Conselhos para quem quer imigrar para Montreal, Quebec


Nesse artigo você vai ler alguns conselhos para as pessoas que pretendem, ou vão imigrar para o Canadá e escolheram Montreal (ou Quebec) como seu destino.

Desde que cheguei no Canadá, moro na província do Québec, mais especificamente na cidade de Montreal. Muito da minha realidade canadense é baseada na vivência dentro dessa província, embora eu tenha visitado, várias vezes outras cidades, províncias e países.

Vamos lá!

(Postado originalmente em 2016, atualizado em Janeiro de 2021)
Estádio Olímpico de Montreal, Quebec, Canada
Estádio Olímpico de Montreal, Quebec, Canada

Conselhos e Dicas para quem quer imigrar para Montreal

Para aqueles que estão no processo de imigração, ou que vão encará-lo, devem saber que esse processo é um tanto burocrático e que exige muita organização: do tempo e financeiramente. Mas isso acho que todos já perceberam com suas pesquisas.

E por mais que você se organize, fale bem os idiomas, isso não é significado de êxito. No Quebec, especialmente em Montréal, o mercado de trabalho é bem complicado e acirrado, exceto para algumas poucas profissões.

Um exemplo dessas profissões só para ilustrar são as que estão no setor da Tecnologia da Informação e suas ramificações.

O francês é um idioma agradabilíssimo, porém o “québécois”, que é o mesmo francês mas com sotaque, expressões e maneirismos próprio de alguns dos habitantes da província, não é um idioma tão fácil assim.

Mas não é nenhum  bicho de 7 cabeças. Se você vier com uma boa base de francês, vai conseguir assimilar a forma québécois de se falar, depois de prática e tempo.

Um dos conselhos é: você sentirá falta de falar sua língua materna em algum momento. Se sentirá cansado de querer se expressar e não achar as palavras certas e quando achar não se expressará com a mesma nuância ou fluência.

Mas não desista! Só se melhora praticando, e só se domina um idioma (seja inglês ou francês) com o uso contínuo e prolongado.

Sistema de Saúde

Quando chegamos ao Québec temos acesso a todas essas maravilhas que esse país oferece. Como residente permanente você pode gozar do sistema de saúde com a sua carta de “assurance maladie”.

Mesmo assim não pense que vai se livrar da burocracia! Claro que em doses bem menores do que a brasileira. Desde a marcação de um exame, quanto a passagem para algum especialista, se leva tempo.

Quando você marca exame com um médico, primeiro mandam você ao médico da família (que é um generalista) e só então a um especialista (se for necessário).

Por isso pode ocorrer o fato de você estar com uma dor no joelho, devido alguma lesão, e você sabe que precisa ver um ortopedista (por exemplo), mas vai ter que se consultar com o médico de família do mesmo jeito!

Enquanto que no Brasil você marcaria uma consulta direto com um ortopedista… Tem alguns jeitos de se contornar isso, até mesmo pagando “particular”, mas as vezes parece meio estúpido isso.

Emprego, Economia e Mercado de Trabalho

No Canadá não temos 13º salário. As férias geralmente são só duas semanas para quem acabou de chegar. Se quiser mais tempo, não será remunerado e vai ter que convencer o(a) chefe.

Pelo menos aqui no Québec, quanto mais tempo você trabalha na mesma empresa, maiores serão suas férias. Após 3 anos na mesma empresa você tem direito a 3 semanas de férias remuneradas.

Algumas empresas dão 1 mês inteiro para funcionários que trabalham há mais de 10 anos. Mas isso é norma de algumas empresas, não uma obrigação.

Algumas indústrias, ou setores, tem um período diferente. E algumas profissões também têm regras diferentes por causa dos sindicatos. Mas a regra geral é a dita acima.

Realidade bem diferente da brasileira.  Mas em compensação, se trabalha menos horas diárias. E quase ninguém te obriga a ficar depois do expediente. E se ficar, você receberá hora-extra ou algum tipo de compensação.

Existe uma dificuldade, para imigrantes, para aceder à profissões como médicos, enfermeiros, engenheiros, nutricionistas, dentistas etc. Quem já imigrou sabe do que estou falando.

Dificuldade imposta pelas devidas ordens profissionais. Porque são profissões bem remuneradas e óbvio que eles não querem aumentar a oferta, diminuindo assim o preço dos seus serviços. Revalidação, exames da ordem, tudo deve ser feito quase que do zero, e em outro idioma.

Óbvio que algumas profissões, realmente é bom que se tenha um controle. Principalmente as de saúde. Mas não deveria ser algo tão burocrático e demorado.

Taxa de desemprego em Montreal, em tempos normais, fica por volta de 6%, o que não é nada mal. O salário mínimo no Quebec, em janeiro de 2021 está atualmente em 13.10 dólares por hora. Não é o menor do Canada, mas das províncias que mais atraem mais imigrantes, é um dos mais baixo.

Um dos “problemas” é que não é fácil ter um bom emprego aqui se você não for fluente em inglês e francês.  Ou pelo menos fluente em um dos idiomas, e intermediário no outro.

Claro que isso vai depender da área (tanto de atuação profissional quanto geográfica). Existem empregos que pedem só inglês e zero de francês, mesmo aqui no Québec. Exemplos: pessoal de TI e o pessoal que trabalha com Efeitos Visuais.

