Atlantic Immigration Pilot Program: Categoria especial para enfermeiros e técnicos em enfermagem – Parte 3


Se você é enfermeiro ou enfermeira (inclusive técnico). E tem planos ou mesmo o sonho de imigrar para o Canadá. O Atlantic Immigration Pilot Program (AIPP) tem uma sub-categoria de imigração especialmente para enfermeiros e técnicos em enfermagem.

Eu já falei do AIPP em dois artigos aqui no Site Imigrar e se você não leu; Eu recomendo que leia para ter uma boa noção do que se trata. Você pode acessar a Parte 1: Aqui e a Parte 2: Aqui.

Mas como sempre, vou dar uma resumida no que se trata antes de começar.

Enfermeiros no Canadá

Atlantic Immigration Pilot Program: O que é?

Esse programa é focado em 4 províncias, quais sejam:

  • Nova Scotia;
  • New Brunswick;
  • Prince Edward Island;
  • Newfoundland and Labrador.

Todas essas províncias são “banhadas” pelo Oceano Atlântico (daí o nome do programa). E se localizam no leste do Canadá.

O ideal do program é ajudar empresas localizadas nessas províncias, a acharem pessoas para ocupar cargos vacantes. E estas empresas não estão conseguindo achar pessoas que já estejam lá no Canadá.

As formas de se imigrar pelo AIIP, após anteder os requisitos (leia parte 1) resumidamente são:

  • Ter se formado em um curso superior em uma das províncias atlânticas listadas acima; Ou
  • Ser um trabalhador qualificado (skilled worker); Ou
  • Semi-qualificado (aqui que entram os enfermeiros e técnicos, você vai já entender);

Uma oferta de emprego (job offer) é um dos requisitos obrigatórios. E geralmente isso torna as coisas mais difíceis; Porém, não é tão complicado quanto outros programas de imigração. E digo isso pois algumas empresas nesse programa estão querendo e precisando contratar. Inclusive, foi por esse motivo que o AIPP foi criado. Para facilitar isso.

Agora vamos ao motivo desse post:

Como imigrar para o Canadá pelo AIPP com diploma de enfermeiro(a) ou técnico em enfermagem brasileiro

Agora que já introduzi brevemente o programa, vamos ao foco. Dentro da categoria Semi-Qualificado (Semi-Skilled Workers). Existe uma “sub-categoria” focada em enfermeiros (e técnicos).

Mas atenção: você não irá trabalhar como enfermeiro e/ou técnico em enfermagem. Falo isso, de antemão, para não iludir ninguém! Mesmo porque essas profissões são NOC A (enfermeiros) e NOC B (técnicos em enfermagem). E aqui estamos falando de Semi-Skilled Workers: NOC C e algumas NOC D.

Nota: Se não sabe o que é NOC A, B, etc. Ao final do artigo vou deixar um link aonde explico. Por agora, saiba que é a forma que o Governo do Canadá classifica cada profissão.

Mais Detalhes

O Governo do Canadá sabe o quão complicado é para enfermeiros e técnicos fazerem a revalidação dos seus diplomas. Pois as ordens profissionais não facilitam em nada. E o Governo não pode passar por cima da regulamentação delas.

É como no Brasil. Você não pode exercer a profissão de enfermeiro sem estar registrado no COREN (Conselho Regional de Enfermagem) que por sua vez tem que seguir as diretrizes do COFEN (Conselho Federal de Enfermagem). Se eu estiver errado alguém me corrija nos comentários.

No Canadá acontece o mesmo. E apesar de precisarmos urgentemente desses profissionais; Os conselhos canadenses de enfermagem são os que estabelecem os requisitos para que um estrangeiro possa eventualmente “virar” enfermeiro(a) ou técnico em enfermagem aqui.

Porém, o que o Governo do Canadá e as Províncias do Atlântico querem é contratar enfermeiros (e técnicos) estrangeiros para exercer tarefas “relacionadas”. Infelizmente você não irá exercer sua profissão propriamente dita; Mas pode ser o seu passaporte ou primeiro passo para imigrar para o Canadá.

Se você conseguir, poderá aguardar a revalidação do seu diploma tendo uma fonte de renda (que salvo algumas exceções, será maior do que a que você tem no Brasil, diga-se de passagem).

Torna-se enfermeiro(a) no Canadá é sim complicado, mas não impossível. Conheço algumas brasileiras que conseguiram e hoje trabalham aqui como enfermeiras. Você pode inclusive começar todo o processo de revalidação de diploma ainda no Brasil.

