Entrevista de um ex-policial brasileiro que agora é policial no Canada!


Achei muito interessante essa entrevista do policial Fabiano Mendes que foi policial no Brasil e se tornou um policial no Canadá. Assistam que vale à pena (filme no final do artigo)!

(Atualizado em 2020).

Atenção: se você quer saber tudo sobre como ser um policial em uma das forças canadenses leia esse guia completo publicado aqui no site: Como Se Tornar um Policial no Canadá

Esse vídeo sobre um ex-policial brasileiro que hoje é policial no Canadá, apesar de antigo ainda continua atual e válido.

O brilho no olhar do policial Fabiano Mendes quando fala da maneira que a população canadense enxerga o policial é incrível!

Ele faz parte da força policial da cidade de Hamilton na província de Ontário no Canadá.

Inclusive vejam essa notícia que achei onde mostrar que o Fabiano (Officer Mendes) prendou um homem que invadiu um estabelecimento comercial, e roubou 52 mil em mercadorias!

Ex-policial no Brasil, hoje Policial no Canadá

O vídeo com a entrevista do policial

A explicação do vídeo no youtube quando era a seguinte:

Desde a infância, o mineiro Fabiano Mendes sonhava em ser policial. Realizou o sonho quando terminou a faculdade de Direito e foi aprovado no concurso da polícia civil do Rio de Janeiro. Mas a realidade com que ele se deparou em nada parecia com aquela dos sonhos de menino.

Ele esbarrou em baixos salários, falta de equipamentos e de condições dignas para exercer a profissão. Dois dos seus colegas foram assassinados por terem sido identificados como policiais. Nesse dia Fabiano ficou assustado e decidiu que era hora de mudar: não de profissão, mas de país.

Ele temia pela segurança do filho e pela sua também. Como sua esposa é canadense, a família decidiu se mudar para a terra dela, a cidade de Hamilton, na Grande Toronto. E, por ironia do destino, foi em Hamilton que Fabiano realizou o sonho de infância, do jeito que ele havia imaginado.

Hoje ele é policial na cidade e conta que se sente realizado quando está em ação. “A população canadense enxerga o policial como um amigo, um exemplo a ser seguido.

É impressionante o respeito e a admiração das pessoas. Parece até coisa de cinema”, conclui. Conheça a história de Fabiano Mendes no quadro “Eu não sou daqui”.

Considerações Finais & Atualização

Infelizmente não sei a quem dar o crédito do vídeo de fato. Lembro de ter visto no canal Oi Toronto mas não sei se eles foram os produtores. E o canal não está mais sendo atualizado. O que posso afirmar é que as imagens e a reportagem foram feitas pela Julieta Jacob e Martha Rangel.

Enfim, acho muito válido assistir a entrevista. Pois podemos ver a comparação que ele faz da vida dele antes, quando era policial no Brasil, e agora a vida que ele leva como policial no Canada.

Podemos ter uma melhor noção de como imigrar as vezes pode fazer a diferença na vida de uma pessoa.

Atualização: segunda minhas pesquisas o Fabiano Mendes, em 2019, ainda continua exercendo a profissão de policial na cidade de Hamilton, ON, Canadá!

Vou tentar entrar em contato para ele nos dar um feedback depois de tantos anos após a entrevista original. Fiquem na torcida! Se, como o Fabiano, quiser saber como imigrar clique aqui: Saiba Como Imigrar para o Canada

 

Se o vídeo não funcionar no navegador, clique aqui: https://www.youtube.com/watch?v=EdVYWSyDgHQ&t=31s

Não perca!

Se você quiser contar com meus serviços de consultor, é só mandar um e-mail para [email protected]Sou credenciado ao órgão regulamentador aqui no Canadá (ICCRC). Meu número de licença é: R705937

Inscreva-se no Site Imigrar Canadá e Quebec e seja notificado por e-mail sempre que um novo artigo ou post for publicado. É só colocar o endereço do seu e-mail abaixo:

Siga nosso Facebook e Instagram para ficar ligado em notícias como essas e muito mais. No Face e Insta tem conteúdo extra que não é publicado aqui.

Imigração Canadá? É aqui! Desde 2012 ajudando você a vir morar no Canadá. Sua fonte número 1 de informação sobre imigração para o Canadá!

