Nova Scotia anuncia nova categoria de imigração que em tese é menos difícil de imigrar – Parte 1

Nova Scotia anuncia nova categoria de imigração que em tese é menos difícil de imigrar – Parte 1

Nova Scotia costumava ser uma boa província para se imigrar para o Canada pois contava com categorias facilitadas de imigração, assim como Manitoba. Porém uma das categorias menos difíceis (eu costumo dizer que não existe jeito fácil de imigrar para o Canada e sim maneiras menos difíceis) foi “abolida” que era a categoria “Identificação com a Comunidade”. E assim Nova Scotia, e sua encantadora Halifax ficaram um pouco esquecidas. (Aqui no Site Imigrar né? Pois os outros sites sobre imigração para o Canada nem sabiam que existia uma província chamada Nova Scotia, rs).

Imigrar para Halifax - Nova Scotia - Canada

Muitas pessoas nos fóruns estrangeiros diziam que estava sendo feito um novo programa (inclusive eu falei isso nos comentários e no fórum) e que esse novo programa seria ainda melhor. E não é que estávamos certos? Nova Scotia abriu uma nova categoria de imigração que se chama Regional Labour Market Demand que em uma tradução livre seria: Mercado de Trabalho Regional em Demanda. E essa nova categoria não é das mais complicadas para se imigrar para o Canada e assim constitui uma boa briga com Manitoba para atrair imigrantes. Vamos descobri-la.

Apresentação Oficial

A nova categoria Regional Labour Market Demand foi criada visando selecionar pessoas que preencham as necessidades do mercado de trabalho de Nova Scotia para ocuparem posições permanentes e que desejem viver (e permanecer) na província de Nova Scotia.

Applicants are not required to have a permanent, full-time job offer from a Nova Scotia employer at the time of submitting their application; however, they must intend to pursue employment in an occupation that is in demand in the Province. To determine whether your intended occupation is in demand, please refer to the following list

A boa notícia: os aplicantes não precisam ter uma oferta de trabalho permanente! Porém eles precisam ter uma perspectivas de ocupar uma profissão que esteja em demanda na província. Traduzindo: para poder aplicar sua profissão/ocupação precisa estar em demanda na província que tem uma lista com quais ocupações são essas.

Como podemos ver não é uma categoria muito diferente da do Quebec. Porém é uma província inglesa e o processo ao que indica é mais rápido (e barato) que o da Belle Province (Quebec).

A lista de profissões é essa:

GDE Error: Error retrieving file - if necessary turn off error checking (404:Not Found)

Entre algumas que vi na lista estão várias da área de TI, Engenharia Civil, Dentistas, Fisioterapia, Farmacêuticos, Enfermeiras (daqui a pouco vão começar a pagar para os enfermeiros imigrarem, rs), Psicólogos, entre outras.

Eu pensei em traduzir todas as profissões mas daí pensei: se a pessoa não tem inglês suficiente nem para saber ou descobrir o nome da profissão dela em inglês então é melhor ela nem se dar ao trabalho de imigrar pois dificilmente será bem sucedida na empreitada.

Claro que muitas das profissões são regulamentadas. Porém isso não exclui essas pessoas do processo. Porém as pessoas que tem a profissão regulamentada (como engenharia, área de saúde, etc) deverão demonstrar no plano de residência e emprego (Employment and Settlement Plan) que sabem como regulamentarão sua profissão em Nova Scotia. Atenção: não é preciso chegar lá com a profissão regulamentada (o que seria meio que impossível já que muitas das Ordens Profissionais pedem exames in loco) mas sim demonstrar e provar que SABE como regulamentar a profissão lá, o que é necessário, pelo o quê passará, etc.

Sobre o Processo

O processo é composto de duas partes (como a maioria): Primeiro você é avaliado pela província de Nova Scotia e se for aprovado receberá uma carta de selecionado pela província daí seu processo seguirá para o CIC (Ministério de Imigração do Canada) que investigará seu passado e sua saúde. Se você estiver ok nesses critérios geralmente obterá seu visto do CIC sem maiores problemas.

O processo provincial é totalmente gratuito, o que é uma ótima notícia.