Cargos oferecidos para enfermeiros (e técnicos)

Vou colocar o nome em inglês e logo em seguida tentar traduzir. Desde já, peço desculpas se usar um termo errado. Não sou especialista nessa área. Mas qualquer correção, deixe um comentário e irei ajeitar. Porém, acho que todo mundo, irá entender o que estou tentando dizer. Vamos lá.

Para se qualificar você deve receber uma proposta de emprego para uma das seguintes posições:

  • a nurse’s aide, orderly or patient services associate (NOC C 3413), ou
  • a home support worker (NOC 4412)

A primeira creio se tratar das mesmas funções exercidas pela auxilar de enfermagem no Brasil. Ao ler a descrição do NOC 3413 e a de um auxiliar, vi várias semelhanças. Você vai realizar atividades dentro do hospital ou clínica sempre obedecendo ao médico e/ou enfermeiro(a). Vai cuidar do paciente e das necessidades dele. Mas não fazer procedimentos próprios de um enfermeiro(a) ou técnico(a).

Alguns exemplos são: alimentar o paciente; mudar ele de posição; checar sinais vitais no monitor, etc, e principalmente seguir qualquer ordem direta do médico e/ou enfermeiro(a).

A segunda é o que chamamos no Brasil de “cuidador”. Como por exemplo o Cuidador de Idosos. Mas para esse programa pode ser de: idosos, portadores de necessidades especiais, crianças (recém-nascidos), etc. Todo mundo sabe o que um Cuidador faz, então não vou entrar em detalhes.

Mas atenção: Você vai ser contratado de uma empresa. Pode ser que trabalhe na casa de alguém ou em uma casa de retiro de idosos. Ou nos dois. Vai depende da empresa, é óbvio.

Outros Requisitos

Antes de tudo você tem que ter: trabalhado 1560 horas nos últimos 3 anos (isso dá 1 ano de trabalho, de 30 horas por semana no mínimo). E esse trabalho tem que ter sido como enfermeiro(a) e/ou técnico(a) em enfermagem para ser elegível.

Além do dito acima, você tem que receber uma proposta de emprego em uma das duas opções citadas acima. Você vai precisar também de:

  • Um Educational Credential Assessment (ECA), que é um documento que irá dizer qual seria sua profissão aqui no Canadá. Levando em conta seu diploma. Ou seja, se você é enfermeiro aí, aqui também seria enfermeiro. Atenção: um ECA não te dará o direito de trabalhar na sua profissão. Para isso, como dito anteriormente, você terá que passar por uma revalidação junto à Ordem (Conselho) dos Enfermeiros do Canadá.
  • Terá que fazer um teste (inglês ou francês) e tirar uma nota CLB 4, no mínimo. O que convenhamos, não é difícil.

Primeiros Passos para os Enfermeiros(a) e Técnicos

Você deve está se perguntando o que fazer, qual o primeiro passo. Bem, se eu fosse enfermeiro ou técnico no Brasil. Com grandes aspirações de imigrar para o Canadá, o que eu faria, de forma resumida, seria o seguinte:

  1. Traduzir o currículo em inglês. Nos moldes canadenses;
  2. Estudar inglês feito um louco(a), para tirar uma nota alta, e obter um CLB bem acima do exigido (que é 4). E também pensando que o empregador muito que provavelmente vai querer fazer uma entrevista online, usando Skype, por exemplo;
  3. De posse do currículo, achar as empresas especializadas nessa área (saúde, casas de retiro de idosos, etc), que estão credenciadas no Atlantic Immigragrion Program (AIPP). E enviar o currículo para elas;
  4. Torcer, rezar, etc e estar preparado(a);
  5. Continuar acompanhando o Site Imigrar, pois é o melhor site para quem quer trabalhar e/ou imigrar para o Canadá!

Atenção: não é para procurar emprego para enfermeiros ou técnicos em enfermagem! Esses você não poderá exercer enquanto não pertencer à Ordem (Conselho) dos Enfermeiros da província.

Foque nos empregos que citei mais acima.

A lista das empresas está na Parte 2. Vou deixar o link novamente mais abaixo.

Considerações Finais

Alguns vão se perguntar: “Poxa, mas sou enfermeiro no Brasil e vou ser auxiliar no Canadá; Ou vou cuidar de idosos, trocar fralda, dar de comer na boca.” Bem, a opção é sua.

