Saiba como conseguir a cidadania canadense


Cidadania Canadense: este é o guia mais completo na internet e nele vou explicar tudo sobre como conseguir a obtenção da cidadania.

O Canadá é um dos países de “primeiro mundo”, com ótima qualidade de vida, no qual se tornar um cidadão não é tão difícil. Conforme você irá descobrir.

Dependendo da informação que você está procurando, é só clicar no link acima e ir direto para a seção desejada. Ou você pode ler o guia inteiro, garanto que será uma ótima leitura.

Este guia está dividido em 4 partes:

  1. Aquisição da cidadania canadense como conseguir: requisitos, teoria, quem pode fazer a aplicação, etc;
  2. Como aplicar para a obtenção da cidadania na prática: documentação, passo a passo, etc;
  3. Como se preparar para o exame de conhecimentos gerais: dicas de estudo, app, simulados, testemunho do meu teste de cidadania e da minha entrevista, minhas dicas, etc.
  4. Como é a cerimônia para se tornar cidadão do Canadá.

Você vai aprender o que é necessário e também os passos para virar um cidadão canadense. E dessa maneira garantir o direito de morar no Canadá para sempre!

Passo a Passo da Cidadania Canadense (Resumo)

  1. Imigrar: o primeiro passo é imigrar para o Canadá, através de um programa de imigração, e assim virar residente permanente.
  2. Morar: o segundo passo é morar em território canadense por 3 anos (1095 dias). E também declarar imposto de renda.
  3. Exame & Entrevista: o terceiro passo é passar no teste de conhecimentos gerais sobre o Canadá, e na entrevista com um oficial de imigração, que irá conferir a documentação.
  4. Cerimônia: o quarto e último passo é comparecer à cerimônia de cidadania, fazer juramento à rainha Elizabeth II, e enfim receber o certificado de cidadão do Canadá.

Não se preocupe, iremos explorar tudo que existe sobre o assunto!

Vamos lá?

Cerimônia de Cidadania Canadense e Exame
Cerimônia de Juramento para Obtenção da Cidadania Canadense

Cidadania Canadense Como Conseguir

Um pouco de teoria e história

De uma forma geral tem duas maneiras de se conseguir a cidadania no mundo: Jus soli e jus sanguinis. A primeira diz respeito ao local de nascimento e a segunda ao sangue/descendência.

Cada país adota um dos princípios ou uma combinação deles.

O Canadá adota o jus soli: ou seja, de uma maneira geral, é cidadão canadense qualquer pessoa nascida no território canadense. Simples assim.

A Itália, por exemplo adota o jus sanguinis, e é por isso que muitos brasileiros acabam adquirindo a cidadania italiana: por ter um descendente italiano na família.

Outro termo é o nato e o naturalizado. Conforme o nome diz, nato é aquele que já nasceu com a nacionalidade de um país (seja por jus solis ou jus sanguinis).

E o naturalizado é o que adquiriu posteriormente (caso dos permanent resident, ou seja: os residentes permanentes no Canadá).

Um dos problemas do jus soli é que ele pode sofrer abusos. Tem um caso famoso (e verídico) nas quais famílias de um determinado país (não vou citar o nome) encheram um navio com mulheres grávidas prestes a dar à luz.

E estavam vindo em direção ao Canadá. O plano era simples: ter o bebê em solo canadense pois assim a criança já nasceria automaticamente canadense.

Porém, alguém avisou à imigração canadense e eles conseguiram interceptar o navio e mandar de volta.

Canadá uma nação sem cidadãos

Até 1947, o Canadá era uma nação sem cidadãos. Pessoas moravam aqui, óbvio, porém os “canadenses” eram na verdade britânicos!

Só em 1 de janeiro de 1947 é que a cidadania canadense foi “criada” e começou a valer e existir de fato.

Diferença entre a Cidadania Canadense e a Residência Permanente

Você não precisa ser cidadão canadense para morar no Canadá para sempre e ter praticamente todos os direitos que um canadense nato ou naturalizado tem.

Aliás, há poucas diferenças entre um cidadão e um permanent resident (PR). As duas principais: o cidadão tem direito a um passaporte e também a votar e ser votado nas eleições municipais, provinciais e federais.