Importante: Não existe prazo final para poder aplicar por essa categoria porém o processo poderá mudar a qualquer momento e sem aviso algum. Porém para nossa sorte o site oficial nos avisa: Os processo serão julgados segundo os critérios que estavam valendo na data em que receberam a aplicação. Exemplo: digamos que eles receberam sua aplicação no dia 01 de setembro e no dia 15 de setembro as regras mudam, sua profissão sai da lista, etc, porém seu processo será analisado exatamente conforme as regras que estavam valendo no dia 01 de setembro (as regras antigas) e não as novas do dia 15.

Dica: Aplique o mais rápido possível!

Critérios

Existem critérios mínimos para poder aplicar para essa categoria de imigração. Vamos a eles:

  • Você deve ter de 21 a 55 anos;
  • Você deve ter alcançado no mínimo a nota 5 no CLB. Isso equivale a um IELTS nota 5 em Compreensão, Escrita e Fala e nota 4 em Leitura. Convenhamos que não é uma nota muito difícil de alcançar. Média 5 em IELTS não é nada do outro mundo. (É aceito também o francês, o teste aceito é o TEF); Observação: o teste não pode ter mais do que 2 anos.
  • Sua ocupação deve ser de NOC 0, A ou B e estar em demanda (é só ver a lista acima que são as profissões em demanda e justamente todas são de NOC O, A ou B);
  • Se você residir em outro país diferente do qual é nativo e cidadão, deverá estar totalmente legal;
  • Você deve ter fundos necessários para poder imigrar e se estabelecer em Nova Scotia segundo a tabela do CIC. O valor é de acordo com o número de pessoas que irá imigrar com o aplicante principal. (1 pessoa = $11,115; 2 pessoas = $13,837; 3 pessoas = $17,011, etc. Para a tabela para famílias maiores só acessar o link que estará no final do artigo);
  • Você deve ser formado em algum curso superior (técnico, tecnólogo,bacharel, etc); Observação: se o Escritório de Imigração de Nova Scotia achar necessário ele poderá requerer que você tenha seu diploma ou certificado avaliado por um órgão para que se faça a correspondência. Não é necessário. Pode ser requerido como pode não se;
  • Você deve ter pelo menos 2 anos contínuos de trabalho em tempo integral nos últimos 5 anos em um mesmo campo de trabalho daquele que você intenciona ocupar em Nova Scotia;
  • Você deve demonstrar que vai se adaptar e tenciona viver na província permanentemente e para isso você deve preencher um Employment and Senttlement Plan (irei falar disso mais a frente), que demonstre que você terá impacto positivo no mercado de trabalho e na sociedade e comunidade de Nova Scotia;
  • Entrevista: Se necessário, você será convidado a participar de uma entrevista em Nova Scotia. Se a entrevista for necessária você será comunicado. (Ressaltando: a entrevista não é obrigatória, pode acontecer como pode não acontecer);

Aplicação e Processamento

A análise do processo pode levar de 1 mês até alguns meses (dependendo da complexidade). Por Nova Scotia não ser uma província muito visada pelos imigrantes então creio que seja mais rápida que as outras.

Se você preenche todos os critérios você pode preparar e enviar uma aplicação. Após enviar sua aplicação você deve notificar (e ficar notificando) o Escritório de Imigração de Nova Scotia sobre qualquer mudança significativa na sua vida (como mudança de endereço, casamento, etc);

Observação: qualquer informação falsa, por menor que seja, fará com que sua aplicação seja recusada.

Na segunda parte desse artigo irei mostrar os formulários, os documentos que você deve enviar e como preencher o plano de residência e trabalho (Employment and Settlement Plan);

Esse primeiro artigo foi para apresentar o plano, critérios e dicas. Porém se você tem um bom inglês, já tem o IELTS, sua profissão está na lista, já acesse os links oficiais que colocarei agora e comece a ler e a preparar sua aplicação.

A diferença do Site Imigrar para os outros é que além de apresentar o processo e a categoria irei também ensinar como aplicar, os documentos que enviar e como preencher o plano de residência e trabalho.

Repito: Não perca tempo! Aplique amanhã mesmo! Quem não tem IELTS já marque o exame! Agilize!