Agora que você terminou de ler esse artigo, veja outros artigos: Clique Aqui!

Não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais usando os ícones abaixo!

30 thoughts on “Entrevista de um ex-policial brasileiro que agora é policial no Canada!

  1. Eu não sou policial no Brasil, mas quero estudar e me tornar policial no Canadá. Após ter cursando law and security em Halifax, Nova Scotia, poderei trabalhar de segurança privado para conseguir a imigração e depois partir pra polícia? Ou essa profissão é somente pra quem já trabalhou como policial antes?

  2. Oi, Carlos.
    Que bom que você gostou da entrevista. Ela é realmente muito boa. Pena que é curta! Estou na torcida que você consiga! Sou muito fã dos policiais no Brasil pois não deve ser fácil exercer essa profissão em um país tão violento. Aqui os policiais são respeitados e ganham super bem. Infelizmente a realidade no Brasil é a oposta.
    Entrei em contato com ele, fique na torcida para ele responder.
    Boa sorte nos seus planos! Estou na torcida, de verdade.
    Att,
    Rafael

  3. Bom dia. Essa entrevista foi uma das coisas que me deu força para vir. Ainda estou na fase de correr atrás do PR, que é minha meta inicial, mas dps com ctz tentarei ser policial aqui. Tenho 10 anos de experiência como policial do RJ e me identifiquei com esse vídeo demais! Se vou conseguir ou não, só Deus sabe. Seria excelente conseguir essa entrevista com ele, tomara que vc consiga. E uma sugestão, caso não consiga (ou ele não queira) fazer por vídeo, que seja feita por texto. Sei que muitos estão na mesma situação que eu correndo atrás desse sonho tão difícil. Ouvi falar de um Br policial em Toronto, mas não sei se é vdd.

  4. Carlos Henrique: Sim, verdade. É a melhor fonte. Só um adendo: cada província e até mesmo cada cidade tem suas próprias regras então o que funcionar para uma província pode não funcionar para outra.
    Att,
    Rafael

  5. Bom dia amigos, seria interessante que nós pudéssemos procurar estas informações diretamente com as autoridades de lá É importante que saibamos que quais as condições de ingresso nosso lá. O meu e-mail é [email protected] Adiciona ai para que possamos trocar uma idéia. Abraços!

  6. Andre: Você tem que fazer o processo de imigração porém creio que não seria possível pois sua profissão não está na lista. Você poderia fazer o curso de 1 ano da polícia em algum college e aplicar para a vaga. Ou se for casado diga a profissão da sua esposa que talvez a dela esteja na lista.
    Att,
    Rafael

  7. Boa Tarde Rafael,

    Sou policial civil aqui no Brasil , São Paulo, e depois de ver essa matéria, me interessei pela profissão de policial no Canadá. Entrei num site que tem as orientações para policiais de outros países que queiram ser policiais em Edmonton. Elas aceitam quem tem residencia permanente ou cidadania canadense.

    Tenho 33 anos e quais as chances pra eu conseguir essa residencia permanente e conseguir ser policial nesse exemplo de país.

    Parabéns pelo site.

  8. Carlos: Quem dera se eu conhecesse algum policial aqui, rs. Aliás não sei se quero. Pode ser que isso aconteça se eu me comportar mal aqui, rs.
    Mas se eu fizer amizade com algum policial te avisarei sim. Aliás até farei uma entrevista com ele.
    Att,
    Rafael

  9. Sim, sou casado. Minha esposa é pedagoga e contadora porém não fala inglês nem tampouco francês. Gostaria de me comunicar com algum policial de lá, se você tiver contato com alguém gostaria que intermediasse isso. Obrigado pela atenção e parabéns pelo blog!!!