Mas existe uma diferença marcante: o residente permanente no Canadá pode perder seu direito, enquanto um canadense nunca perderá salvo raríssimas exceções.

Já o residente permanente tem por exemplo a obrigação de estar fisicamente presente no Canadá por pelo menos 730 dias (2 anos) a cada 5 anos.

Esses dias não precisam ser contínuos. Por exemplo: você pode passar 1 ano no Canadá, em seguida 2 anos no Brasil, daí mais 1 ano aqui e 1 ano novamente fora e desta maneira você cumpriu a regra de 730 dias em terras canadenses.

Outra forma dos residentes permanentes perderem seu status é se cometerem um crime “sério”. Detsa maneira a pessoa passa a ser inadmissível. Mesmo que esse crime seja cometido em outro país.

E você terá que fornecer antecedentes criminais da maioria dos países no qual viveu. Quando for aplicar para virar cidadão.

Dependendo da gravidade do crime, de quando foi cometido, etc, há alternativas. Mas não vamos entrar nesses detalhes. Se quer imigrar para o Canadá: não cometa crimes! Aliás, não os cometa de maneira alguma, o mundo agradece!

Cerimônia de Cidadania em 360 graus

Quem tem direito de aplicar

Apesar de não ser tão difícil de obter o tão sonhado certificado de cidadania, comparando com outros países, o processo para obtê-la, tem sim burocracia e muitos detalhes.

Para ter o direito o aplicante tem que atender aos requisitos:

  • Residência permanente no Canadá;
  • Morar no Canadá por pelo menos 3 anos (1095 dias) dentre um período de 5 anos;
  • Ter declarado imposto de renda nos últimos 3 anos da data da aplicação;
  • Fazer um teste (e passar) de conhecimentos gerais do Canadá;
  • Fazer um exame de conhecimentos linguísticos (se necessário) que prove que você consegue se comunicar em uma das duas línguas oficiais do Canadá: inglês ou francês.

Alguns comentários importantes:

Não importa como obteve sua residência permanente no Canadá. Se foi Express Entry, PGWP, AIPP, etc.

Os 1095 dias não precisam ser contínuos. E existem exceções, como por exemplo, morar fora do país acompanhando um cidadão canadense.

O imposto de renda é só para quem é obrigado a declarar. O teste de conhecimentos gerais e linguísticos é obrigatório só para quem tiver entre 18 a 54 anos.

E existem outras formas de se provar o conhecimento de um dos idiomas oficias para a obtenção da cidadania. Como mostrar um diploma ou a participação em um dos cursos oferecido pelo governo canadense.

Você só precisa das notas de Speaking e Listening. A nota de corte é CLB 4, que convenhamos, não é nada difícil de se conseguir. Mesmo sem estudar dá para conseguir esta nota.

E, conforme dito: é aceito provas para o inglês ou francês. Tanto faz. Nenhum vale mais do que o outro, e independe da província canadense que você morar no Canadá. Sobre o teste de conhecimentos gerais iremos falar mais abaixo.

Ter sido preso pode atrasar o começo da sua aplicação. Se é o seu caso, melhor contratar um consultor de imigração.

Uma dica é não esquecer de declarar imposto de renda. Pode parecer uma dica “besta”, mas muitas pessoas não lembram de fazê-lo nos primeiros anos. E isto irá atrasar sua aplicação.

Ex-Ministro da Imigração do Canadá: Ahmed Hussen
Ex-Ministro da Imigração do Canadá, Ahmed Hussen, participando de uma cerimônia

Como obter a Cidadania Canadense?

Agora que você viu quem tem direito, vamos ver como fazer para aplicar. Podemos dividir em etapas, quais sejam:

  1. Preenchimento dos Formulários;
  2. Organização da documentação;
  3. Pagamento das taxas;
  4. Envio do dossiê;
  5. Teste de Cidadania (Conhecimento Gerais); e
  6. Cerimônia de obtenção da Cidadania Canadense.

Os formulários são diferentes dependendo se é um adulto (18 anos ou mais) ou um menor de idade (17 anos para baixo). Você vai precisar preencher, pelo menos, 3 formulários para cada pessoa da sua família que esteja aplicando para a cidadania no Canadá.