Não conhece Nova Scotia? Nunca ouviu falar? Sem problema. O Site Imigrar já tem conteudo sobre essa agradável província. Inclusive uma entrevista com um brasileiro que escolheu Halifax (capital de Nova Scotia) como casa:

Conheça Nova Scotia: http://www.imigrar.com.br/imigracao-para-nova-scotia-canada-conheca-halifax/

Entrevista com um brasileiro que mora em Halifax: http://www.imigrar.com.br/imigracao-nova-scotia-canada-entrevista-brasileiro-mora-halifax/

Links

Link Oficial Sobre a Categoria: http://novascotiaimmigration.com/immigrate/immigrateregional-labour-market-demand/

Lista de Ocupações: http://novascotiaimmigration.com/wp-content/uploads/2014/02/In-Demand-List-of-Occupations.pdf

Guia Completo e Oficial de Como Aplicar: http://novascotiaimmigration.com/wp-content/uploads/2014/02/FINAL_RLMD_stream_February_2014.pdf

Tabela de Fundos Necessários Para Imigrar: http://www.cic.gc.ca/english/immigrate/skilled/funds.asp

50 Responses to Nova Scotia anuncia nova categoria de imigração que em tese é menos difícil de imigrar – Parte 1

  1. Adorei!! E agora??? Oq faço?? Quebec ou Nova Scotia??? Ohhhh dúvida! Porém prefiro estudar inglês! Mas ainda não tenho um bom inglês para tentar o IELTS. Ainda estou estudando..

  2. Oi Rafael!
    Parece q tem o mesmo problema de saskatchewan, apenas 150 vagas. Ta sabendo de alguma coisa? Valeu!!

  3. Rodrigo Patrizi: Já me falaram desse boato porém li o guia do começo ao fim e em nenhum momento eles falam de limite. Gostaria de saber onde conseguiram essa informação.
    Att,
    Rafael

  4. Enne Sarda: Na dúvida aplica para os dois! Assim aumenta as chances em duas vezes, rs.
    Att,
    Rafael

  5. Oi Rafael! Pergunta rápida, quando você disse “Você deve ser cidadão ou residir em outro país diferente do seu nascimento” eu estou entendendo que só devo aplicar o processo fora do Brasil, ou seja tenho que ser morador de um país diferente do Brasil, é isso mesmo?! Porque se isso for real, um monte de gente é eliminada do processo porque não preenche o requisito.

    Pelo que eu li e entendi dos critérios, nós temos que ser cidadão de outro país ou morar fora do Canadá para aplicar o processo.

    Por favor, sane essa dúvida para nós.

    Muito obrigada, teu site é blaster-mega-super-fucker-nice de bom!

    Um abração!
    Tati Stefaneli

  6. Tatiane: Olá. Obrigado pelos elogios. Foi só erro de digitação mesmo. Já corrigi. Se fosse assim nem seria um processo tão interessante rs. Agora Agiliza e aplica logooo.
    Att,
    Rafael

  7. Com certeza! Se tudo der certo, vamos aplicar ainda este mês! :-D

    Muito obrigada pelo seu trabalho no site, eu acompanho o imigrar já mais de um ano, e sempre foi um grande norte para nós.

    Esta bem claro que imigrar para o Canadá tem sido cada vez mais difícil, eles querem os melhores profissionais, pessoas que realmente se identificam com a filosofia de vida do país. E para pertencer a essa sociedade requer dedicação, estudo, esforço, economia, abrir mão de muitas coisas, tem que querer de verdade. Vejo alguns doidos que imigraram e reclamam da neve, do frio, da falta de amigos, da falta da família, da “falta de emprego” porque a profissão é regulamentada e exige anos de estudo e investimento. E mesmo assim, nada nos garante que vai dar tudo certo, só da certo se agente fizer dar certo.

    Essas pessoas não fazem ideia de quão absurdo e idiota é esse tipo de reclamação. Tem tanta gente descente, tanta gente boa aqui no Brasil ralando horrores em busca de uma oportunidade de viver sem medo, pagar impostos e saber que é para o bem de todos, criar os filhos com base no que é certo e não no que é mais esperto.