E em cidades mais afastadas, no interior da Belle Province, empregos geralmente vão pedir apenas francês e inglês é apenas um diferencial, mas não uma necessidade para se conseguir o cargo.

Em Montreal, isso muda um pouco de figura, e muitos cargos pedem os dois idiomas. Já que é a maior cidade bilingue do mundo.

E por isso, é o mínimo que você deve ter para ser competitivo no mercado de trabalho. O ideal, se possível. é que você domine 3 idiomas para se destacar e ser competitivo.

O governo tem feito a sua parte no que se refere ao recrutamento de profissionais. Mas se omite um pouco nos programas de integração dos mesmos ao mercado de trabalho.

Até tentam, mas legalmente não podem interferir nos critérios das ordens profissionais, que são independentes. Então há um desperdício de muitos intelectuais que ficam à mercê do embrolho Governo x Ordem Profissional.

E acabam trabalhando em lanchonetes, bares etc. Aliás, nada contra, qualquer emprego é digno. Porém, tenho certeza que se você exerce uma certa profissão, gostaria de continuar a exercê-la, desenvolver ainda mais suas capacidades e não ser obrigado a mudar de área.

Inverno

Montreal, na verdade o Quebec todo, não é frio, é muito frio! Tente se apaixonar e se envolver nas atividades de inverno, do contrário você ficará em casa só hibernando (e engordando).

Cuidado com o peso! Minha experiência pessoal me diz que 70% das pessoas que chegam aqui ganham peso. Principalmente pela ansiedade que a imigração causa e pela vontade de desbravar a culinária local.

Montréal é uma cidade gastronômica, aqui você encontra de tudo um pouco. Comida grega, chinesa, vietnamita, malgaxe, mexicana, de tudo! Uma curiosidade: Montreal é uma das cidades com mais restaurantes per capita do mundo inteiro! Uma verdadeira Mecca da Culinária!

Cuidado com a pele. O clima aqui durante o inverno é bastante seco, o que faz sua pele ficar tão ressecada a ponto de criar problemas.

O hidratante passa a ser acessório obrigatório para mulheres e homens, bem como o colírio, e o hidratante/protetor labial. Sua pele e cabelo enfraquecem muito. De uma maneira que você não pode imaginar.

Vitamina D se tornará uma grande preocupação para seu bem estar corporal. Na verdade, não temos só 3 meses de inverno. De fato o frio perdura por quase 4 meses. Então, o sol não consegue chegar facilmente a sua pele, fazendo com que sua produção de vitamina D seja deficiente. Assim, você deve tomar suas doses diárias em comprimidos.

Dia a Dia e Conclusão

Alguns produtos alimentícios são bastante caros aqui. Porém, você pode buscar “marchés” que são como as feiras no Brasil. Lugar onde você pode encontrar produtos com preços mais em conta.

O leite e derivados são produtos muito caros aqui. Não aconselho que compre frutas no supermercado. Um abacate pequeno , por exemplo, custa 1 dólar que equivale a quase 3 reais! Leite custa em torno de 4 a 5 dólares.

Eu sei que quem converte não se diverte, porém impossível não comparar os preços desses produtos com os do Brasil e sei também que nada é perfeito. Um país maravilhoso como o Canadá e frutas tropicais baratas  seria o paraíso! (Risos).

Só que o contrário é verdade também. Existem coisas que são bem mais baratas aqui do que no Brasil. Principalmente os eletrônicos e produtos de beleza e saúde.

Aqui no Canadá, de maneira geral cartão de crédito não parcela. As compras são feitas à vista. A vantagem é que isso acaba evitando que você entre em dívidas impagáveis. Porém, fica complicado para comprar alguns eletrodomésticos, por exemplo.

Mas isso está mudando aos poucos. Algumas empresas permitem algo parecido com o “crediário” que temos no Brasil. E agências de viagens estão permitindo as pessoas a financiarem suas viagens.

Fiquei impressionada com a quantidade de fumantes aqui. São inúmeros, e me assusta a quantidade de jovens que fumam! E não preciso dizer que recentemente a venda da maconha foi liberada pelo governo.

Meu conselho final, como sempre é: Pesquise bastante e faça seus projetos da maneira mais racional possível. Estude, se prepare e se organize financeiramente. Encare a imigração com seriedade! O Google e mais especificamente o Site Imigrar serão seus melhores amigos nessa empreitada.

Não perca!

Se você quiser contar com meus serviços de consultor, é só mandar um e-mail para [email protected]Sou credenciado ao órgão regulamentador aqui no Canadá (ICCRC). Meu número de licença é: R705937

Inscreva-se no Site Imigrar Canadá e Quebec e seja notificado por e-mail sempre que um novo artigo ou post for publicado. É só colocar o endereço do seu e-mail abaixo:

Siga nosso Facebook e Instagram para ficar ligado em notícias como essas e muito mais. No Face e Insta tem conteúdo extra que não é publicado aqui.

Imigração Canadá? É aqui! Desde 2012 ajudando você a vir morar no Canadá. Sua fonte número 1 de informação sobre imigração para o Canadá!

Agora que você terminou de ler esse artigo, veja outros artigos: Clique Aqui!

Não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais usando os ícones abaixo!

Deixe o seu comentário

Posts Recentes

Site Imigrar (Esta janela vai fechar em 10 segundos)

Inscreva-se no Site Imigrar para receber as últimas atualizações por e-mail.