Entre eles o obrigatório Physical Presence Calculator. Que vai mostrar se você já tem ou não direito à cidadania canadense.

 Physical Presence Calculator
Formulário Physical Presence Calculator – Contando tempo da pessoa no Canadá

Nele você terá que colocar todas as viagens que fez para o exterior. Mesmo que tenha sido um único final de semana nos Estados Unidos, por exemplo.

O motivo é que eles querem calcular quanto tempo você esteve vivendo no Canadá até o momento da aplicação. Salvo algumas exceções, só irá contar sua presença física no país na aquisição da cidadania.

Atenção: se você esquecer de responder uma única linha obrigatória. E/ou de algum documento. Eles enviam de volta toda a sua aplicação e você terá que submeter tudo de novo.

Para ficar ainda mais claro: digamos que você esqueceu de mandar a cópia do passaporte da sua esposa no pacote. Eles vão enviar TUDO de volta, inclusive o seu, mesmo que completo. Infelizmente eles não “seguram” o dossiê e requerem somente algo que esteja faltando.

E o prazo não conta até que tudo esteja perfeito. O prazo atual é de em média 12 meses.

Digamos que você enviou tudo em abril para o Ministério de Imigração. Mas por um erro seu, em julho você recebe toda a aplicação de volta.

Você envia novamente o dossiê. Porém o prazo vai começar a contar a partir da segunda vez que você enviou e não da primeira.

Eles tem uma checklist que você tem de seguir rigorosamente. Você encontra o checklist no site da imigração canadense (IRCC). O link estará no final do artigo.

Não Minta ou Omita!

De maneira alguma minta ou omita nos formulários. Se você tentar ocultar ou alterar alguma informação e o IRCC (Ministério de Imigração do Canadá) descobrir…

Você será acusado de Misrepresentation/Fraude e ter seu pedido negado. Dependendo do caso até ser expulso do país! Além do mais é crime federal (contra a Lei de Imigração do Canadá (IRPA).

E o pior: não só você não conseguirá a cidadania canadense como também pode ter todo o seu processo de imigração de residência permanente no Canadá (permanent resident) anulado.

Exemplo Prático

Digamos que você omita algo e na hora e eles não descubram (tipo que você tenha sido preso quando estava de férias em Bahamas, por exemplo).

Daí você se tornou cidadão, está feliz da vida, etc. Por algum acaso, anos após você ter recebido sua cidadania, o Governo descobre sobre o crime cometido em Bahamas e que não foi relatado por você na aplicação.

Advinha o que acontece? Sua cidadania canadense será sumariamente anulada e você pode até ter que responder por fraude em um tribunal!

Por isso até recomendo que você contrate um profissional credenciado (como um Consultor de Imigração registrado no ICCRC) para te ajudar a preencher a aplicação.

Sim, é possível fazer tudo por conta própria. Mas depois de ver algumas pessoas se metendo em confusão, as vezes por erros bestas, dossiês voltando, perdendo tempo, dinheiro, etc.

Passei a acreditar que as vezes é melhor pagar e ter a garantia de que tudo irá ser feito de maneira suave e sem dores de cabeça para os aplicantes.

Se for fazer por conta própria, revise 10 vezes cada formulário! E o checklist umas 50 vezes para ver se não está faltando nada! E claro, salve esse guia nos seus favorito.

As Taxas

Esse valor pode mudar sem prévio aviso. Mas agora, final de março de 2020, a taxa é de $630 por pessoa para maiores de 18 anos e $100 dólares por pessoa para menores de 18 anos.

O pagamento é online usando um cartão de crédito ou débito. Pode usar cartão de terceiros (de um parente ou amigo, por exemplo). Não tem problema algum.

É necessário enviar o comprovante de pagamento junto com o seu dossiê!

Envio do Dossiê

Depois de tudo pronto e recolhido você vai enviar o pacote para o Centro de Processamento que fica na cidade de Sidney, Nova Scotia.

Não vou colocar o endereço pois este pode mudar. As vezes o governo canadense muda para onde um determinado assunto de imigração tem de ser enviado. Por isso é bom sempre olhar no site da imigração canadense.