  10. Carlos: Infelizmente o curso de direito não é muito interessante para o Canadá ou Québec. Você teria que conseguir imigrar para depois aplicar para trabalhar na área de segurança pública aqui. Você é casado? Pois dependendo da profissão da sua esposa ou conjugue de fato talvez seja possível a imigração.
    Att,
    Rafael

  11. Olá amigos! Me chamo Carlos e sou oficial da Polícia Militar e bacharel em Direito. Tenho quase 10 anos de corporação e alguns cursos realizados. Sempre tive o sonho de morar no exterior mas o funcionalismo público e um salário descente que me garante ter condições tranquilas de vida no Brasil me prendem e fazem com que eu não arrisque em sair para outro país. Desde que soube que Québec incentiva a ida de brasileiros para lá, fiquei muito curioso se poderia ser aproveitado o conhecimento e experiência que tenho na área de segurança pública aqui no Brasil de alguma forma lá. Tenho várias paixões em minha vida e uma delas é o estudo de idiomas. Sou fluente em espanhol, tendo inclusive trabalhado na fronteira Brasil X Peru e Brasil x Bolívia, tenho nível intermediário em inglês e acredito que com pouca vivência posso adquirir fluência, estou cursando a um ano e meio italiano e já me sinto bastante a vontade para dialogar. Além destes idiomas, estou estudando francês e me apaixonando a cada dia mais pela língua. Será que uma pessoa com meu currículo poderia ser aproveitada dentro do campo da segurança pública?

  12. Pedro: Para ser policial não precisa mudar de área. Na verdade isso depende da província ou até mesmo da cidade. Vou dar um exemplo:
    Em Alberta um tempo atrás eles estavam aceitando como policiais qualquer pessoa que fosse “apenas” residente permanente (quando a maioria das províncias pedem cidadãos canadenses). Aqui onde moro, Montréal, tem um programa da polícia que aceita residentes permanentes pois eles acham importante ter imigrantes na polícia, ou seja, não precisa ser cidadão canadense e nem ser formado em algo específico.
    Resumindo: depende muito de onde você irá morar. Tem lugares que exigem que você faça o curso de policial de 1 ano em algum College. Em outros é suficiente frequentar apenas a academia de polícia. Então varia muito.
    Att,
    Rafael

  13. Olá Rafael, minha situação é parecida com a do Geovane. Sou advogado, tenho 28anos e cursei direito com a finalidade de me tornar policial. No meu caso o mais interessante seria fazer outra graduação no Canadá ou seria suficiente uma pós-graduação para conseguir os requisitos para ingressar na polícia canadense?
    Muito obrigado pelas informações do seu blog.

  14. Olá Geovane. Obrigado pelos elogios ao meu site.
    Fica muito difícil você conseguir imigrar para qualquer parte do Canadá tanto faz sendo Quebec (francês) ou a parte inglesa com seu curso de direito. Como você sabe o direito é muito diferente de um país para o outro.
    Para você imigrar você tem que ter algo que eles queiram. A idade e o inglês pelo visto você já tem. Então falta algum curso que esteja em demanda lá. A lista final do processo federal sairá até o dia 04 de maio. Então aguarde essa nova lista e então você decide como prosseguir.
    Ou então você pode ir pelo Canadian Experience Class. No caso você teria que fazer um curso lá e não aqui. Leia mais sobre o CEC aqui no site.
    Att,
    Rafael

  15. Fala amigão! Primeiramente eu queria agradecer pelo conteúdo do seu blog que ajuda a cada dia os novos imigrantes, muito obrigado! Bom, vou contar sobre o meu caso.
    Tenho 23 anos, sou agente da Policia Federal no estado do Rio de Janeiro e estou quase terminando a faculdade de direito. Apesar do bom salário que eu recebo eu acho que não vale a pena continuar no Brasil com essa situação precária (Impostos absurdos, hospitais com péssimo atendimento, escolas faltando professores, segurança e etc.). Todos os dias eu sou obrigado a lidar com pessoas que eu não gosto, isso me preocupa bastante. Assistindo a este vídeo eu me motivei e decidi em tentar sair do Brasil, o que me preocupa é que eu não tenho cursos em nenhuma área, sempre quis fazer T.I mas optei em seguir carreira na polícia. Eu fiz aulas de inglês particulares por 4 anos, sei falar e escrever fluentemente, porém não tenho o diploma.
    Então a dúvida é a seguinte, queria saber sua opinião, é muito tarde para eu tentar imigrar para qualquer parte do Canadá, mesmo sem ter feito cursos? É melhor eu continuar a faculdade de direito e me formar? Como eu disse anteriormente eu só sei falar inglês, então o Quebec não está muito em vista na minha situação. rs

    Grande abraço, fique em paz! Aguardo respostas.

