trabalhador estrangeiro na província!

Inclusive para o setor agrícola. O que vai de encontro ao plano federal. Já que muitas fazendas em NB usam mão de obra estrangeira.

Alguns dizem que a medida do PM provincial é inconstitucional. Já que imigração e movimentação entre as províncias é assunto do ente federal. Vamos ter que esperar cenas dos próximos capítulos.

Não deixem de seguir o meu perfil no Instagram Nos stories sempre forneço informações sobre a imigração: Instagram Oficial do Site Imigrar

Eu vi todo o vídeo do encontro, usei o modelo do CICNews que resumiu bem, porém fui além, e falei de outros assuntos citados pelo Ministro, que eles não mencionaram no site. Se quiser você pode assistir na íntegra abaixo:

Vídeo do Webinar do Ministro da Imigração Canadense

Se preferir escutar (e praticar o inglês) o áudio está logo abaixo:

Não perca!

Se você quiser contar com meus serviços de consultor, é só mandar um e-mail para [email protected]Sou credenciado ao órgão regulamentador aqui no Canadá (ICCRC). Meu número de licença é: R705937

Inscreva-se no Site Imigrar Canadá e Quebec e seja notificado por e-mail sempre que um novo artigo ou post for publicado. É só colocar o endereço do seu e-mail abaixo:

Siga nosso Facebook e Instagram para ficar ligado em notícias como essas e muito mais. No Face e Insta tem conteúdo extra que não é publicado aqui.

Imigração Canadá? É aqui! Desde 2012 ajudando você a vir morar no Canadá. Sua fonte número 1 de informação sobre imigração para o Canadá!

Agora que você terminou de ler esse artigo, veja outros artigos: Clique Aqui!

Não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais usando os ícones abaixo!

2 thoughts on “Ministro da Imigração do Canadá participa de webinar sobre a situação atual

  1. Oi, M.
    Concordo com você. Acredito que deveria deixar o aluno trabalhar (mesmo depois da crise) o quanto ele quiser, desde que não afete o rendimento escolar dele. Como você bem disse.
    Porém, acho que isto não vai ser possível. Creio que vai voltar a ser como antes (máximo de 20 horas por semana).
    Mas veremos. Eu sempre torço pelo melhor e o que mais ajudar as pessoas!

    Att,
    Rafael

  2. Olá! Fico feliz por vocês compartilharem o webnar com o Ministro, pois nem sempre temos acesso a isso. Mas o que eu acho injusto com estudantes internacionais é o fato de eles nos liberarem temporariamente para trabalhar full time pois eles precisam de nós, e não tornar isso permanente. Com essa crise, o real desvalorizou absurdamente frente ao dólar canadense, e o dinheiro que provamos ter para nos sustentar já não equivale à realidade. Eles deveriam tornar essa medida permanente, pois nós, estudantes, nos disponibilizamos a trabalhar mais, a enfrentar os riscos para ajudar o país. Além disso, inicialmente o benefício para estudantes que não podem trabalhar não inclui os internacionais. No meu ponto de vista, eles estão nos explorando sem dar melhor retorno… Se eu consigo conciliar estudo e full-time job, eles deveriam aprovar isso. Que acessem junto aos colleges nossas grades e attendance e avaliem melhor a limitação a horas de trabalho. Quando eles precisam nós nos disponibilizamos, mas daqui a pouco seremos largados à própria sorte?

Deixe o seu comentário

Posts Recentes

Site Imigrar (Esta janela vai fechar em 10 segundos)

Inscreva-se no Site Imigrar para receber as últimas atualizações por e-mail.