Guia-Exame-Cidadania Canadense

Como se preparar para o Exame de Aquisição da Cidadania canadense

Nesta seção vou compartilhar com vocês o que eu fiz para me preparar, o que usei e também um relato da minha entrevista com o oficial de imigração.

Teve até uma pergunta pegadinha que ele fez, e se eu não estivesse atento poderia ter me complicado bastante!

Se você ainda está no Brasil, longe do sonho de vir morar no Canadá, quem dirá virar cidadão canadense, e usufruir dessa qualidade de vida maravilhosa, não se preocupe.

Pois o procedimento e o exame não mudam. Provavelmente é o mesmo há mais de 15 anos E vai continuar assim. Tirando mudanças pequenas.

Por isto um dia este artigo poderá vir a ser útil. Sempre estará aqui no site. Você pode achar usando a barra de pesquisa. Se alguma mudança acontecer, o guia será atualizado, fique seguro disto.

Conforme eu disse vou dizer exatamente o que funcionou mais para mim. E dar minhas impressões do que foi mais útil. Tendo feito o exame e a entrevista, e passado, agora tenho bem mais “autoridade” sobre o assunto.

Antes um resumo (breve) de como é o exame.

Formato do exame de conhecimentos gerais

A prova é sobre conhecimentos gerais, geografia e história do Canadá. As perguntas serão sobre:

  • História do país;
  • Geografia (províncias e suas capitais);
  • Economia;
  • Governo;
  • Leis; E
  • Símbolos.

O exame pode ser em inglês ou francês (meu caderno de questões tinham as duas línguas, ou seja: você que escolhe qual usar). A duração é de 30 minutos.

São 20 questões e o candidato tem de acertar pelo menos 15. As questões podem vir em dois formatos: múltiplas escolhas e verdadeiro ou falso.

A prova é no papel. No lugar que eu fiz usamos lápis e borracha, que foram fornecidas por eles. Daí você lê as perguntas na prova e assinala as respostas no cartão de respostas.

Vídeo oficial do Governo sobre o Teste de Cidadania

Impressões Pessoais do Exame

Infelizmente eu não posso compartilhar com vocês as perguntas. Não posso nem citar. Seria crime. E meu processo poderia ser anulado se o fizer.

Tudo isto é dito lá na hora por uma das oficiais do Ministro da imigração. Aliás, eles se chamam “oficiais de cidadania”, mas para não ficar confuso vou adotar o termo imigração mesmo.

Se fosse permitido, acreditem, eu iria listar aqui todas as questões que tive, para ajudá-los. Mas tenho certeza (pela idade do papel com as questões) que eles vem usando as mesmas perguntas há pelo menos 10 anos ou mais!

Porém, sem citar as questões, posso dizer como é o exame em si. E posso afirmar que ele é bem fácil e “simples”. Você tem o enunciado, quatro opções (se for múltipla escolha) ou duas se for verdadeiro ou falso. E é isso!

Totalmente sem enrolação! O que estou querendo dizer é que no enunciado das questões não vai ter encheção de linguiça. A pergunta vai ser bem direta e as opções claras.

Dito isto, vou dar um exemplo:

Exemplos de perguntas usando o Brasil

Vou criar dois exemplos da minha própria cabeça usando o Brasil. Uma de múltipla escolha e outra verdadeiro ou falso.

Esses exemplos não estiveram na minha prova. Porém, simulam exatamente o formato de questões que você irá encontrar no exame de conhecimentos gerais para a obtenção da cidadania.

E assim vai te dar uma boa ideia. Vamos lá!

Exemplo 1 (múltipla escolha):

Pergunta: A maior cidade do Brasil em termos populacionais é:

A) Brasília;
B) Rio de Janeiro;
C) São Paulo;
D) Salvador.

Exemplo 2 (Verdadeiro ou Falso):

Pergunta: A capital do Brasil é Brasília. Essa afirmação é:

A) Verdadeira;
B) Falsa.

Não quer dizer que as questões serão tão fáceis assim. Aliás, algumas até eram. E é disto que irei falar agora.

Minha impressão da prova

Depois de ver as questões, posso afirmar que algumas questões são praticamente “dadas” de graça ao candidato.

Usando meu exame como exemplo, das 20 questões, umas 13 questões senti que eram “presentes” do governo canadense para mim.