    Eu estou grávida de 6 meses, e jurei pro meu filho que ele não vai passar por aquilo que eu passo aqui no Brasil todos os dias por falta de oportunidade, porque a cultura social é se dar bem, ser mais esperto, mesmo que isso signifique sacrificar os outros.

    Valeu Rafael! Estou explodindo de alegria! XD

    Um grande abraço e mais uma vez parabéns pelo site!

  8. Quem já entrou com o processo de imigração pra Québec pode tentar o da Nova Scotia?

  9. Eu sou eng civil mas ainda não tenho esses 2 anos de experiência. Será que devo tentar mesmo assim ?

  10. o mundo das enfermeiras nao é tao cor-de-rosa, nao, ha sempre uma ordem profissional no caminho para fazer a primeira barreira. Depois, o arco-iris fica mais perto, digamos assim ;-)

  11. Gabi: Verdade. Mas mesmo assim fico pensando por qual razão não me casei com uma enfermeira, rs.
    Att,
    Rafael

  12. Michel: Tentar não custa nada. Apesar de que geralmente eles seguirem os critérios estabelecidos. Mas vai que… :)
    Att,
    Rafael

  13. Natália: Eles dizem que querem pessoas que vão se estabelecer lá. Mas se você ainda estiver na fase provincial e se nem recebeu a carta dizendo que o processo foi aberto então não vejo impedimento.
    Att,
    Rafael

  14. Parabéns pela publicação! Lendo um pouco mais desse assunto, fiquei com duas dúvidas:

    1 – A comprovação da renda para a família (no meu caso de 3 pessoas) deve ser feita em que momento? Quando formos dar entrada no visto, caso a aplicação inicial seja autorizada pela imigração.
    2 – Em que momento devemos comprovar a proficiência no inglês? O teste usado é o IELTS, correto?

    Um grande abraço!

    Luciano

  15. Bom dia, Rafael!

    Primeiramente, parabéns pelo seu trabalho aqui! É uma fonte completa de informações, tudo muito bem explicado.

    Eu estou me preparando pra enviar minha documentação e vi a seguinte observação no formulário:

    “Where the documents are not in English or in French, the principal applicant must submit a photocopy of the original document and a photocopy of the certified translation”

    Só queria me certificar que essa “certified translation” é o que chamamos no Brasil de tradução feita por algum tradutor juramentado, é isso?

    Desculpe se essa dúvida já foi respondida em algum outro post e desde já, abrigada!

    Sandra

  16. Sandra: Obrigado pelos elogios. É isso mesmo. Tem de see traduzido por um tradutor juramentado.
    Att,
    Rafael

  17. Luciano: Obrigado pelo elogio. A comprovação da renda é feita no segundo momento, quando for entrar na parte federal. Mas não é comprovação de renda e sim de fundos. Ou seja, comprovar que tem esse dinheiro disponível se for necessário utilizá-lo. Vou confirmar na segunda parte do artigo como é quando exatamente você precisa fazer isso.
    E o teste é o IELTS. E é necessário comprovar ainda na primeira parte do processo. Junto a província.
    Att,
    Rafael

  18. Tatiane: Ótimo testemunho. Exatamente como penso. E seu filho será um futuro canadense sem saber o que é violência. Ainda bem.
    Att,
    Rafael

  19. Leonardo: Só o francês basta para passar no processo. Porém dificilmente uma pessoa será bem sucedida em Nova Scotia sem ter um inglês bom.
    Att,
    Rafael

  20. Oi Rafale, parabéns pelo site cara! Me tira uma dúvida, o IELTS é o general, academic ou tanto faz?

  21. Esse ponto de ser um província pobre me preocupa um pouco… Como é a infra tecnológica em Halifax? Existe serviço de celular 4G (que funciona)? Existe serviço de banda ultra larga como fibra com 100M?