Quando eu decidi que iria morar no Canadá, estava disposto (no começo) até a limpar privada. Sabe porquê? Primeiro e mais importante: qualquer emprego é digno! Alguém que trabalha varrendo, limpando vasos sanitários, é tão digno quando um médico, um advogado, etc.

O segundo motivo é: Eu sei do meu potencial! Eu só queria chegar aqui. Legalmente, tudo direitinho, podendo trabalhar. E com o meu esforço eu saberia que iria crescer. E foi justamente o que aconteceu (comigo e minha esposa). Tanto é que nas primeiras 3 entrevistas que fiz, passei nas 3 e tive o luxo de escolher meu emprego. E já comecei a trabalhar em um escritório, sentado, com minha própria mesa, etc.

Mas conforme eu disse: eu estava preparado para fazer qualquer tipo de emprego/serviço até minha oportunidade aparecer ou eu me tornar um candidato mais interessante (mediante cursos, melhora do idioma, etc).

Se você não é partidário da teoria de dar um passo para trás, para depois dar 2 passos para frente; Então talvez seja melhor você ficar no Brasil mesmo.

Ao se deparar com a lista de empresas, você vai ver que são várias. E vai envolver muita pesquisa, envio de e-mails, visitas aos websites, etc. Mas ninguém nunca disse que seria fácil. Aliás, várias pessoas pagam caríssimo por esse serviço. Mas dá para fazer por si próprio. Eu por exemplo, consegui as todas as minhas entrevistas de emprego; Quando ainda estava no Brasil, faltando 2 semanas para me mudar para o Canadá. Então, impossível não é. Sou a prova disso.

Fontes e Links:

A Parte 2 aonde você achará as empresas está aqui: https://imigrar.com.br/atlantic-immigration-pilot-program-parte-2-lista-de-empresas-que-voce-deve-aplicar/

Para ver sobre o ECA e NOC citados acima, visite: Termos e Nomeclaturas da Imigração Canadense

A fonte oficial é sempre o Ministério de Imigração do Canadá: IRCC

Leitura sugerida: https://imigrar.com.br/imigrar-canada-nova-scotia-halifax/

Não perca!

Se você quiser contar com meus serviços de consultor, é só mandar um e-mail para [email protected]Sou credenciado ao órgão regulamentador aqui no Canadá (ICCRC). Meu número de licença é: R705937

Inscreva-se no Site Imigrar Canadá e Quebec e seja notificado por e-mail sempre que um novo artigo ou post for publicado. É só colocar o endereço do seu e-mail abaixo:

Siga nosso Facebook e Instagram para ficar ligado em notícias como essas e muito mais. No Face e Insta tem conteúdo extra que não é publicado aqui.

Imigração Canadá? É aqui! Desde 2012 ajudando você a vir morar no Canadá. Sua fonte número 1 de informação sobre imigração para o Canadá!

Agora que você terminou de ler esse artigo, veja outros artigos: Clique Aqui!

Não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais usando os ícones abaixo!

4 thoughts on “Atlantic Immigration Pilot Program: Categoria especial para enfermeiros e técnicos em enfermagem – Parte 3

  1. Oi, Patrick.
    Sim, essa é sem duvidas uma das formas menos complicadas de enfermeiros ou técnicos, conseguirem imigrar para o Canadá.
    Pelo menos das que eu saiba.

    Att,
    Rafael Alencar

  2. Não sabia que ficou mais fácil para nós da enfermagem entrar no Canadá! Muito obrigado! Já sabia que lá estão precisando de profissionais da área, mas até agora esse foi o meio mais fácil de entrar sem sair da minha área. Obrigado novamente!

  3. Oi, Quitéria Lucimar.
    Muito obrigado pelo seu comentário. É por causa de comentários como o seu que eu continuo atualizando o site!
    Boa sorte na sua caminhada. Estou na torcida!

    Att,
    Rafael Alencar

  4. excelente site,bem claro e incentivador,parabéns,em boa hora, pois sou enfermeira, auxiliar e técnica enfermagem no Brasil.Acabei de inscrever-me seu site IMIGRAR, oportunamente me comunicarei para algumas dúvidas.Obrigada, sucessos, abraço Quiteria Lucimar.

Deixe o seu comentário

Posts Recentes

Site Imigrar (Esta janela vai fechar em 10 segundos)

Inscreva-se no Site Imigrar para receber as últimas atualizações por e-mail.