Eram tão fáceis que até sem estudar eu (e a maioria das pessoas vivendo no Canadá) teriam respondido sem problema algum e acertado.

Mas isso nos deixa com 7 questões restantes. E estas não eram tão simples como as 13 citadas acima. Porém das 20, apenas 3 eu fiquei com algum tipo de dúvida se estava marcando a opção certa.

Elas realmente me fizeram pensar profundamente. E mesmo assim ainda não saí com 100% de certeza.

Por isto, apesar do exame ser fácil, recomendo estudar antes. Pois pode acontecer de você acertar apenas 14, por exemplo.

Quem passou pela escola e universidade sabe que tem dias que não estamos na nossa melhor forma para exames. E com o teste de cidadania você não escolhe o dia e nem o horário.

Você pode terminar a prova com a impressão: nossa eu estudei para isso?! Porém, o que não pensamos é que por termos estudados o exame pareceu até mais fácil do que já é! Não é verdade?

Agora vamos para um dos principais tópicos de todo o artigo:

O que (verdadeiramente) me ajudou a passar no exame obrigatório para aquisição da cidadania canadense

Não tem segredo. Você tem de ler pelo menos uma vez (ou mais) o Discover Canada: The Rights and Responsibilities of Citizenship.

Você lerá do começo ao fim. O que eu fiz foi: eu li uma vez e escutei o áudio do começo ao fim duas vezes. Enquanto eu dirigia, escutava.

Cidadania Canadense e Exame - O Guia
O guia oficial de estudo para o exame de conhecimentos gerais do governo canadense

O Discover Canada é gratuito. E têm em vários formatos:

Inclusive eu pedi o guia pelo site deles e chegou direitinho aqui em casa. Não paguei um único centavo! Muito bom mesmo.

Depois de estudado o guia, parti para os simulados. Aliás, isto é o que vai te ajudar mais do que tudo. Eu baixei vários apps e fiz alguns online também.

Só que teve um que na minha opinião, me ajudou mais do que todos os outros. E na opinião da minha esposa também.

Claro que vou compartilhar aqui com vocês. Eu uso (e sempre usei) Android, não tenho Iphone, por isso não sei dizer se tem na Apple Store e qual seria seu nome lá. Mas talvez tenha o mesmo ícone.

Na Play Store (Google) é este aqui:

Canadian Citizenship Teste Free 2020 app

O link dele é esse: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.ionicframework.cacitfree172199

Imagem do APP na PlayStore do Google

Não estou dizendo que esse é o melhor. Mesmo porque não testei todos. Porém, este foi o que acabei usando mais. Respondi os 23 simulados (por volta de 460 questões) do aplicativo.

E sabe qual o motivo que estou o “recomendando”? Simplesmente pelo fato de que no exame de cidadania encontrei questões com o mesmo enunciado e as mesmas opções das questões do app! Sério mesmo. Questões idênticas!

Até paguei 3 dólares para desbloquear todos os simulados (de graça você só tem direito a 12). Cada simulado tem 20 questões. E o desenvolvedor diz que se você não passar no exame, ele devolve o seu dinheiro. Espero que ninguém precise disso!

Tem também uma função chamada Timeline que conta a história do Canadá de forma enxuta, citando algumas das principais datas históricas, bem como nome de personalidades canadenses que podem cair no teste.

Eu li essa timeline cinco vezes para fixá-la bem na minha mente. Aconselho a fazerem o mesmo! Lembrando que não conheço o desenvolvedor do aplicativo. Não estou ganhando nada para recomendá-lo (infelizmente, rs).

Aliás, as perguntas nele são bem mais difíceis do que no exame de conhecimentos gerais verdadeiro. O que acho vantajoso, pois acostumado com perguntas complicadas, quando ver as simples, vai ser mais fácil.

Se não achar este aplicativo, use outro ou outros. O importante é fazer o máximo de simulados possíveis. É o que vai te ajudar mais. Até mais do que ler o booklet oficial.

O que acontece se a pessoa não passar no teste?

Se você falhar o teste de cidadania, você terá uma nova chance. Se não passar novamente, então irá ter uma entrevista com o oficial de imigração e ele vai tentar entender o que está “acontecendo” de errado.

