Categorias
Notícias Rankings

Canadá: um dos países mais felizes do mundo segundo ranking!

Recentemente foi anunciado um ranking dos países mais felizes do mundo. Ou seja: países aonde a população se sente feliz por morar neles. E o Canadá ficou muito bem posicionado! Os resultados foram anunciados no dia Internacional da Felicidade.

Sobre o ranking

A pesquisa que dá suporte ao estudo é chancelada pela UN (Nações Unidas). Por isso podemos encarar como algo sério. Os critérios são densos, e a análise é definitivamente bem trabalhada.

Ele é feito anualmente desde 2012, ou seja, este é o sétimo ano que eles o publicam. São 156 países ao todo, sendo analisados. E os critérios chaves são aqueles que contribuem com o bem-estar da população, tais como: renda, suporte social, liberdade (de escolha), generosidade, corrupção e expectativa de vida (saúde).

Deve ser por isso que o Brasil não ficou nos primeiros lugares. Sabemos o quanto nosso povo é feliz por natureza. Mas se pegarmos os critérios, veremos que deixamos a desejar e muito. Principalmente no renda e corrupção, não é verdade?

Infelizmente de uma maneira geral, a felicidade caiu em comparação com o estudo do ano passado. Um dos motivos apontados é a dependência nas redes sociais e eletrônicos. Que faz com que as pessoas interajam face a face, cada vez menos.

Uma explicação básica: no quesito corrupção, é como a população, de um modo geral, vê a corrupção no governo, nos agentes públicos, etc. É alta? Baixa? Afeta o país?

Proteção social é uma definição adotada pelas Nações Unidas e tem a ver com o fato de um país, ou seu governo, cuidar da população. Com medidas visando proteger pessoas da pobreza, desemprego, exclusão social, doenças, envelhecimento, etc. Ou seja, ligado ao bem-estar dos cidadãos.

Agora vamos ver a classificação!

Os Países Mais Felizes do Mundo

No caso da imagem não carregar ou algo assim, irei listar aqui o ranking também:

  1. Finlândia
  2. Dinamarca
  3. Noruega
  4. Islândia
  5. Holanda
  6. Suíça
  7. Suécia
  8. Nova Zelândia
  9. Canadá
  10. Áustria

Como curiosidade: os Estados Unidos ficaram na posição 19. E o Brasil?! Ficou na posição 32. Nada mal, não é? Porém eu li o relatório e posso dizer que o Brasil só conseguiu uma posição boa assim em grande parte pelo critério “generosidade”. Por ter pontuado muito bem nesse quesito, acabou tendo uma nota geral boa.

Generosidade, como um critério, é entre as pessoas em si, no trato, e isso o brasileiro (de um modo geral) tem de sobra.

Não é surpresa alguma que os países do norte da Europa ficaram bem colocados. Nova Zelândia, outro país que considerei imigrar, conseguiu ficar no top-10. Austrália vem logo após na posição de número 11.

Mas vamos ao foco do site que é, obviamente, o Canadá!

Como o Canada saiu no ranking

Apesar do Canada estar bem colocado, na verdade ele caiu duas posições em relação ao relatório passado. Lendo o relatório vemos que o país pontua relativamente bem em todos os critérios.

Porém um que ele não pontua tão bem quantos os outros na frente dele é no critério generosidade e suporte social. Posso dar minha opinião pessoal sobre esses dois pontos, pois já moro aqui há um bom tempo.

Generosidade: sim, o canadense é generoso, no trato entre eles, educado, respeitador. Porém não espere muita interação e simpatia gratuita. Não como temos no Brasil, por exemplo. O canadense é sim frio e distante (se compararmos com os brasileiros). A não ser que ele seja um dos seus melhores amigos, ele vai manter essa distância respeitadora. Mas, a educação estará sempre lá. Isso, óbvio, de uma maneira generalizada.

Proteção Social: Lá no começo expliquei do que se trata. E sim, o Canadá tem vários sistemas, medidas, programas sociais, que protegem à sociedade da pobreza, desemprego, saúde, envelhecimento, etc. Isso não tenho dúvidas. Mas então por qual motivo esse critério “derrubou” o Canada no ranking?

Na verdade, digo o contrário, o Canadá não pecou nesse quesito, e sim os outros países (principalmente os nórdicos) é que pontuaram bastante. Posso garantir que ficamos devendo muito pouco a estes países. Apesar de que aqui tem muito dessa visão de que você deve tomar conta de si próprio, do seu futuro. Enquanto em alguns países nórdicos os subsídios do governo são imensos. Mas será que isso é sustentável? Bem, isso é assunto para outro post.

Considerações Finais

Mais um ranking em que o Canadá está entre os melhores. Não é surpresa alguma. Aliás, é por isso que quis e investi tanto em imigrar para cá.

Não me arrependo dos sacrifícios que fiz, em nenhum momento. E posso dizer, pessoalmente, que sou muito mais feliz morando aqui do que quando morava no Brasil. Mas esse é o meu caso. Como também conheço pessoas que estão infelizes aqui, depressivos, e querem voltar para o Brasil.

Enfim, no mais quero pedir desculpas pela regularidade dos posts. Sei que tem gente que visita o site diariamente para ver se tem novidade. Conforme expliquei no post passado, uma colega de trabalho pediu demissão e por isso, por hora, estou extra-sobrecarregado. Ainda bem que ao que parece a pessoa que irá substituir minha ex-colega começará próxima semana e aí terei mais tempo para dedicar ao site e aos posts de imigração para o Canadá. Pois estes, por conta dos vários detalhes e nuances, leva muito tempo e dedicação para serem produzidos.

Para ver outros rankings postados no Site Imigrar acesse: https://imigrar.com.br/category/rankings/

Você pode acessar o relatório aqui: http://worldhappiness.report/ed/2019/

Se quiser ler o pdf pode acessar aqui: https://s3.amazonaws.com/happiness-report/2019/WHR19.pdf

Deixe o seu comentário