  22. Oi Rafael, meus parabéns pelas informações prestadas de tão bom grado. Dica: Coloca uma parte no site designada para você receber doações por esse excelente trabalho pois eu mesmo deixaria pelo menos 50 conto pra você fácil! Hehehehehe. Abraço

  23. Olá, muito legal teu post e as informações. Eu e minha família nos identificamos muito com Halifax, mas ainda precisamos ir pessoalmente conhecer e ver se esse sentimento condiz com a realidade da cidade e provincia. Duas perguntas importantes: 1o – Estudo no Canadá (Toronto) um curso bem reconhecido de Culinária. Me formo em abril agora. O curso foi de dois anos. Não tenho experiência full time ainda, haja visto que só posso trabalhar part time. O fato de ter estudado no Canadá pode anular ou minimizar estes dois anos de experiência que pedem?
    2o – Em outros processos, já vi que quando moras no Canadá e tem a documentação apropriada para trabalhar, não é preciso comprovar fundos. Isso condiz com o processo de NS?

    Obrigadão pelas dicas,
    Alice

  24. Aviso aos navegantes, caso ainda não saibam… o processo será limitado em 150 vagas para o ano de 2014. Eu enviei e-mail e responderam isso. Então, quem quiser garantir, tem que correr e aplicar de uma vez. Não percam tempo!!!

    Fiapo.

  25. Peter: O pobre do Brasil não é igual o pobre do Canada. Em Halifax não só tem 4G como tem LTE (que é mais rápido do que o 4G). E existe banda ultra larga de 100mb porém com certeza não é tão barato assim. Mesmo em Montréal (uma das maiores cidades do Canada) 100mb de conexão tem um preço salgado.
    Att,
    Rafael

  26. Thiago Mendonça: Boa dica. Vou colocar. É até bom pois além de prestar todo esse “serviço” ainda pago para isto pois tenho que pagar a hospedagem e o registro do site. Se quiser fazer logo sua doação, que será bem vinda, entre em contato comigo no meu email: contato@imigrar.com.br que te passo os meus dados bancários ou pode ser por paypal mesmo.
    Att,
    Rafael

  27. Alice: 1) O fato de ter estudado não afeta em nada a experiência que eles pedem. Desde que você tenha alguma experiência anterior (antes de começarem os estudos). E mesmo o trabalho part time que você fez pode ser citado e será levado em consideração.
    2) Isto é verdade, diminui o valor ou até mesmo exime a comprovação de fundos. Mas isto só é verdadeiro quando você de fato já está trabalhando no Canada e não tem a autorização de trabalhar. Pois uma pessoa que tem o direito de trabalhar e não trabalha é literalmente um desempregado.
    Att,
    Rafael

  28. Oi Rafael, Parabéns pelo site ;)
    Ainda sou graduanda de Enfermagem (me formo final de 2014).
    No processo fala que: “Você deve ter pelo menos 2 anos contínuos de trabalho em tempo integral nos últimos 5 anos em um mesmo campo de trabalho daquele que você intenciona ocupar em Nova Scotia;”
    Eu não tenho experiência em tempo integral, tenho apenas “estágios” que são obrigatórios para se formar, na minha faculdade são mais de 400 horas extracurriculares apenas de estágios em hospitais, Cais, Programas de Saude da Familia (PSF), UTI, Urgencia e Emergencia e etc.
    Gostaria de saber se esses estágios podem se encaixar nessa exigência que eles fazem.

  29. O processo ja fechou pelo que vi no site da imigração. Serão apenas 150 escolhidos!

  30. Olá Rafael, parabéns pelo site, encontrei aqui tudo que estava procurando. Tenho pesquisado sobre esse CLB mas não encontro como ele é feito. É um teste? Nos requerimentos pede esse CLB no mínimo nível 5, equivalente ao Ielts. Queria saber do que se trata esse CLB ( Canadian Language Benchmarks).
    Grata, Karina.

  31. Rafael, tenho 2 anos de estágio 30h semanais em TI e estou prestes a me formar, isso conta como experiencia?
    Obrigado!