  16. Não confunda enfermagem (bacharel) com técnico de enfermagem (nível técnico). O do Québec de 3 anos é o que equivale ao nosso Bacharel. De qualquer maneira qualquer um dos dois cursos, tanto o universitário quanto o técnico, qualificam para a imigração através do processo do Québec, então “dá na mesma”, rs.
    Att,
    Rafael

  17. Diogo: Para entrar para a polícia terá que frequentar o curso da Academia de Polícia. Quanto ao dinheiro isso depende muito. O Governo pede um mínimo de $10.000 dólares para a pessoa imigrar.
    Creio que você pode ter um bom futuro aqui. Imigrar não é para todos. É difícil, caro, demorado, trabalhoso, frustrante… Ser um funcionário público no Brasil também é uma ótima opção. Deixe para decidir depois.
    Att,
    Rafael

  18. Diogo: Nada é garantido e todo mundo terá que fazer o processo longo de espera. Os enfermeiros, por exemplo, são prioritários então eles na teoria imigram mais rápido de quem não tem uma profissão prioritária. Não sei de outros cursos que eu possa dizer: “faça isso e você sempre poderá imigrar para o Canadá”. Informática por exemplo é uma profissão em demanda, que tem boa empregabilidade no Canadá porém esteve fora da última lista de profissões prioritárias do processo Federal de Imigração do Canadá. Então se até TI (informática) ficou de fora fica difícil apontar uma que seja “infalível”. Mas as engenharias também são uma boa pedida.

    Você pode tentar aplicar para o processo de Manitoba que não precisa de uma profissão específica.

    Att,
    Rafael

  19. Olá Rafael, tudo ótimo? Lendo os comentários eu fiquei em dúvida. No seu post ”Lista completa, traduzida, oficial e com o curso correspondente das formações que são aceitas pelo Quebec para imigrar”, o curso de enfermeiro no Québec é de 3 anos e no Brasil demoraria 2 anos, o curso iria funcionar da mesma forma?

  20. Mais algumas outras perguntas que eu esqueci de mencionar, me desculpe. Se eu conseguir imigrar futuramente eu vou ter que iniciar alguma faculdade no Canadá para entrar na Polícia? E qual a média do valor que eu vou ter que juntar para viajar, alugar hotéis e etc.? Eu to muito inseguro de perder tempo e dinheiro, no Brasil eu posso ter um futuro garantido em uma faculdade de direito e entrar na Federal, porém no Brasil você sabe como é a qualidade de vida. É complicado. Abraço!

  21. rsrsrsrs É muito boa a ideia de me formar em algo que me garanta a imigração pro Canadá e lá tentar o que eu quero ser mesmo, policial. É um pouco assustador ser enfermeiro aqui no Brasil pra depois imigrar pro Canadá rsrs. Minha dúvida é a seguinte, com estes cursos feitos aqui no Brasil é garantido o visto e o passaporte pro Canadá, ou tenho que fazer o processo longo de espera? Com certeza é muito radical. rsrsrs Você poderia me dar outras ideias de outros cursos para ser feito aqui no Brasil que me dê chances de imigração?

    Amigo, pra ser sincero o Francês iria ser um pouco complicado de eu cursar, o curso mais ”perto” da minha casa eu tenho que pegar 3 ônibus e 1 trem, seria umas 1 hora e 40 minutos de viagem (então imagine isso todos os dias no Rio de Janeiro, conduções lotadas com o termômetro marcando 43º rsrsrs), é muito mais viável por enquanto o inglês. Teria outras cidades que eu poderia ter sucesso sem ser o Québec? Abraço!