O teste é relativamente fácil, por isso o oficial vai achar estranho uma pessoa estar falhando mais de uma vez.

O único cenário que vejo isso acontecendo é por pouco conhecimento de uma das línguas oficiais do país: inglês ou francês. Já que o exame será obrigatoriamente nesses dois idiomas.

A entrevista para obtenção da Cidadania Canadense

Você conseguiu atender aos requisitos, fez o exame de conhecimentos gerais e passou. Pronto! Agora você é um cidadão ou se tornou cidadã canadense? Not just yet

Depois do teste, você vai aguardar para se encontrar com um oficial. Casais vão separados. Ou seja: a entrevista é individual. Ele vai ter uma pasta com os seus documentos dentro dela.

Estes documentos são as cópias dos que você enviou quando aplicou para a cidadania no Canadá. Ele vai ter seus formulários, a prova de exame de conhecimento linguístico, antecedentes criminais, etc.

O oficial vai muito provavelmente folhear seus passaportes para ver todos os carimbos de entrada e saída das viagens que você fez. Conforme dito anteriormente: você tem de morar no Canadá como residente permanente por 1095 dias para poder aplicar para a cidadania.

E é por isso que ele vai fazer esse procedimento. Para averiguar se você teve presença física permanente no Canadá, pelo tempo obrigatório nos últimos 5 anos.

Para cada pessoa as perguntas serão diferentes, mas vou elencar as que ele me fez:

  • Quando você veio pro Canadá pela primeira vez?
  • Há quanto tempo você está vivendo no Canadá?
  • Qual foi a sua última viagem fora do Canadá?
  • Eu vi que você foi à França, tem parentes lá?
  • Aonde você trabalha e o que faz lá?
  • Quando você se tornou residente permanente no Canadá? 
  • Qual o trabalho da sua esposa? Quando ela veio morar no Canadá?
  • Vi que vai com frequência aos Estados Unidos, tem algum motivo em específico?

A Pergunta “Pegadinha”

No meio de todas essas perguntas que ele estava fazendo, o oficial na maior naturalidade perguntou: “Seus filhos já vieram te visitar aqui no Canadá?”

Acontece que eu não tenho filhos. Nunca tive! Pelo menos não por enquanto. E ele sabia disso. E na hora eu percebi que ele estava jogando “verde”, tentando me “pegar”.

Quando alguém aplica para a residência permanente ela tem de listar todos os seus dependentes. Mesmo que eles nunca cheguem a morar no Canadá com a pessoa.

E foi por este motivo que ele fez essa pergunta. Para ver se eu tinha mentido na aplicação para aquisição da cidadania.

Algumas pessoas não listam os filhos que moram com os ex-maridos ou ex-esposas, por exemplo. Pois isto implica em alguns fatores.

Alguns exemplos (que não se aplica a todos os casos) é a obrigatoriedade dos filhos fazerem exames médicos (mesmo que não venham morar no Canadá) e aumenta também a necessidade de comprovação financeira.

Se a pessoa omite isto na aplicação para a residência permanente, todo o processo dela pode ser anulado. Não só a cidadania canadense vai ser negada como o permanent resident card (PR) pode também vir a ser cancelado.

Assim a pessoa passa a ser inadmissível e será “convidada” a se retirar do país. Por isso é importante nunca mentirmos ou omitirmos nada quando queremos imigrar para o Canadá!

Se eu me atrapalhasse e respondesse “sim” para a pergunta se meus filhos (que nem existem) tinham vindo me visitar aqui, então eu teria um grande problema.

Provavelmente ele iria me fazer várias perguntas sobre isso. E com certeza meu processo seria pausado até que eu provasse para o Ministro da Imigração que eu não tinha filhos. Mas seria uma grande dor de cabeça.

Por isso prestem atenção às perguntas. Não responda nada muito rápido, sem pensar antes. Se não entenderem bem, peçam para o oficial repetir e falar mais devagar.

Documentação que se deve levar

No dia do teste e da entrevista você deve levar consigo o seguinte:

  • O e-mail (ou carta) convocando você para o teste. (Chamado de Notice to Appear);
  • Seu cartão de PR (residente permanente), se você tiver um;
  • Duas peças de identidade. Uma obrigatoriamente com foto e assinatura (Carteira de motorista, por exemplo);
  • Todos os passaportes, o válido e também os expirados, que você listou nos formulários;
  • O certificado, diploma, etc, que prova seu conhecimento linguístico mínimo. (Como o resultado do IELTS, por exemplo);
  • E qualquer outro documento que eles tenham requerido no “Notice to Appear”.