  32. Rafael, vc nasceu pra fazer isto!!! Impressionante como é de fácil leitura os seus posts. Muito mis objetivo q o Canadá para Brasileiros. Ah, concordo como Thiago Mendonça: mais do que uma ajuda financeira a vc/seu site Imigrar, qualquer doação em dinheiro seria ainda mais um estímulo para que continue com este excelente trabalho. Agradeço desde já por todas as informações já postadas e lidas. Nós, do lado de cá, continuamos na dúvida de qual província aplicar… minha esposa forma em enfermagem em Dez/14 e temo inglês básico e francês debutante. Sou administrador formado há 11 anos. Temos 02 filhas: uma de 2 anos e uma de 01 mês. Alguma ajuda aí???? Quebec ou Nova Scotia? Manitoba ou Alberta? Tá difícil decidir…

  33. Rafael, achei seu blog por acaso numa pesquisa na net e estou adorando… Você é bem claro nas informações, detalhista o que ajuda muito pessoas como eu, que estão interessadas em imigrar para o Canadá mas estão “cruas” quanto ao funcionamento dos programas! Uma ajuda por favor, como fazer o IELTS???

  34. Nayara: Creio que estágio não pode ser contado pois não são um trabalho contínuo em tempo integral (full time) por 2 anos seguidos.
    Att,
    Rafael

  35. Karina: É justamente isso. Na internet tem várias tabelas de correspondência entre o CLB e o IELTS.
    Att,
    Rafael

  36. Leonardo: Se foi 30 horas semanais então conta sim como experiência por ser “full time”.
    Att,
    Rafael

  37. Bruno: Obrigado pelos elogios. Fico envaidecido. Não pretendo e nunca pretendi ganhar dinheiro com o site. Ele se pagando (o que nunca aconteceu, rs) já está de bom tamanho.
    Pelo perfil de vocês eu não teria dúvidas: Quebec.
    Att,
    Rafael

  38. Lídice: Obrigado pelos elogios. Para fazer o IETLS é só procurar uma data que ele será aplicado na sua cidade e fazer. Não tem mistério.
    Att,
    Rafael

  39. Tenho nível básico no inglês, tenho medo de ir fazer este teste e não conseguir passar, qual conselho voce me indica? eu ja estou estudando ingles, tenho graduação e pós. obrigado.

  40. Jones: Com nível básico você não vai conseguir. Melhor estudar mais e tentar em outro momento.
    Att,
    Rafael

  41. ola rafael, excelente post, tem sido muito util para pessoas como eu que nao tenho tantas informaçoes, eu sou enfermeiro e pos graduado em enfermagem do trabalho, nao tenho dois anos de experiencia como enfermeiro e trabalho numa empresa como enfermeiro do trabalho dando treinamento para alguns profissionais, oq preciso fazer para comprovar essa experiencia, e pode ser menos? e para nova scotia somente o ingles basta, ou precisa do frances tambem?

    Att,

    fredjunior

  42. Rafael,

    Parabéns pelo excelente trabalho! Você devia, sim, colocar o campo de doações, pois, sem dúvida, você está ajudando muitas pessoas – que, como eu, querem imigrar mas, não têm o conhecimento necessário para buscar todas as informações por conta própria :)

    Você tem alguma indicação de fontes de pesquisa do mercado de trabalho em NS? Vi que a minha área de atuação (administração e finanças) tem demanda, mas, a única fonte de pesquisa do mercado de trabalho canadense que conheço é o Monster e lá, tem aparecido pouca coisa para NS, tenho inglês avançado e meu namorado também. Além de trabalhar com TI, ele tem cerca de 14 anos de experiência e eu, tenho cerca de 10 de experiência, e concluo um MBA no próximo mês de setembro. Você acha que eu devo esperar o diploma do MBA para aplicar ou devo simplesmente anexar a documentação do curso ao processo e aplicar assim que chegar o resultado do IELTS?

    Obrigada pelas informações e desculpa o “bombardeio” de perguntas…

  43. FredJunior: Basta só o inglês mas se você não tem ainda os dois anos de experiência então não adianta aplicar. Espera completar e aí você aplica em outra oportunidade. :)
    Att,
    Rafael

  44. Paula: Vou colocar o campo. Não quero doações para mim mas sim para manter o site, pagar a hospedagem e o registro.
    Eu uso mais o indeed.ca: pois ele agrega emprego de vários sites.
    Acho que deveria aplicar logo.
    Att,
    Rafael

Deixe o seu comentário