  22. Diogo: O fato de você querer se preocupar desde já é ótimo pois assim seguindo um plano bem detalhado irá ser mais fácil conseguir seu objetivo. Se você quer garantir sua imigração para o Canadá então você precisa obrigatoriamente do inglês ou do francês. A decisão é: você querer morar no Québec ou não? Se sim: escolha o francês e estude o inglês também mas com menor peso. Se não: então estude o inglês e esqueça o francês.
    Aprender com professor particular creio que é mais rápido com certeza.
    Se você quer garantir mesmo sua imigração para o Canadá então escolha algum curso da área de TI (não é garantido que consiga pois TI apesar de ser uma profissão em demanda lá já saiu da lista do processo federal algumas vezes) ou enfermagem (essa é garantida, rs. Enfermeiro vale ouro no Canadá e dificilmente irão fechar as portas para eles. Muito pelo contrário: recebem até tratamento prioritário. Para o Québec um técnico de enfermagem já garante a imigração (curso mais rápido).
    Claro que você tem de escolher um curso que lhe caia bem, que você goste. Ou como você quer ser policial pode fazer um curso que permita que você imigre para o Canadá ou Québec e chegando lá faz o curso para ser policial e abandona o curso que fez no Brasil e te levou para lá. Radical? Talvez. Mas conheço pessoas que fizeram isso e um conhecido meu inclusive está fez isso recentemente: fez um curso de técnico em enfermagem de 2 anos e agora está aplicando pelo processo do Québec. Chegando lá ele vai seguir outra profissão. Bem, cada um sabe o que faz. Mas uma coisa é certa: quanto mais novo e sem vínculos (com esposa e filhos por exemplo) mais fácil é conseguir realizar um planejamento desses.
    Att,
    Rafael

  23. Obrigado pela resposta Rafael! É verdade, eu tenho até perdidos horas de sono pensando nisso, não sei quais cursos seguir aqui no Brasil para que eu possa aproveitar lá fora. Sobre o inglês, só falando este idioma eu consigo ”sobreviver” por lá, ou também é obrigatório o Francês? Você acha que vale a pena ter um professor particular para aprender inglês? Eu estou MUITO preocupado com isso, porque quero me preparar enquanto estou novo pra aguentar segurar a ”marimba” quando estiver com mais idade. rsrs Abração!

  24. Diogo: Fico feliz de ver que quer ser policial. Se bem executada é uma profissão muito útil e importante para a sociedade em geral. Você ainda é novo e os processos e as formas de se imigrar para Canadá podem e devem mudar bastante ainda. Por isso não vale à pena quebrar a cabeça com isso agora. O importante é: aprenda inglês e bem. Um intercâmbio não precisa ser de R$30.000 a R$40.000. Eu por exemplo passei 10 meses nos Estados Unidos e não gastei nada perto disso, muito pelo contrário. Mas a dica que deixo é: aprenda inglês e bem.
    Att,
    Rafael

  25. Olá Rafael, como está? Ótimo amigo, eu gostei muito da entrevista e meu sonho também é ser Policial, infelizmente eu nasci no Brasil. Os policiais no Brasil são vistos pela população por bandidos e isso me deixa muito triste de realizar meu sonho aqui. Tenho apenas 15 anos, vou começar meu curso de inglês para sair fora do Brasil, meu sonho era ser Policial Federal, o salário até que é bom porém no Brasil não vale a pena arriscar a vida e não darem valor. Estou completamente perdido, não sei como vou ir para o Canadá, não tenho amigos e nem parentes por lá, e ouvi dizer que o intercâmbio custa R$ 30.000 à R$ 40.000, infelizmente não tenho como pagar. Ou eu posso ter um futuro garantido no Brasil ou me arrisco em um país ”descente”. Meu maior sonho é morar no exterior, com 18 anos eu posso ir como turista, mas tenho que ser cidadão Canadense para tentar o concurso por lá. O que você me aconselha? Estou muito confuso.

    Obrigado e abraços! Fica na paz!

  26. Olá Rafael, sou professor de História. Acabo de realizar um comentário (enorme, por sinal rsrs) no seu terceiro post sobre Nova Scotia. Se puder me ajudar, ficarei muito feliz. Abraço!

  27. Olá Irrael. Fico feliz que tenha gostado. Realmente o magistério no Brasil não é encarado como deveria. Com certeza os professores deveriam ganhar um dos melhores salários do país. Porém qual é área que você ensina?
    Att,
    Rafael

  28. Gostei muito da entrevista do Fabiano! Me identifiquei, pois sou professor e também vejo como a minha profissão é desvalorizada no Brasil, assim como a dos policiais. Se possível, gostaria de informações sobre oportunidades para professores no Canadá. Possuo uma boa formação, com bacharelado, licenciatura e mestrado pela Universidade de São Paulo, mas infelizmente é uma dureza encarar o magistério no Brasil. Se puderem me ajudar, agradeço muito! Obrigado!

Deixe o seu comentário

Posts Recentes

Site Imigrar (Esta janela vai fechar em 10 segundos)

Inscreva-se no Site Imigrar para receber as últimas atualizações por e-mail.