A Cerimônia de Cidadania Canadense

Depois de tudo aprovado, o aplicante será chamado para comparecer a uma cerimônia aonde ele irá prestar um “juramento à cidadania” e a sua majestade a Rainha Elizabeth II da Inglaterra.

Isso mesmo, ela é também rainha do Canadá, se você não sabia!

Rainha Elizabeth visita o Canadá e os canadense; Cidadania;
Rainha Elizabeth II. Monarca do Canadá.

A cerimônia de cidadania geralmente ocorre entre 2 à 3 meses depois de feito o teste de Conhecimentos Gerais (se aprovado, é claro).

O aplicante receberá um convite (por e-mail) dizendo local e horário para comparecer. Ela é obrigatória para todas as pessoas com mais de 14 anos de idade! Menores de 14 anos podem ir, se quiserem. Porém não é necessário.

meu convite para a cerimônia de cidadania
O convite que recebi para a cerimônia de cidadania

Acima você vê um screenshot do convite recebido por mim, para a minha cerimônia.

O aplicante receberá um e-mail com 1 mês de antecedência e se não for possível comparecer a pessoa tem que contactar o IRCC (Ministério de Imigração e Cidadania) e dizer as razões pela qual não poderá comparecer e tentar remarcar.

Atenção: se o motivo não for razoável e/ou você perder a sua cerimônia, você simplesmente não irá se tornar cidadão canadense e vai ter de refazer boa parte do processo novamente!

Outro detalhe é que sua presença física na cerimônia é obrigatória se você quiser receber o certificado de cidadania. Não tem como receber pelas mãos de um terceiro.

O que trazer no dia da cerimônia de obtenção da cidadania:

  • O aviso convidando você para a cerimônia;
  • Uma cópia do formulário Permission Release and Consent form (eles vão enviar para você com antecedência);
  • Seu cartão de permanent resident (PR), mesmo que expirado ou a Confirmação de PR;
  • 2 peças de identificação. Uma tem que ter a fotografia e assinatura (como a carteira de motorista). O passaporte brasileiro pode ser um dos dois documentos, e ele é obrigatório de qualquer maneira.
  • Não só o atual passaporte, mas qualquer um que também tenha expirado e foi listado na aplicação;
  • Se você tiver dupla ou tripla nacionalidade, levar todos os passaportes;
  • Opcional: um livro sagrado (como por exemplo a bíblia), para você colocar a mão em cima na hora do juramento.

A cerimônia é em grupo! Ou seja, outras pessoas que você não conhece também estarão lá. No decorrer você vai dizer o juramento à rainha, às leis, etc, e depois cantar o hino: O Canada!

O juramento é este aqui:

I swear (or affirm)
That I will be faithful
And bear true allegiance
To Her Majesty Queen Elizabeth the Second
Queen of Canada
Her Heirs and Successors
And that I will faithfully observe
The laws of Canada
And fulfill my duties as a Canadian citizen.

Vídeo oficial do Governo do Canadá sobre a cerimônia de cidadania

Conclusão & Links Úteis & Fontes

Neste guia (o mais completo da internet inteira) detalhei com profundidade como se tornar um cidadão, como aplicar, sobre a cerimônia e principalmente o que me ajudou a passar no exame de Cidadania no Canadá (e da entrevista).

Repito: o exame de conhecimentos gerais é fácil. E a entrevista é mais uma conferência de documentos. O Canadá só quer ter certeza absoluta de que tudo o que você disse na aplicação era verdade.

Eles fazem isto pois o passaporte canadense é concedido aos que se tornam cidadão. E isto é uma grande responsabilidade!

O principal fator de conferência é se o aplicante realmente esteve fisicamente presente no Canadá pelo tempo estipulado.

Digo isto, pois o oficial de imigração folheou meus passaportes e a cada visto que via, ele marcava no formulário que tinha na frente dele com todas as viagens que fiz.

Casais devem ter cuidado para não se desmentirem ou se contradizerem. Pois isto pode complicar.

Minha esposa é instrutora de Pilates. Se ele pergunta o que ela faz e eu digo que ela é instrutora de Yoga, aí posso me preparar para a dor de cabeça de ter de explicar por qual motivo não sei nem dizer o que minha parceira faz da vida.

Ao ler esse guia você estará mais do que preparado (junto com o estudo e as respostas do simulado) a passar no Exame de Cidadania no Canadá. E a saber o que encontrar na entrevista.

Obter a cidadania canadense é um sonho. Porém, é um sonho ao alcance de milhares de pessoas. E tudo começa com o primeiro passo: se tornar residente permanente.

Alguns vão vir estudar, outros irão aplicar pelo Express Entry, ou pelo AIPP (Atlantic Immigration Program), mas para o país não importa qual processo de imigração você usou. Todos levam ao almejado objetivo.

Após a obtenção da cidadania e na condição de cidadão, você poderá requerer um passaporte canadense. E também votar nas eleições e decidir o futuro do país que você escolheu como lar.

Contribuindo assim para que a famosa qualidade de vida canadense não só continue como está, como melhore ao decorrer dos anos.

Não deixe de seguir nossas redes sociais. Nosso Facebook e Instagram. Lá inclusive posto coisas que acabam não sendo publicadas no site.

Um último detalhe. Para quem não sabe, é possível ter dupla cidadania: a canadense e a brasileira, sem problema algum.

Fontes:

Como se preparar para o exame de conhecimentos gerais: Citizenship Test

IRCC (Ministério de Imigração do Canadá). Site Oficial do Governo Canadense. Todas as informações e formulários você encontra aqui: Aplicando para a Cidadania Canadense

Para saber mais da Cerimônia e até ver um vídeo sobre clique aqui: Cerimônia de Juramento à Cidadania e à Rainha

Não perca!

Se você quiser contar com meus serviços de consultor, é só mandar um e-mail para [email protected]Sou credenciado ao órgão regulamentador aqui no Canadá (ICCRC). Meu número de licença é: R705937

Inscreva-se no Site Imigrar Canadá e Quebec e seja notificado por e-mail sempre que um novo artigo ou post for publicado. É só colocar o endereço do seu e-mail abaixo:

Siga nosso Facebook e Instagram para ficar ligado em notícias como essas e muito mais. No Face e Insta tem conteúdo extra que não é publicado aqui.

Imigração Canadá? É aqui! Desde 2012 ajudando você a vir morar no Canadá. Sua fonte número 1 de informação sobre imigração para o Canadá!

Agora que você terminou de ler esse artigo, veja outros artigos: Clique Aqui!

Não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais usando os ícones abaixo!

4 thoughts on “Saiba como conseguir a cidadania canadense

  1. Oi, Alfredo.
    Não. Você precisa da nota geral CLB 4. No IELTS isso equivaleria a:
    Reading -> 3.5 Writing -> 4 Listening -> 4.5 e Speaking -> 4
    Você pode ver a tabela oficial do Governo do Canadá aqui: CLB to IELTS

    Att,
    Rafael

  2. Amigo, com relação a prova do ielts,para o aipp, tenho dúvidas c relação a nota, preciso de 4 em todas as etapas?? Mandei msg pra vc no Instagram tb! Forte abraço

  3. Oi, Raquel.
    Obrigado pelos elogios! :)
    Depois de obtida a cidadania canadense, não irá mais contar os dias. Pode ir e vir sem problema. Pode passar 15 anos no Brasil, por exemplo, e se quiser voltar a morar no Canadá, pode voltar sem problema algum.

    Atenciosamente,
    Rafael Alencar

  4. Oi.
    Sempre acompanho seus post. Ainda no processo do CSQ no Brasil. Me ajudou muito. Parabéns. Uma linguagem fácil.
    Tenho uma dúvida, depois da cidadania canadense, ainda vão contar seus dias morando aqui ou posso ir e vir sem problema nenhum?
    Obrigada

Deixe o seu comentário

Posts Recentes

Site Imigrar (Esta janela vai fechar em 10 segundos)

Inscreva-se no Site Imigrar para receber as últimas atualizações por e-mail.